Opiniões

Vereador Mauro Silva quer criar Parlamento Regional

Mauro Silva (foto de Edu Prudêncio/ Folha da Manhã)
Mauro Silva (foto de Edu Prudêncio/ Folha da Manhã)

Idealizada pelo presidente da comissão de Participação Legislativa da Câmara de Campos, vereador Mauro Silva (PT do B), o Parlamento Regional começa a dar passos concretos no sentido de unir os legislativos municipais da região na discussão e defesa de interesses comuns. Após o sinal verde do presidente do presidente do Legislativo goitacá, Edson Batista (PTB), conversas já foram mantidas com as Câmaras de São Francisco de Itabapoana e de Quissamã. Respectivamente presididas por Claudinho Viana (PSC) e Marcelo Batista (PV), ambas as Casas já aderiram ao projeto suprapartidário de Mauro. As próximas reuniões serão com os legislativos de São João da Barra, que tem Aluizio Siqueira (PMDB) como presidente, e de São Fidélis, presidido por Betinho Fratani (PMDB).

Fechada a parceria, o próximo passo prático seria a criação do regimento. A ideia é realizar uma reunião mensal, num rodízio entre as Câmaras dos cinco municípios. Desse Parlamento Regional teriam assentos cativos os presidentes e primeiro secretários dos respectivos legislativos, além dos seus presidentes das comissões de Participação Legislativa. Caso uma dessas Casas não possua tal comissão, o terceiro nome seria indicado pelo conjunto dos vereadores de cada município.

A ideia de Mauro guarda semelhança com outra iniciativa dos legislativos municipais da região, mas com objetivo específico: a cobrança pela duplicação da BR 101, também conhecida como “Rodovia da Morte”, devido ao grande número de acidentes, feridos e mortos registrados entre o trevo de acesso à Região dos Lagos e a divisa com o Espírito Santo, mesmo após sua privatização pela concessionária Autopista Fluminense. Idealizado pelo vereador macaense Igor Sardinha (PT), o “Movimento Parlamentar pela Duplicação Imediata da BR 101” já conta com a adesão dos edis de vários municípios cortados pela rodovia, como Quissamã, Casimiro de Abreu, Carapebus, Conceição de Macabu e Campos, além de Macaé. Quem quiser acompanhar melhor a iniciativa, basta acessar aqui a página do movimento no facebook.

Este post tem 12 comentários

  1. Acho de muita inteligência a proposta do Edil Mauro silva, em vista do fato de que um parlamento regional poderia de fato contribuir para generalizar uma idéia de transparência na aplicação do recursos do royaties nas Prefeituras envolvidas, visto que seus parlamentares poderia lutar por isto em suas comarcas de origem.
    A causa da duplicação pode ser o primeiro elemento de aglutinação para consolidar esse parlamento regional.
    Parabéns ao vereador Mauro silva.
    Mas, quanto à BR 101, a “rodovia da morte”, eu fiz lá na ACIC uma sugestão de criarmos “corredores de segurança” ao longo do trecho referido, a cada 10 quilômetros, com faixas de 2 quilômetros, investimento mínimo mas de grande eficácia na redução dessas mortes por aqui, para o que coloco-me à disposição do vereador, caso ele queira, pra discutirmos as idéias. ([email protected])

  2. CAMPOS NAO CONSEGUE NEM RESOLVER SEUS INUMEROS PROBLEMAS, APESAR DE UMA MONTANHA DE DINHEIRO…

    E AGORA ESSA ESPECIE DE SOMBRA DO PINOQUINHO VEM COM ESSA IDEIA DE PARLAMENTO REGIONAL ? TA PARECENDO UM JEITO ENCONTRADO POR GAROTINHO PRA AUMENTAR SRU PODET AS VESPERA DAS ELEICOES…

    MAURO SILVA AQUI E BRASIL E AQUI NOSSO REGIME E DEMOCRACIA…

    VAI LA CUIDAR DAS RADIOS E OUTROS NEGOCIOS DO PATRAO WUE ESTAO (trecho excluído pela moderação) E PARA DE (trecho excluído pela moderação) !!!

    NOS PRECISAMOS DO BASICO COMO EDUCACAO, SAUDE, TRABALHO E RENDA, SEGURANCA…. PQ ESTAMOS LONGE DO BASICO ! NEM O LIXO VCS CONSEGUEM COLETAR…

    VAI TRABALHAR PRO POVO QUE TE ELEGEU, CLARO COM (trecho excluído pela moderação) ?

  3. Com certeza seu chefe deu sinal verde para ele, porque só pode ter iniciativa se passar pelo aval do deputado prefeito.

  4. MAIS UM CABIDE DE EMPREGO?

  5. Caros Alexsandro e Edi Cardoso,

    Respeito a opinião de vcs, mas acredito sinceramente que a iniciativa é louvável, idealizada por alguém que, por motivos de caráter pessoal, prática política e capacidade aglutinadora, é sem sombra de dúvida um dos melhores nomes nos quadros governistas. Achar que estes só tem coisas ruins é tão obtuso quanto quem, por contraposição pura e simples, prega que neles só há coisas boas.

    Fico, pois, com a posição propositiva adotada aqui pelo Zé Geraldo, assim como aquela assumida no “Estou procurando o que fazer”, por outro político de oposição, o Sérgio Mendes. Para dela saber, confiram aqui: http://www.estouprocurandooquefazer.com/2013/03/nem-tudo-esta-perdido.html

    Abçs e grato pelas colaborações!

    Aluysio

  6. PRATICA POLITICA??
    desde quando ele tem prática politica??
    e outra coisa não precisamos mais de nenhuma secretaria ou nem “criar” mais um órgão que seja subordinado a outro órgão que depende do aval de outro chefe para chefiar um órgão que na verdade vem e vai ao encontro de outro “chefe”.
    Só isso.
    Precisamos de rapidez, praticidade e GOVERNABILIDADE.

  7. Obtuso e acreditar em Mauro Silva (LEIA-SE GAROTINHO) meu nobre… no entanto respeito sua opiniao e claro vc deve ter seus motivos para acreditar nele!

    E JUSTAMENTE ESSE O PROBLEMA ACREDITAR QUE TAL “REGIME” REALMENTE SERVIRIA PARA TAL… SUA INGENUIDADE ME PARECE TRANSPOR O LIMITE DA POETICA !!

    E tambem nao creio que Parlamento regional mude nossa cidade… que na verdade e o que importa para nos que estamos a beira do colapso !

    O QUE PRECISAMOS MEU NOBRE E SIMPLES E BASICO E NEM ISSO TEMOS !!! Depois que tivermos isso, poderemos pensar sim em tudo que for para o bem do povo e nao para o bem de um….

    obrigado e abs

  8. Caro Edi Cardoso,

    O fato de que Mauro tem bastante prática política, por anos a fio, como homem de bastidores, por se tratar de um fato, independe da sua concordância. Foi o suficiente, por exemplo, para elegê-lo com folgas logo em sua primeira candidatura a cargo eletivo. Todavia, concordo com vc quando diz que precisamos de rapidez nas ações do governo de Campos, à qual acresceria, sobretudo, a necessidade urgente e legal da transparência destas mesmas ações.

    Quanto ao Parlamento Regional, enquanto ele servir para integrar a defesa dos interesses dos municípios da região, em torno daquilo que há de comum, à parte os interesses dos “chefes” dos vários grupos político que dominam cada um deles, a iniciativa contará com minha simpatia e apoio.

    Abç e grato pela chance do debate!

    Aluysio

  9. Caro Alexsandro,

    Ingênuo e, repito, obtuso, é acreditar que quaisquer indivíduos ou coletividades sejam dotados apenas de aspectos positivos ou negativos. Trata-se de raciocínio simples, que, por lógico, tende mais à prosa do que à poesia. Concordo com muitas das suas críticas quanto ao governo Rosinha e a prática política do grupo do deputado Anthony Matheus, o Garotinho, mas nunca ao ponto irracional de achar que deles só advêm coisas ruins.

    Abç e grato pela chance do debate!

    Aluysio

  10. Tem alguem desesperada atrás do sr Mauro Silva querendo a vaga de (trecho excluído pela moderação)

  11. Nobre, Aluysio !!!

    Continuo nao acreditando nessa posicao de que aconteceria a fiscalizacao… ALIAS DUVIDO E MUITO, NAO E POUCO NAO !!

    Ta bem nitido e claro que a intencao e outra… ao meu ver a intencao e simples:

    TER O PODER DA REGIAO NAS MAOS !!!

    E CLARO SO SABEREMOS ISSO QUANDO ACONTECER… E QUERO VER VOCE POSTAR O FATO REAL QUANDO TUDO ESTIVER BEM NITIDO, APESAR DE QUE EM TERRA DE CEGO QUEM TEM OLHO E REI !!!

    ABRACAOOOO

  12. Como poderemos acreditar numa transparência apregoada por Mauro Silva? Independente da idoniedade dele, a transp
    arência na aplicação dos recursos da prefeitura só poderá ser feita de maneira clara e independente, por pessoas verdadeiramente independentes, não sendo esse o caso.

Deixe uma resposta para Fabio Costa Cancelar resposta

Fechar Menu