Opiniões

Ponto final — Segurem as cabeças

Ponto final

 

Salvo um evento de proporções bíblicas, nada que for feito nas 24 horas que nos separam das urnas de 5 de outubro mudará a vitória parcial da presidente Dilma Rousseff (PT) e do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) no primeiro turno. Embora a primeira tenha chances remotas de definir a parada em turno único, tudo indica que teremos um segundo tanto no Brasil, quanto no Estado do Rio. É aí que residem as maiores dúvidas: Marina Silva (PSB) ou Aécio Neves (PSDB)? Anthony Garotinho (PR) ou Marcelo Crivella (PRB)?

Enquanto todos os institutos não soltam hoje suas últimas pesquisas, já feitas e registradas, os dois de maior credibilidade, Datafolha e Ibope, já apontaram Marina e Garotinho com mais chances para enfrentar, respectivamente, a Dilma e Pezão. Assim como a presidente, isolada no teto de 40% nas duas consultas divulgadas na quinta, Marina também repetiu 24% em ambas, enquanto Aécio apareceu com 19% na Ibope e num empate técnico de 21%, dentro da margem de erro, na Datafolha.

Já quanto ao governo fluminense, enquanto Pezão também se isolou num teto de 31% no Ibope divulgado na terça, quedado a 30% na Datafolha de quinta, Garotinho apareceu com 24% na amostragem do primeiro instituto, caindo para 21% na consulta mais recente do segundo. Nesta última, dentro da margem de erro, o político da Lapa ficou no empate técnico com Crivella, que manteve os 17% das duas Datafolha anteriores, enquanto no Ibope caiu para 16%.

A diferença de Aécio para Crivella, teoricamente favorável ao presidenciável tucano, é que ele está em ascensão (18%, 20% e 21% nas três últimas Datafolha), enquanto o sobrinho de Edir Macedo, estagnado. De qualquer maneira, nenhum dos dois mudaria muita coisa nas projeções de segundo turno. Aécio perderia para Dilma por 46% a 33% (Ibope) e por 48% a 41% (Datafolha). Por sua vez, Crivella cairia diante de Pezão por 43% a 32%  (Ibope) e 47% a 39% (Datafolha).

E as coisas não seriam muito diferentes se Marina ou Garotinho confirmassem suas vagas no segundo turno, a partir de pequena vantagem sobre os terceiros colocados. Marina perderia para Dilma por 48% a 41% (Datafolha) e 43% a 36% (Ibope). Ainda assim, teria mais chances do que Garotinho, massacrado por Pezão tanto no Ibope (31% a 46%), quanto do Datafolha (30% a 52%). E se Marina ganharia de Aécio num improvável segundo turno (38% a 33% no Ibope), Garotinho perderia nele também para Crivella: 32% a 37% (Ibope) e 30% a 49% (Datafolha).

Mas se Marina, mesmo perdendo, sai cacifada da sua segunda eleição presidencial, tudo indica que Garotinho sairá muito desgastado da sua terceira disputa a governador. Como o colunista Murillo Dieguez externou ontem na Folha, o deputado dificilmente repetirá os percentuais de votação nos municípios do Norte Fluminense, obtidos por ele próprio, quando se elegeu em 1998, ou quando o sucedeu Rosinha, em 2002. Em Campos, por exemplo, nada indica que ele conseguirá ficar nem perto dos 83,3%, conquistados em 1998, ou mesmo dos 63,7% rosáceos de 2002.

Cientes de que a rejeição a Garotinho é enorme não só no Estado (40% no Ibope e 48%, no Datafolha), mas também em sua cidade natal, candidatos locais a deputado pela nominata, sobretudo os abandonados no favorecimento a Clarissa Garotinho (PR) e Geraldo Pudim (PR), já estão distribuindo suas propagandas sem qualquer referência ao candidato a governador. Ciente de que ainda pior do que a derrota na eleição, é a derrocada antes mesmo dela acabar, consta que Garotinho já prometeu cortar algumas cabeças e expô-las em público, pessoalmente, na semana que vem.

 

Publicado hoje na Folha

 

Este post tem 12 comentários

  1. Mas “cortar” cabeças é típico dele mesmo….esse Inho conhece como ninguém a palavra e os atos de Vingança. E agora, chegou a nossa vez.Uhullll…

  2. Eu acho que jornalismo serio tem que ser imparcial ou comprovar os fatos. Não estou defendendo nem acusando so acho que nada esta definido e voto so se sabe depois da contagem.

  3. Cara Lucy,

    Com sua permissão, numa reportagem se espera uma análise imparcial do fato, ao contrário de um texto de opinião, como é há mais de 30 anos a coluna “Ponto final”, quando o que se espera é a interpretação dos fatos, ou a projeção a partir deles. Em relação à interpretação, os fatos são em sua maioria os números das últimas pesquisas, todos divulgados nacionalmente, após serem registrados na Justiça Eleitoral. Quanto às projeções, vc está prenhe de razão: “nada está definido e voto só se sabe depois da contagem”.

    Abç e grato pela chance de esclarecimento!

    Aluysio

  4. o Wlad já perdeu a cabeça, quando (trecho excluído pela moderação) seu
    Pai e seu tio quindim, agora vem este (trecho excluído pela moderação) dizendo que “CABEÇAS VÃO ROLAR”…QUEM TEM (trecho excluído pela moderação) NÃO MEXE EM CABEÇA ALHEIA NÃO…
    ANTÔNIMO

  5. isso mesmo, ele deverá tomar atitudes que deveriam ser feitas anteriormente, foi dar votos de confiança, não só a candidatos, mas também a secretários e cargos de confiança, no entanto, ninguém o ajudou, pelo contrario, até atrapalhou, já diz o velho ditado, muito ajuda quem não atrapalha, e ele esta pagando por confiar em incompetentes e mentirosos, faz parte da politica, e a limpa também faz parte

  6. Não vejo outra possibilidade, conforme os resultados das pesquisas, a derrota de Garotinho e a vitória de Pezão e Dilma, candidatos em quem voto, por fim, fico extremamente feliz em ver a derrogada de Garotinho e seu grupo, em razão da má administração pública que assola Campos, chegou a hora do Município se livrar desse marasmo Político.

  7. Parabéns Aloisio pela resposta corretíssima!!!

  8. ELES PISARAM NO PESSOAL DO CCZ, OS MAIS HUMILDES, MAIS OS HUMILHADOS SERÃO EXALTADOS, CADA VEZ MAIS ELES SE QUEIMAM COM O POVO PRINCIPALMENTE OS DE CAMPOS DOS GOITACAZES.

  9. acabo de ver fotos de uma carreata com dois irmãos, um vereador e um ex vereador que perdeu em 2012, fiquei enjoado, só o atual vereador que aturo, o resto e o resto, falsos e que não estão nem ai pro povo, vergonha

  10. Ôba! Daqui a pouquinho vou ajudar a cortar um pouquinho da cabeça, da língua, da arrogância (trecho excluído pela moderação) !
    Havendo segundo turno, vou novamente, sempre com o mesmo sabor na boca, o doce momento de exercer a minha cidadania e votar contra o ‘menininho’ e todos aqueles ligados a ele. Eu, minha família, meus amigos, e mais um monte de gente que tem olhos e enxerga!

  11. VAI FALTAR BANDEJA NO COMÉRCIO.

  12. confiou em quem não devia, se cercou de arrogantes e acabou levando a pior, perdeu as eleições em campos, seus colaboradores o sacanearam, mesmo sem ter a culpa toda, ele se prejudicou

Deixe uma resposta

Fechar Menu