Opiniões

Escritora Paula Vigneron no “Opiniões”, quinta sim, quinta não

Depois dos escritores capixaba Fabio Bottrel (aqui) e itaperunense Guilherme Carvalhal (aqui), chegou a vez deste espaço virtual, antes tarde do que nunca, se abrir à voz feminina nas letras de Campos. Paula Vigneron, autora do livro e contos “Sete balas ao luar” (aqui), passa a partir de amanhã a se revezar com Carvalhal neste “Opiniões”, sempre às quintas-feiras. Abaixo, em suas próprias palavras, o que a jovem escritora e jornalista pretende trazer quinzenalmente a você, leitor do blog:

 

Paula Vigneron (foto de Aluysio Abreu Barbosa)
Paula Vigneron (foto de Aluysio Abreu Barbosa)

 

Iniciei a faculdade de jornalismo, no Uniflu, em 2012. Mas a relação com a escrita vem de anos anteriores, quando comecei a produzir contos, em 2008. Ainda durante a graduação, entrei para a equipe da Folha da Manhã, em 2014, como estagiária da Folha Online. Após alguns meses, fui contratada como repórter da Folha Dois, minha atual função.

Em contato com a realidade cultural da cidade, conheci diversas pessoas que auxiliaram minha formação profissional – e também pessoal –, e me fizeram crescer e compreender não só o papel do jornalismo, mas também da literatura para a sociedade. Em setembro do ano passado, lancei o livro “Sete Balas ao Luar”, pela editora Autografia, com 32 contos. Agora, a convite do jornalista e poeta Aluysio Abreu Barbosa – a quem agradeço pela oportunidade –, serei colaboradora deste blog com contos e crônicas, passeando por ficção e realidade.

 

Este post tem 3 comentários

  1. Uma notícia alvissareira!

  2. Aluysio: pela literatura produzida por você há tanto tempo; pela agregação e divulgação de excelentes talentos, alguns ocultos até então; pelo conjunto de suas atividades culturais no jornal e no blog: Eu voto SIM, para o seu ingresso na Academia Campista de Letras, algo aliás, sugerido por mim há 3 ou 4 anos. Está na hora. Vai ser legal para a ACL e para você. Para nós leitores-consumidores-produtores-resistentes de literatura no interior, longe dos olhos elitistas dos grandes centros, mas, agora, destemidos invasores empunhando as armas das redes sociais.Como este blog metralhadora de letras para todos os lados.

  3. Aluysio: pela literatura produzida por você há tanto tempo; pela agregação e divulgação de excelentes talentos, alguns ocultos até então; pelo conjunto de suas atividades culturais no jornal e no blog: Eu voto SIM, para o seu ingresso na Academia Campista de Letras, algo aliás, sugerido por mim há 3 ou 4 anos. Está na hora. Vai ser legal para a ACL e para você. Para nós leitores-consumidores-produtores-resistentes de literatura no interior, longe dos olhos elitistas dos grandes centros, mas, agora, destemidos invasores empunhando as armas das redes sociais.Como este blog metralhadora de letras para todos os lados.

Deixe uma resposta

Fechar Menu