Opiniões

Mais R$ 200 milhões

Ontem, em visita à Folha, a vereadora Odissséia Carvalho e o deputado estadual Rodrigo Neves, na lente de Antonio Cruz (Folha da Manhã)
Ontem, em visita à Folha, a vereadora Odissséia Carvalho e o deputado estadual Rodrigo Neves, na lente de Antonio Cruz (Folha da Manhã)

Mais R$ 200 milhões. Este é o valor que será solicitado ao governo federal para mais duas etapas de obras na rede de canais de Campos, única válvula de escape das águas, caso caiam sobre o município as chuvas que o devastaram no último verão. Quem adiantou o valor e a intenção foi o líder do PT na Alerj, deputado Rodrigo Neves, que ontem cumpriu agenda na cidade, em companhia da vereadora Odisséia Carvalho. O primeiro fará o encaminhamento do pedido via Assembléia, cabendo à segunda aglutinar e também enviar ao governo federal os pleitos das entidades locais, relativos às necessidades de reforma dos canais. Caso sejam atendidos, a nova verba seria locada a partir de um segundo pacote do PAC, ainda a ser anunciado pelo presidente Lula, com início previsto para 2010, ano em que será escolhido seu sucessor.

No entanto, nem mesmo os R$ 98 milhões já aprovados à reforma os canais, no PAC ora em andamento, farão alguma diferença se as chuvas vierem no verão que se avizinha. Segundo informou ao blog e à Folha o líder do PT na Alerj, essas primeiras obras do PAC só devem começar entre fevereiro e março de 2010. Isto, se as chuvas não provocarem novos estragos, adiando ainda mais o inicío da solução para uma demanda que urge desde o verão passado.

Rodrigo Neves lembrou que o Inea possuiu R$ 18 milhões para obras emergenciais, que muitas entidades locais  julgam atrasadas e tecnicamente ineficazes. O deputado ressaltou ainda que o governo municipal de Rosinha também precisa fazer a sua parte, o que a vereadora Odisséia denunciou não estar acontecendo.

Deixe uma resposta

Fechar Menu