Opiniões

Campios e adjacências — Cabe coNserto?

A série “Placas de Campios e adjacências” (confira aqui) é do blog Ponto de Vista, do Christiano Abreu Barbosa, e ninguém tasca. Mas como também é verdade que boa ideia não tem dono e que são muitos os tropeços cometidos com o vernáculo na planície goitacá, o suficiente para fazer o ex-presidente Lula se sentir em casa, o blog publica a foto feita na noite de ontem, na av. Alberto Torres, na altura da Praça do Canhão. Veja, pense e responda rápido: Cabe coNserto?

 

Campíus

Este post tem um comentário

  1. O meu comentário hoje,é sobre a questão de saúde,mais precisamente ao índíce alarmante que o estado colocou o município de Macaé,tenho que sai em defesa dos agentes do CCZ desta cidade ,pois segundo acompanhei,se a índíce é elevado,é por que o poder publico,principalmente a população, ,que acha que os agentes tem que ser os faxineiros de suas casas(eles são agentes)cujo a função principal,deveria,ser de orientar e fiscalizar se a residência do que reclama,esta sendo cuidada por ele ,aliás nunca vi lixo nascer ,pneus se criarem em local parado onde tem foco de dengue,alguém foi ali e jogou,umas das alternativas que funcionaria,é se o ministério publico entra-se de fato nesta briga,autorizando que usa-se as associações de moradores como colaboradores,pois afinal,são elas que tem o livre acesso as residência nas comunidades,sendo fácil,orientar os moradores,facilitando assim o verdadeiro combate a esta hipedemia que assola as cidades no verão,perde-se também os políticos ,principalmente o legislativo,em contribui,com a comunidade que são os reduto que os elegem ,prestando um serviço a população ,garantindo assim a aproximação com o eleitor,enfim “A dengue é para combater,ou usar a desgraça para garantir repasses,de fundo perdidos,que não precisam de licitação,nem prestação de conta ,em situações de emergência ou calamidade .

Deixe uma resposta

Fechar Menu