Opiniões

A pedido, outra capa da Folha

Em comentário (aqui) ao post que anunciou a escolha da capa da Folha escolhida pela ANJ entre as melhores do jornalismo brasileiro, o jornalista Thiago Freitas, que hoje reside e trabalha em Nova Friburgo, lembrou da séria de entrevistas feitas por ele, quando era repórter da Folha Dois, durante a eleição de 2004, com todos os candidatos à Prefeitura de Campos, sobre as propostas de cada um à cultura do município. Como ele bem lembrou, o único que se recusou a gravar a entrevista foi Geraldo Pudim, então no PMDB.

Não por outro motivo, em obediência ao princípio de equidade, dedicamos o mesmo espaço que havia sido dado aos demais candidatos, na capa da Folha Dois, às propostas de Pudim diante do gravador: Nada! Abaixo da manchete “Propostas à CULTURA de CAMPOS gravadas por PUDIM”, usando o recurso da poesia concretista nos destaques gráficos, o espaço vinha todo em branco. Curioso que o candidato processou a Folha, exigindo direito de resposta pelo que se recusara a responder diante do gravador, mas acabou derrotado na Justiça, assim como perdeu aquela eleição no voto, insucesso bisado na eleição suplementar de 2006 e na mais recente, para deputado estadual, em 3 de outubro último.

Bem, o fato é que Thiago pediu e o blog resolveu atender, reproduzindo abaixo aquela capa de Folha Dois, criada por mim, em parceria, se não me falha a memória, com o designer gráfico Aldir Mata, outro dos tantos que mantém seus laços afetivos com a Folha, ainda que não trabalhe mais conosco…

Capa da Folha Dois de 28/08/04
Capa da Folha Dois de 28/08/04

Este post tem 11 comentários

  1. Uma capa que diz TUDO

  2. Parabé ns pelo merecido prêmio,mas já deviam ter recebido outros pois,por exemplo,a capa com desenho do bonequinho na onda verde,foi um show.Aluysio e sua equipe,nota 10 para todos.E a de Campista vencendo a eleição também foi um espetáculo,pena que o povo esquece.

  3. Caro Newtinho,

    Por acaso, vc não estaria se referindo àquela capa da charge do Zé Renato, em honrosa parceria com o Henfil, que noticiou a vitória do eleição direta no pleito suplementar para prefeito de Campos, que o presidente do TRE, Nametala Jorge, foi buscar em Brasília?

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  4. De parabéns a folha em um passado recente que também demonstrou de forma clara o desenteresse do candidato a direção do IFF (campus centro) Hélio Junior que se negou a responder a entrevista da folha entre os candidatos, o atual diretor respondeu a todas perguntas da entrevista mostrando seu verdadeiro compromisso com a educação e também a opiniao pública, enquanto seu oponente demostra que deu um “branco” total. E a folha fez o seu papel mais uma vez, de um lado o professor Jefferson Azevedo com suas propostas inovadoras do outro o Hélio Junior totalmente em “BRANCO”.

  5. Bem lembrado Maycon Prado! Deu pra perceber muita diferença entre os candidatos da direção dos campus por causa dessa entrevista. O pouco caso do canditado Hélio Junior nos deixou muito decepcionados, mas graças à Deus o eleito diretor Jefferson tem feito um extraordinário trabalho!

  6. Caro Aluysio,
    Em casos assim, o direito de resposta não seria… também em branco?

  7. o maycon lembro bem. foi uma vergonha o helinho ñ ter respondido. c/ um monte de gente q quer espaço no jornal ele se nega. sua humildade provou pq ñ foi eleito.

  8. Caros Maycon, Francielly e Diego,

    Pertinente a lembrança de vcs, sobretudo porque, realmente, a edição da capa da Folha Dois, em 2004, com as propostas de Pudim à Cultura de Campos (nenhuma!), foi o que criou a idéia gráfica depois explorada também naquela também interna, de março deste ano, com as entrevistas dos dois candidatos à direção do campus Campos-Centro do IFF, com a respostas de Jefferson ao lado das mesmas perguntas, respondidas pelo silêncio do candidato do grupo que (ainda) controla a reitoria da mais importante insituição de ensino de Campos e região.

    Abraços e grato pelas colaborações!

    Aluysio

  9. Foi Carlos Lacerda quem escreveu: “Declaro a nostalgia a única fonte de alegria genuína”. Pois é. Se nostalgia fosse caso de morte, duro e enterrado agora eu estaria ao ver esta capa. Obrigado por atender meu pedido, e deixo aqui registrado que, depois disso, a qualquer momento faço minhas malas e volto pra terrinha da goiabada – e quem sabe pra família Folha.
    Abraços!

  10. Caro Nino,

    Boa analogia… (rs)

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  11. Caro Thiago,

    As portas do blog estão sempre abertas aos pedidos dos leitores, assim como as da Folha aos bons profissionais como vc…

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

Deixe uma resposta

Fechar Menu