Opiniões

Aviso aos evangélicos

Alvo do fundamentalismo evangélico numa “missa encomendada” na forma de chuva de comentários, desde que ousou criticar aqui a “‘santíssima’ trindade Record, Igreja Universal e PRB, que determina tudo que há de divino e profano nos mandatos dos vereadores Alexandre Tadeu e Dayvison Miranda”, o blog recebeu de uma leitora o vídeo que, na defesa do debate laico, mas também em ato de comunhão cristã, compartilha abaixo…

Este post tem 2 comentários

  1. Perda de tempo tentar estabelecer um debate de idéias com pessoas que se deixam subornar ( e eles têm a mais “divina conciência” do quanto praticaram o falso testemunho de fé e de moral) por um “gomo de poder”.
    Quer coisa mais nojenta que o Deputado Feliciano? Colocou Deus e uma orde de loucos para gritar contra direitos fundamentais de liberdade da pessoa humana. Estado laico só quando interessa! No fundo tudo é uma questão de dinheiro! Ufa!Está difícil de suportar tanto cinismo.

  2. Cara Nilza,

    Vc tocou no cerne da questão: esse pessoal se aproveita da liberdade religiosa garantida pelo estado laico, proliferando uma desavergonhada mercantilização da fé, utilizando-a também como instrumento em escancarados projetos políticos de poder, que atentam contra os mesmos princípios laicos desse estado que permitiu sua existência legal. Diante de qualquer crítica às suas práticas, recorrem às garantias do estado laico para acusar o golpe como agressão à sua fé, buscando fabricar ruidosamente uma generalização desonesta sobre questionamentos pontuais. E, nas questões de estado, aplicáveis a todos os cidadãos, inclusive de outra ou nenhuma fé, pretendem impor dogmas extraídos, quando não subvertidos, de um contexto histórico de dois a três mil anos passados, sob alegação obtusa de que eles permanecem imutáveis simplesmente porque “Deus disse”. Diante da ameaça cada vez mais evidente deste fundamentalismo fascista sobre o estado, a reboque de interesses puramente de dinheiro e poder, vc está coberta de razão: fica difícil suportar tanto cinismo!

    Abç e grato pela colaboração!

    Aluysio

Deixe uma resposta

Fechar Menu