Opiniões

Arnaldo e Pudim juntos à sucessão de Rosinha?

Ex-companheiros na chapa vencedora da eleição municipal de 2000, Arnaldo e Pudim conversam no Rio (montagem: L. Gomes)
Ex-companheiros na chapa vencedora da eleição municipal de 2000, Arnaldo e Pudim conversam no Rio (montagem: L. Gomes)

 

 

Na vida pública recente de Campos, ficou célebre a frase do deputado federal Paulo Feijó (PR): “Na política, só falta boi voar”. Hoje (25), talvez tenha faltado pouco. Por mais de cinco horas, entre às 14h e 19h, se reuniram no Rio de Janeiro o deputado estadual Geraldo Pudim (PMDB) e o ex-prefeito Arnaldo Vianna (PEN). O primeiro é pré-candidato a prefeito de Campos, o que o segundo também diz ser, embora nem ele mesmo tenha certeza (aqui) se terá condições jurídicas de disputar o pleito.

Embora nada de concreto tenha sido acordado entre os dois líderes políticos, as eleições municipais de Campos em outubro, a formação de suas chapas e coligações dominaram a pauta do debate:

— Do lado do PMDB, acho que o encontro se desenvolveu com muito pragmatismo. Do ponto de vista pessoal, foi também muito bom, porque podemos retomar contato, após alguns anos de afastamento. E Arnaldo é uma pessoa muito querida, não só para mim, como para a grande maioria dos campistas. Seu apoio mudaria o tabuleiro não só em Campos, mas também na política do Estado. Há possibilidade de coligação, mas nada ficou acordado. Vamos conversar até o final — disse Pudim, cuja convenção do PMDB está marcada para dia 29, na próxima sexta, um dia antes da convenção do PEN, dia 30.

Arnaldo e Pudim foram eleitos, respectivamente, prefeito e vice em 2000. Mas o marido e secretário da prefeita atual, Rosinha Garotinho (PR), nos tempos em que ele tinha cacife para se candidatar à presidência da República, rachou com Arnaldo em 2002 e forçou Pudim a fazer o mesmo.

Depois, um pouco antes da eleição municipal de 2004, na qual foi pela primeira vez candidato a prefeito, Pudim chegou a assumir, por decisão judicial, a cadeira de Arnaldo por um dia. Mas saiu no seguinte, pela mesma via, gerando uma das manchetes mais populares dos 38 anos da Folha, com base no slogan de campanha de quem acabaria perdendo aquela eleição no segundo turno: “Chegou Pudim, saiu Pudim”.

Apesar de insistir na sua pré-candidatura duvidosa pelo PEN, Arnaldo tem o filho Caio Vianna (PDT) liderando (aqui) as pesquisas de intenção de voto pela sucessão de Rosinha. No último sábado, dia 23, enquanto a convenção do PDT lançou (aqui) Caio candidato a prefeito com o vereador Gil Vianna (PSB) de vice, Arnaldo postou um vídeo (aqui) para tratar da sua ausência no evento, quando chegou a falar de “estelionato eleitoral”. O ex-vereador Marcos Bacellar (PDT) usou o mesmo termo para atacar o ex-prefeito, enquanto Caio preferiu contemporizar.

 

Leia a cobertura completa amanhã (26) na edição impressa da Folha

 

Atualização às 11h05 de 26/07: Segundo o jornalista Alexandre Bastos informou aqui, a aliança entre Pudim e Arnaldo passaria pela indicação da nova esposa deste, Edilene Silva, que é filiada ao PEN, como vice na chapa à Prefeitura de Campos encabeçada pelo deputado estadual do PMDB.

 

Este post tem 17 comentários

  1. tem mesmo que acabar com especulações se definem logo só ficam colocando duvidas nos eleitores dr Arnaldo tem o seu filho mas de qualquer maneira a sua mulher a Wilsan Viana é que vai comandar ou seja dar as ordens ela com o chocolate em sua administração Campos precisa de pessoa que comandam na realidade já chega de tanta covardia se define ou abandona oposição tem que se unir

  2. já posso imaginar que essa conversa será pra conseguir o apoio do PMDB e do PEN para a candidatura do caio, aguardem as próximas cenas e verão se tenho ou não razão.

  3. Bom isso não é novidade, em política tudo é possível!!! só um detalhe, nenhuma dos dois vai ganhar nada… o tempo deles já passaram… 30 anos esse povo afundando campos!!!! queremos mudança!!!!!

  4. O meu saudoso pai me dizia “que é confiável confiar na dona da “casa da luz vermelha”, mas jamais confiar em qualquer político.”

    __Cada vez mais acredito que ele tinha a mais absoluta razão.

  5. Tá certinho. Seis e meia duzia

  6. Fora Arnaldo, Pudim, Mocaiber Rosinha e Garotinho.
    O povo já não querem mais vcs, já deu!!!

  7. Estelionato eleitoral é dizer que pode ser candidato sendo ficha suja, para quem conhece os bastidores a matéria acima contém erro, não foi Garotinho que rachou com Arnaldo e sim, Arnaldo que rachou com Garotinho cumprindo ordens da então Ilsan Vianna que mandava na prefeitura e no prefeito, pedir apoio a quem foi irresponsável com o erário público e se tornou ficha suja e inelegível é queimar candidatura assim como pedir apoio ao PT.
    Vejam no que se tornou a política em Campos, candidatos desorientados, (trecho excluído pela moderação) e o povo esperando o próximo capítulo da comédia “Eleições Campos dos Goytacazes” nesta altura do campeonato os cabos eleitorais pagos estão desesperados sem saber para onde partir e faturar algum… Com a proximidade das eleições o que vai ter de gente trocando de camisa como jogadores de futebol não vai estar no gibi!!! E do outro lado a torcida brigando por A ou por B, todos esperando a volta da vaca agora com as tetas secas, Campos está como o resto do país, quebrada, desacreditada e ainda tem gente querendo chupar os ossinhos do esqueleto que se tornou o nosso município.

  8. ESTÃO QUERENDA DAR A PREFEITURA DE CAMPOS PARA A SENHORA ILSAN VIANA COMANDAR TUDO, ISSO É BRINCADEIRA,

  9. DOIS DESACREDITADOS,
    VAI DAR CERTINHO, MESMO…

    1. pelo amor de deus Arnaldo,pudim! e o fim da sua trajetória politica
      estragou!

  10. vamos renovar meu povo, e caio viana o prefeito do povo!!

  11. Nós campista não vemos com bons olhos essa bagunça politica que esta ocorrendo em nossa cidade, precisamos organizar essa (trecho excluído pela moderação)!!

  12. é rafael diniz

  13. Muito simples, só a população votar em alguém que não esteja ligado a família Vianna ou Garotinho.
    Vou de Rafael Diniz, se esse não der certo, próxima eleição voto em outro que não tem ligação com os que tenho certeza que deram errado.
    Vamos trocar essas figurinhas viciadas.
    Não dêem seus votos por migalhas, lembrem-se das filas dos hospitais de Campos, das escolas,….

  14. Concordo com o Carlos
    Fora Arnaldo, Pudim, Mocaiber Rosinha e Garotinho ou qualquer descendente dos mesmos.
    Ninguem aguenta mais esta turma!

  15. Arnaldo e oposição estão atirando nos próprios pés.

    Com excesso de ambição e sem planejamento de alianças, estão fazendo exatamente o que O CORONEL SARUÊ DE CAMPOS QUER.

    Estão se aliando a qualquer um e com isso perdendo votos e cosequentemente a eleição.

  16. corrigindo:
    consequentemente

Deixe uma resposta

Fechar Menu