Opiniões

Rogério Matoso — Novo presidente da Câmara será o prefeito em 2011

Se a decisão unânime do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pela manutenção do afastamento de Rosinha for confirmada no julgamento do mérito do seu recurso, a eleição da mesa diretora da Câmara, com prazo até 15 de dezembro, definirá também o ocupante da Prefeitura a partir de 2011, quando a eleição complementar, se aprovada, deve ser marcada. Numa equação ainda com algumas variáveis, o resultado é definido pela interpretação do presidente em exercício do Legislativo, Rogério Matoso (PPS). Apesar de elogiar Nelson Nahim (PR) e não negar um acordo com o atual prefeito para impedir a posse do suplente deste na Câmara, Edson Batista, Matoso não fecha a porta para que ele mesmo se eleja, no voto, à presidência (sinônimo de Prefeitura a partir de 1º de janeiro) que ora ocupa interinamente. Quanto à vontade da maioria simples que os nove vereadores de Rosinha ameaçam fazer valer no plenário, na sessão da próxima terça, o presidente adverte: “pode ser que o ‘rolo compressor’ precise de reforço para empossar Edson”.

(Foto de Rodrigo Silveira)
(Foto de Rodrigo Silveira)

Blog Opiniões – Como você e a Câmara reagiram à manutenção da cassação de Rosinha pelo TSE, pelo menos até que seja julgado o mérito do recurso?

Rogério Matoso – A postura é a mesma de quando assumi a presidência da Casa no início de julho. Mesmo sabendo que não é fácil buscar um consenso, já que são muitas opiniões diferentes, não podemos deixar que a decisão da Justiça atrapalhe os trabalhos do Legislativo.

 

Opiniões – Se antes da decisão do TSE, as bancadas já pareciam estar confusas nos papéis de situação e oposição, como acha que as peças agora se acomodarão no tabuleiro?

Rogério – Este tipo de especulação após uma decisão judicial é normal. Como presidente tenho conversado o tempo todo com os membros da oposição e da situação. O que eu vejo é que muitos perceberam que existem diferenças entre Rosinha e Nahim. A prefeita afastada nunca recebeu os membros da oposição. Já o prefeito interino age de forma impessoal. Ele recebeu a bancada de oposição e prometeu avaliar uma série de reivindicações nas áreas da Saúde, Educação, Infraestrutura e Geração de Trabalho e Renda. O fato é que com Nahim a oposição pode dialogar, sugerir. Com Rosinha, não existia diálogo. Então, é normal que alguns gostem e outros não.

 

Opiniões – No lugar da antiga situação fortalecer seu apoio ao governo interino, a decisão do TSE não abriu a porta para vereadores da bancada de Rosinha migrarem à sua oposição, visando dar sustentação a um Nahim mantido na Prefeitura? Antes velada, essa inversão de papéis agora poderá ser não só assumida como reforçada?

Rogério – Nahim governa de forma diferente. Como eu disse, esse perfil diferenciado agrada alguns e desagrada outros. Mas é impossível fazer previsões. Até porque, não existe uma definição. A prefeita afastada ainda será julgada.

 

Opiniões – A partir da decisão de Brasília, acredita que os nove vereadores da antiga situação agora vão brigar mais do que nunca pela posse de Edson na Câmara ou, com o distanciamento de Rosinha do poder, podem não demonstrar a mesma fidelidade aos Garotinho pela qual o suplente de Nahim é tão conhecido?

Rogério – A entrada de Edson Batista será avaliada pelo plenário da Casa. O procurador da Casa tem um parecer explicando que a posse dele colocará o Legislativo em flagrante descumprimento de lei. De acordo com o regimento, a Câmara somente poderá convocar o vereador suplente após licença, ou perda, ou extinção do mandato do atual presidente da Câmara, o que não ocorreu, uma vez que eventual licença acarretaria na suspensão do exercício da vereança. Não quero parecer intransigente. Existem interpretações e elas devem ser levadas em consideração. A novidade é que existe também uma discussão sobre o número de vereadores necessários para aprovar a entrada de Edson. Como a decisão sobre a convocação é do presidente, eles terão que mudar isso. E, para mudar essa questão, entedemos que a maioria simples não basta. Pode ser que o “rolo compressor” precise de reforço para empossar Edson.

Opiniões – Como o blog já havia indagado (aqui): até que ponto sua resistência em dar posse a Edson vem do parecer da sua procuradoria, ou de um acordo selado com o prefeito interino, para deixar o caminho deste livre para disputar a reeleição à presidência da Câmara?

Rogério – Eu simplesmente estou querendo fazer as coisas certas. O parecer do procurador deixa claro que a posse não deve ocorrer. Sobre Nahim, como ainda é vereador, ele quer participar da eleição da Mesa Diretora. Inclusive, pediu para ser avisado com antecedência caso a eleição ocorra antes da data prevista. Volto a dizer que a minha missão como presidente é cumprir o que determina o regimento interno da Casa. Não tenho nada contra o Edson Batista.

Opiniões – Nahim já havia dito, em entrevista ao blog e à Folha (aqui), que a disputa maior agora passará a ser pela vice-presidência da Câmara, cuja nova mesa diretora terá que ser eleita até 15 de dezembro. Em sua visão, o raciocínio ganha força com a decisão do TSE?

Rogério – É verdade. Se a prefeita continuar afastada, o vice-presidente vai ocupar a presidência.

Opiniões – Em sua opinião, bem como da sua procuradoria, caso a eleição complementar seja marcada, o que só deve ocorrer para 2011, quem seria prefeito a partir de 1º de janeiro? Continuaria Nahim, que assumiu no fato gerador (a decisão do TRE que cassou Rosinha e Chicão), ou assumiria necessariamente o próximo presidente da Câmara, mesmo que o irmão de Garotinho não se reeleja ao cargo?

Rogério – Nosso entendimento é de que o novo presidente da Câmara assumiria o governo municipal.

Opiniões – Quando a eleição da nova mesa diretora será marcada? Nela, a quê você pretende concorrer?

Rogerio – Não existe uma definição. Posso dizer que acontecerá no tempo certo.

Opiniões –  Se a avaliação popular aparentemente positiva de Nahim como prefeito o credencia como candidato ao cargo, caso a eleição complementar seja marcada, o mesmo julgamento não se dá quanto ao seu desempenho como presidente? Em caso afirmativo, seguindo a lógica do prefeito interino, essa avaliação positiva também não o torna candidato natural a se perpetuar no cargo pelo voto?

Rogério – Meu primeiro grande desafio foi a disputa por uma cadeira na Câmara. Depois, fui escolhido pelos colegas para ser o vice-presidente da Casa. Sou jovem, estou aprendendo muito. Mas tenho disposição suficiente para encarar novos desafios. Só que tudo isso precisa ser discutido com os companheiros da Câmara e do meu partido.

Opiniões – Até que uma nova eleição seja marcada ou Rosinha absolvida, qual é a diferença entre presidente da Câmara e prefeito de Campos, se é que hoje existe alguma?

Rogério – A diferença é que até o TRE marcar uma nova eleição não existe nada concreto. A prefeita afastada ainda pode retornar. Isso quer dizer que apesar de (o presidente da Câmara) estar respondendo pelo cargo, existe sempre um pouco de instabilidade.

Este post tem 14 comentários

  1. ROGÉRIO MATOSO É UM POLITICO SÉRIO Q EM CAMPOS ESTÁ EXTINSÃO , PODEMOS TER UM BOM PREFEITO E HUMILDE .

  2. PRESIDENTE , GOSTEI MUITO DAS RESPOSTAS E ESPERO Q POSSAMOS TER PAZ NA CÂMARA DE VEREADORES . SENDO Q DEPOIS DA PREFEITA CASSADA , O CLIMA MELHOU MUITO E PRINCIPALMENTE QND O TSE , NEGOU A VOLTA DA PERSEGUIDORA !!!

  3. Quem era esse Rogerio Matoso antes de ser eleito vereador? Pelo menos agora que ele subiu de cargo já tem um para puxar seu saco.

  4. Extinção? O que está acabando em Campos é a vergonha na cara dos nossos politicos. Eu simplesmente nao aceito que haja uma eleição indireta? Onde estao os nossos direitos? Sugiro que a folha faça uma pesquisa sobre o que o povo acha dessa questao? O novo prefeito vai um cidadao nao eleito diretamente pelo voto popular? Eleições já!!!!

  5. Pra puxar saco nem sempre são necessários elogios. Críticas e questionamentos do tipo que se faz, servem à puxação de saco do lado opositor ao criticado ou questionado.
    Quem era e o que faziam? São perguntas interessantes a serem feitas a todos os vereadores , sem excessão, será justo se assim for feito !
    Interessante também seriam as ocupações de alguns deles. Um ou outro poderia estar na categoria profissional de Puxa-Saquista juramentado. (plágeando o Prefeito Odorico Paraguassú)
    Detalhe: Mesmo Vereadores continuam atuando na aticidade de origem !

  6. Coerência, tranquilidade e tranparência no que diz. São valores como estes que queremos en nossa cidade. È umja cara nova que disponta com qualidade e deve seguir em frente.
    Pedimos tanto outras vias e quando temos a humildade de identificá-la tremos que fazê-lo sem medo de ser feliz.
    PS: não venham com essa de pucha saco que será mesquinharia.

  7. PENSO QUE O Dr EDSON BATISTA JÁ DEVERIA TER SIDO CONVOCADO, SUA VIDA PÚBLICA É SEM MÁCULAS, O ATUAL PRESIDENTE INTERINO DA CÂMARA PODE ESTAR PERDENDO A OPOTUNIDADE DE AGIR COM CLAREZA, ATÉ PORQUE NÃO TEM A MENOR CONDIÇÃO DE SER PRESIDENTE DA CÂMARA, POR INCIDENTE ACONTECEU, QUIÇÁ, EXERCER O CARGO DO EXECUTIVO MUNICIPAL.

  8. só falta uma coisa colocar o Magal como presidente da camara para assumir a PMCG , Albertinho como vice assumir a camara, aí sim a cidade estara perdida, PMCG e a camara nas mãos de dois paus mandados, será que Campos merece isso? por isso que falo devemos sempre ver em quem estamos votando para não fazer de nossa cidade um continuismo que esta acontecendo a 22 anos, sai e entra o mesmo time Arnaldo e garotinho, garotinho e Arnaldo! mostre-me que pode assumir dentre os vereadores “puxa sacos” da situação que poderia assumir a prefeitura ou a presidencia da camara? isso é bem feito para todos nós campistas, pq nas proximas eleições o voto deve ser feito sem intenção de troca de favores .. devemos pensar primeiro antes de votar no candidato pq que pior que comprar voto e vc vende-lo! Que Deus tenha piedade de todos nós campistas!!!!!

  9. PARABÉNS, VICE-PRESIDENTE, PRESIDENTE EM EXERCÍCIO. CUMPRA A LEI.
    CUMPRINDO A LEI, SERÁ UM GOLPE DE MISERICÓRDIA NA OPOSIÇÃO, QUE , NÃO VINHA LEGISLANDO À FAVOR DO POVO, E SIM , À FAVOR DO GRUPO DA PREFEITA CASSADA. AGORA ESTÃO BATENDO CABEÇA, SEM RUMO, PROCURANDO, COM A ENTRADA DO SUPLENTE, SE FORTALECER PARA CONTINUAR COM A SAGA DOS GAROTINHOS.
    TEREMOS QUE AGUARDAR A PRÓXIMA ELEIÇÃO DE PREFEITO, DETERMINADA PELA JUSTIÇA ELEITORAL, PARA, ENFIM, FECHAR ESSE MANDATO.
    VEREADORES, VAMOS LEGISLAR. DEIXEM AS COISAS DA JUSTIÇA POR CONTA DA MESMA. CAMPOS DOS GOYTACAZES NÃO PODE RETROAGIR, PRINCIPALMENTE NO TOCANTE A ESSE GRUPO QUE ATRAVANCOU, POR 20 ANOS, O PROGRESSO E O DESENVOLVIMENTO DO MUNICÍPIO.
    QUANTO AO PRESIDENTE DA CÂMARA, PREFEITO INTERINO, QUE ESTABELECEU A PAZ,POR ENQUANTO, NO MUNICÍPIO, CUMPRINDO O QUE ESTABELECEU A JUSTIÇA, SABE MUITO BEM QUE A JUSTIÇA DETERMINOU NOVA ELEIÇÃO. PORTANTO, TUDO QUE ESTÁ ACONTECENDO, É MERA EXPECTATIVA, E A SITUAÇÃO DE OUTRORA JÁ NÃO SABE DEFINIR SE É OPOSIÇÃO OU SITUAÇÃO, DEVIDO AO FATO DE A PREEFEITA CASSADA NÃO ESTAR MAIS AFRENTE, NO COMANDO DAS AÇÕES. ELA FOI CASSADA E A JUSTIÇA IMPEDIU QUE A MESMA RETORNASSE PARA AGUARDAR A NOVA ELEIÇÃO NO CARGO, E FICA ESSE JOGUINHO FAJUTO, DIZENDO QUE ELA VAI VOLTAR. O TEMPO ESTÁ PASSANDO E MINHA CIDADE PRECISA REAGIR E REUPERAR ESSE TEMPO PERDIDO.

  10. SERÁ ROGÉRIO? E OS NOVOS E BONS CANDIDATOS QUE VIRÃO INCLUINDO NÉLSON NAHIN,ROGÉRIO,entre outros quietos,esperando? A SOCIEDADE?COMUNIDADE CAMPISTA JÀ CHEGOU AO LIMITE COM OS ATUAIS POLÍTICOS,ALGO NOVO E NOVA FORÇA ESTÁ SE FORMANDO EM CAMPOS,NA ENCOLHA!

  11. Penso que, todo POLÍTICO INICIANTE, jovem ou não. Com certeza,terá que conquistar seu primeiro MANDATO (óbvio).Foi assim com TODOS estes RANÇOSOS, que aí estão com CADEIRA CATIVA né? Portanto, é nosso DEVER, acreditar no NOVO!! Se, VACILAR! Será nosso DIREITO DIPLOMÁ-LO!!!CANDIDATO BANANEIRA!!CACHO UMA VEZ SÓ!!!Afinal, somos os PATRÕES. E como tal, reconhecemos que por mais de DUAS DÉCADAS, fomos AUSENTE. Deixamos à ROLA!!ELES não ERRARAM SOZINHOS!!!Fomos CONIVENTES!!!Juntos, AFUNDAMOS NOSSO PATRIMÔNIO!!E agora??Sejamos RÁPIDOS, sem DÓ nem PIEDADE! MUDANÇA GERAL NO QUADRO DE FUNCIONÁRIOS! Que venham, os NOVOS CURRÍCULOS PARA ANÁLISE!!!!OBS: SOMOS BONS PAGADORES!!!!

  12. Já ouviram falar na “MALDIÇÃO DO ÍNDIO”?… Pois lembrem-se que a partir da época em que mudaram o nome do município para “CAMPOS DOS GOYTACAZES”, a vida política daqui começou a se complicar. Os nossos antepassados indígenas não devem ter aceito a “HOMENAGEM” só no nome, sem um monumento dígno, para representá-los. Daí, toda essa turbulência, com êsse entra e sai de prefeitos, antes de completarem os respectivos mandatos. Ê Ê PARRÊ OXOSSI!.

  13. Tais se você não sabe fica sabendo que ROGÉRIO MATOSO é um empresario que resolveu se candidatar a vereador.Me diz uma coisa tem que ser o que antes de ser vereador? OBS.: NÃO SOU PUXA SACO!FICA SABENDO TAMBEM QUE SEMPRE VAI EXISTIR PESSOAS COMO VOCÊ, DO CONTRA.

  14. Cara Tais,

    Seu segundo comentário, feito às 10h10 de 22/08/10, trazia algumas denúncias aparentemente endereçadas ao entrevistado, mas sem as devidas provas, condição que veda a divulgação nos blogs hospedados na Folha Online. Como vc não respondeu o e-mail enviado pelo blog solicitando maiores esclarecimentos, optamos por não publicá-lo.

    Grato pela colaboração e abraço!

    Aluysio

Deixe uma resposta

Fechar Menu