Opiniões

Picciani: Minha ascendência é da Itália e Síria, não Grécia

Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), o deputado estadual Jorge Picciani também comentou sobre seu nome nas planilhas de pagamento da Odebrecht, nas quais aparece com o codinome de “Grego”. Confira abaixo:

 

Jorge Picciani (divulgação)
Jorge Picciani (divulgação)

 

 

Nota de esclarecimento

Sobre a divulgação de planilhas apreendidas na casa de um executivo da Odebrecht referentes a supostas programações de doações da construtora para políticos diversos durante as campanhas de 2012 e 2014, o deputado Jorge Picciani esclarece que:

1 – Nas eleições municipais de 2012, ele não concorreu a nenhum cargo público.

2 – Na eleição de 2014, quando foi eleito deputado estadual, não constam doações da empreiteira ao candidato, nem de forma direta nem indireta, via partido.

3 – Picciani nunca foi chamado de grego. Até porque sua ascendência vem da Itália e da Síria — e não da Grécia.

 

Leia amanhã a cobertura completa do caso na Folha da Manhã

 

Este post tem um comentário

  1. E por que esta necessidade de fazer questão do pedigree? Isto altera alguma coisa?

Deixe uma resposta

Fechar Menu