Opiniões

“Homenagem ao Jean Wyllis” — Zé de Abreu cospe na cara de homem e mulher

José de Abreu PT

 

 

Ontem, após ver em nota do jornalista Lauro Jardim a maneira agressiva e desrespeitosa com que o ator José de Abreu usou o Twitter para tratar o educador e senador Cristóvam Buarque (PPS), ex-governador de Brasília pelo PT e um dos pouco homens de bem que restou na política deste país, escrevi uma postagem aqui. Ainda não sabia que o xará e grande amigo do ex-ministro e hoje prisioneiro da Justiça José Dirceu (PT), havia discutido num restaurante com um casal em São Paulo, também na noite de ontem.

No vídeo que viralizou na internet, já iniciada a discussão, Abreu canta o hino nacional em tom irônico, antes de se dirigir de pé à mesa do casal. Ao ser chamado de “safado” pela mulher, ele cuspiu na cara dela e depois na do acompanhante, enquanto ambos estavam sentados. O homem, que seria um advogado carioca, se levantou revoltado e teve que ser contido pelos seguranças do estabelecimento, enquanto trocava provocações e xingamentos com o ator.

Em várias postagens no Twitter (aqui) sobre o assunto, José de Abreu se referiu ao casal como “fascistas” e se vangloriou por ter cuspido tanto na cara do homem, quanto na da mulher. Ao dizer que ambos “merecem cusparada na cara”, ele ofereceu o ato “em homenagem (ao deputado federal) Jean Wyllis” (Psol).

Fez alusão ao cuspe de Wyllis sobre o colega Jair Bolsonoro (PSC), no último dia 17, durante a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) na Câmara Federal. Bolsonaro havia feito provocações verbais homofóbicas ao parlamentar do Psol, que revidou com a cusparada, sendo alvo da mesma reação por parte do também deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC), filho de Jair.

Um pouco antes, ao votar a favor do impeachment de Dilma, Bolsonaro pai disse tê-lo feito “pela memória do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra”, comandante do DOI-Codi de São Paulo entre 1971 e 74, no auge da repressão da Ditadura Militar (1964/85), reconhecido por várias vítimas e declarado pela Justiça paulista como torturador. Por sua vez, em seu voto contrário ao impeachment , Wyllis se referiu àqueles que o aprovavam como “canalhas”.

Em relação ao ocorrido de na noite de ontem entre o casal e Zé de Abreu, a maioria das reações, na própria conta de Twitter do ator, foram de condenação, com ofensas e até ameaças físicas. Na certeza da ultrapassagem dos limites de civilidade de lado a lado, a preocupante dúvida sobre onde isso tudo pode terminar, com o país em grave crise econômica e passionalmente dividido por um impeachment presidencial que parece não ter volta.

Confira abaixo alguns dos twetes do ator se ufanando por ter cuspido na cara do homem e da mulher com quem discutiu, bem como de alguns dos comentários feitos, a maioria pouco amistosos, além do vídeo da confusão:

 

 

José de Abreu 4

 

 

 

José de Abreu 3

 

 

José de Abreu 2

 

 

José de Abreu 1

 

 

 

Este post tem 14 comentários

  1. Mentira do Jean, Jair Bolsonaro não fez provocações alguma com essa criatura do PSOL. Apenas ao acabar de proferir votar Jair disse
    “Tchau querida” referindo-se a ainda a atual terrorista presidente.

    Existe video na internet que comprova que o Jean o cuspidor fujao atraves de leitura labial ao Chico Alencar, Jean premeditou o ataque ao Jair.

    Jair Bolsonaro nem foi eleito ainda, mas despertou a curiosidade das pessoas ao homenagiar o Cel Ustra, sua obra A Verdade Sufocada esgotou-se em todas livrarias virtuais, ao mesmo tempo a versäo do livro em PDF teve 30 mil downloads em 48 hs.

    Pense diferente, Jair Bolsonaro Presidente PSC 20.

  2. O ator comunista defensor ferrenho da ditadura cubana, e um dos apoiadores entusiastas do governo petista, ofendeu e cuspiu em um jovem casal em restaurante paulista nessa sexta à noite. O ator foi covarde o bastante para cuspir no rosto da mulher duas vezes, como se pode ver no vídeo. José de Abreu faz parte da elite da escória esquerdista que apoia o moribundo governo socialista e corrupto do PT, e que semanas atrás exibiu toda sua covardia e falta de caráter ao fazer um comentário grotesco e desumano sobre o honrado e respeitado jornalista Sandro Vaia, que havia falecido dias antes. Quando está na iminência de perder o poder, a (trecho excluído pela moderação) esquerdista entra em desespero e começa a latir e a cuspir, revelando quem essa gente realmente é: um bando de (trecho excluído pela moderação) que merecem todo desprezo das pessoas de bem.

  3. José de Abreu, idéias são mais poderosas que cusparadas. Você, Jean Wyllis , Bolsonaro e um monte de gente nesse país perdeu a capacidade de usar argumentos. Todos estão partindo para algum tipo de violência, este país nunca vai ter futuro assim.

  4. Acho que um tipico caso de ação reação, quem conhece Zé de Abreu já sabe do seu destempero se provocado em suas convicções politicas, provoca-lo chamando-o de vagabundo já sabiam que ele não seria nada educado e polido na reação. Vários artistas como Chacrinha, Dercy, Elis,Tim Maia e muitos outros sempre foram destemperados e sempre criaram confusões com o próprio publico, nem todos são controlados como Chico que do nada foi enchocalhado por um grupo de jovens maus criados. Exemplo recente de Naldo Beny que fugiu pela portas dos fundos depois de xingar e ameaçar a prateia ou o diretor teatral também por questões politicas. Acho que Zé errou, agora esperar reação diferente dele é utopia, convenhamos a politica já dividiu o Brasil e encontrar pessoas equilibradas neste turbilhão esta difícil.

  5. Conselho de Ética aceitará processo contra Wyllys: “Não posso segurar”, diz presidente.
    Jean Wyllys tomou esta atitude torpe com premeditação. Foi divulgado um vídeo no qual ele aparece dizendo ao seu correligionário (trecho excluído pela moderação) Chico Alencar a seguinte frase: Vou cuspir na cara do Bolsonaro. Não bastasse isso, ele fez o que sabe fazer de melhor: Foi até uma rede social e se pintou como vitima da história. O problema é que outro parlamentar que estava ao lado de Bolsonaro na sessão plenária gravou o momento em que Jean deixa o microfone. Neste vídeo pode-se ouvir tudo o que ele diz: Tchau Querida! Tchau Querida! Nenhuma ofensa ao sr. Jean. O melhor remédio para esquerda mostra-se, outra vez, muito eficiente: A verdade.

  6. Condenável a atitude desse senhor. Péssimo representante da classe artística . Tenho certeza q se a discussão tivesse outra causa, defensável , não haveria agressão . Pior. Não teve argumento, nem álibi, para discutir, partiu pra baixaria. Atitude q só os seres “humanos” têm. A miséria contagiando a classe artística .

  7. Quer dizer que esta é a mais nova moda adotada pelos homossexuais: cuspir na cara das pessoas quando bem entenderem? Isto é o que ocorre quando elegem tipos como este Jean Willys, que usam seus mandatos apenas para criar um circo, um circo que a sociedade pega como exemplo, resultando em situações esdrúxulas como esta. Este ancião está mais para um ATORdoado do que um ator, sempre se sobressaindo por meio de suas baixarias do que pelo seu “trabalho”, se é que podemos chamar isto que ele exerce de trabalho.

    1. Caro Ricardo,

      Não que isso tenha alguma relevância para além da vida pessoal de ambos, que não interessa a ninguém, mas até onde eu sei, não é o homossexualismo que une as atitudes de José de Abreu e Jean Wyllis, mas suas posições políticas e o aparente destempero.

      Abç e grato pela chance da observação!

      Aluysio

  8. Esse José de Abreu, desde muito, é um imbecil. Em qualquer outra situação, alguém que tivesse feito o que ele fez, estaria no limbo. Nada, nada justifica cuspir no rosto do outro. E depois diEm que a Globo té contra o governo do PT . Uma atitude dessa mancha qualquer empresa. Zé de Abreu. Vc é um ser desprezível. Continue assi,m.

  9. Concordo com o Ruy um país só progride com respeito e dialogo, isto esta faltando a muitas pessoas ultimamente.

  10. O ator da rede Globo José de Abreu protagonizou uma situação ridícula na noite da última sexta-feira em um restaurante paulistano. Declaradamente petista, Abreu foi reconhecido e provocado por um casal de frequentadores do local, ao que respondeu com uma cusparada no rosto de cada um.

    O conflito começou quando o cliente se dirigiu ao ator e disse: “Vota no PT e vem comer no japonês!”. Abreu se levantou da sua mesa e, com um tom de voz alterado, discutiu com o homem, o chamando de “coxinha”. Ele ainda começou a cantar o hino nacional para tentar abafar os protestos do adversário e chegou a pedir que um funcionário do restaurante chamasse a polícia, pois estava sendo incomodado.

    Ao ser acusado pelo casal de se aproveitar da Lei Rouanet, José de Abreu esperou os seguranças se aproximarem e, protegido por dois homens, cuspiu no rosto do cliente e da mulher que o acompanhava. Nesse momento, o homem se levanta e parte para cima do ator, mas é contido. Em seguida, Abreu sai rapidamente do restaurante.

    Em sua conta oficial no Twitter, o ator defendeu a sua atitude, se gabou de ter cuspido no casal, mas depois excluiu o perfil da rede socia

    Diário do Poder

  11. Engracado, que a PGR ,atavez do MPF, esta decidido a apurar as 18.000, represenracoes contra Bolsonaro , e se fou feitas por adpitos , Jean Willis, (trecho excluído pela moderação) mal carater, cuspiu ali na hora da votacao , pirque estaria espondo Bolsonaro, em outro lugar qualquer ele nao faz , porque leva (trecho excluído pela moderação), como o Ze de Abreu , e um verdadeiro imbecil , e a Globo cobre, assim como Galvao Bueno , (trecho excluído pela moderação) e aGlobo , nunca fala nada.

  12. Ator decadente e imbecil, isto é fato, agora nobre colega Paulo, as organizações Globo não são só contra o PT, são contra Lula, contra Dilma e (trecho excluído pela moderação)

Deixe uma resposta

Fechar Menu