Opiniões

População quer Chicão, Rosinha e vereadores querem Hirano

Ponto final

 

 

Hirano e Ricardo, Chicão e Bastos

Não há novidade em dizer que os únicos pré-candidatos governistas com chances de disputar a sucessão da prefeita Rosinha Garotinho (PR) são o vice-prefeito Dr. Chicão Oliveira (PR) e o vereador Paulo Hirano (PR). Este “Ponto Final” adiantou isso (aqui), publicamente, desde 14 de junho. Tampouco há nada de novo em reconhecer Ricardo André Vasconcelos, que trabalhou por anos na Folha, e Alexandre Bastos, que há muitos trabalha, inclusive eventualmente nesta coluna, como dois dos jornalistas políticos mais bem informados e talentosos de Campos.

 

Edson e Mauro pela vice

Após um longo hiato — para seus leitores —, Ricardo voltou à lida blogueira (aqui) no último domingo (24) para apostar suas fichas na chapa rosácea encabeçada por Hirano, com Edson Batista (PTB) de vice. Por sua vez, Bastos revelou (aqui) ontem (25) em seu blog que o critério da pesquisa, que teria sido definido para a escolha do candidato governista, deu Chicão na cabeça, apostando em Edson e no vereador Mauro Silva (PSDB) na briga pela vice — disputa que esta coluna também havia adiantado (aqui) desde o último dia 6, há exatos 20 dias.

 

Desde que Tô Contigo tava no páreo

Quem lê este jornal, não precisou de pesquisa interna para saber que Chicão é a mais popular opção governista. Desde 12 de junho, a Folha encomendou e publicou (aqui) pesquisa do instituto Pro4, feita entre 8 e 10 daquele mês, com 620 pessoas das sete zonas eleitorais de Campos, dando conta de que o vice-prefeito era o único nome governista capaz de empatar tecnicamente, no limite da margem de erro, com os líderes da oposição: Caio Vianna (PDT), o vereador Rafael Diniz (PPS), além do ex-prefeitável e hoje só vereador Tadeu Tô Contigo, quando este ainda não tinha sido subtraído do jogo (aqui) pelo marido e secretário de Governo de Rosinha.

 

Veterano teme Neném e Rangel

Na já citada edição 6 de julho desta coluna, foi aqui onde também primeiro se noticiou que, numa reação interna à popularidade de Chicão, Edson Batista correu uma lista na Câmara Municipal, entre os vereadores governistas, para impor um vereador do PR como candidato a prefeito, em claro movimento (aqui) para favorecer Hirano. Daí, Ricardo André não estar errado ao afirmar que, se for Hirano, Edson aumenta sua chance de ser vice. Até porque o veterano político sabe que sua reeleição para vereador é extremamente difícil no PTB. É o mesmo partido pelo qual também tentarão se reeleger os populares (e mais jovens) edis Neném e Jorge Rangel.

 

Passividade tucana

Com Chicão de cabeça, sobem as chances de Mauro ser vice. Mas se não for, como reagirá o PSDB local? Vai só “ladrar”, como o presidente municipal da legenda, Robson Colla, ao publicar (aqui e aqui) em sua timeline do Facebook, no último sábado (23), um vídeo de Rafael — cujo pai, Sérgio Diniz (1942/2012), foi fundador e vereador do PSDB? Vai “morder” e lançar candidatura própria, como o próprio Colla já ameaçou fazer (aqui) ele próprio, posando em foto ao lado do senador Aécio Neves? Ou vai “enfiar o rabo” entre as pernas, como tem sido a praxe tucana desde outros presidentes, quando ajudaram os rosáceos a reassumir o controle do município, em 2008?

 

Só de brincadeira

Se não se discute que Chicão é a mais popular opção governista, é igualmente fato que Hirano não é o candidato apenas de Edson e vereadores, mas também de Rosinha. Diferente do povo e da prefeita, o marido desta confidenciou ter uma terceira preferência: brincar de “iô-iô”. Mas preferido só pelo líder do grupo e da rejeição entre os campistas, é pré-candidatura ao fracasso. Não por outro motivo, ao ser indagado ontem (25) por Hirano, sobre qual candidato rosáceo a oposição preferia enfrentar, o vereador Marcão (Rede) escolheu quem ele mesmo apelidou, carinhosamente, no convívio esporádico da Câmara: “Lógico que queríamos o ‘Iô-Iô’!”

 

Publicado hoje (27) na Folha da Manhã

 

Este post tem 11 comentários

  1. Discordo muito da coluna na parte sobre Fábio Ribeiro, ele é o preferido da maioria dos vereadores, qualquer um que frequenta a câmara sabe disso.
    Porém ele vinha queimado na Lapa, mas isso se reverteu bastante, mas tudo indica que vai ser mesmo o Chicão o candidato.

    1. Caro Alexandre,

      Discordar com veemência, sem perder o respeito à dialética, ao interlocutor ou ao público, exatamente como vc fez, faz parte da democracia.

      Abç e grato pela chance da observação!

      Aluysio

  2. Se a população quer , ninguém segura!

  3. Chicão fez campanha dizendo que era o candidato a prefeito e Paulo Hirano hora nenhuma falou nesse assunto, talvez explique a pequena diferença entre so dois pré-candidatos…

  4. Vai ser um novo Mocaiber. Putz

  5. Chicão não aguentou levar a secretaria de saúde, teve depressão e foi para o Rio de Janeiro chorar e dizer que não queria voltar. Durante sua gestão, quem comandou a Saúde foi a justiça e o Ministério Públlico. Não soube conduzir uma Secretaria o que dirá toda uma prefeitura quebrada como será o próximo ano. O que melhor fez foi destruir o que de resto da Saúde restara. Não tem peito, nem gogó, e nem estômago para levar uma Campanha, o que dirá uma gestão de Prefeitura. É perder, se não a eleição, fácil de acontecer, visto não suportar um debate e não saber o que acontece na Prefeitura; é perder depois de eleito a rédia da administração. Lastimável se se confirmar ele.

  6. Torço que seja Hirano, assim temos a oportunidade de ver esse povo de Garotinho longe da Prefeitura, o tal do Hirano é muito ruim, máquina nenhuma levante esse pipa.

  7. O Vice vai ser Kellinho. Homem de confiança de Garotinho, de Suledil, portanto é o Presidente do PR em Campos. Com 5 Mandatos de Vereador, morador de Guarus, nunca deixou a sua base, popular e com boa penetração nas classes sociais mais humildes. Os dois prováveis candidatos do Governo, são médicos, isto é, da chamada “pedra”, da Elite, Kellinho encaixa como uma luva para compor com qualquer um dos dois, tanto Dr. Chicão, quanto Dr Hirano. Vamos aguardar…

  8. PAULO HIRANO NÃO TÊM NENHUM MERECIMENTO PARA SE CANDIDATAR A PREFEITO,COMO VEREADOR FOI “PÉSSIMO” NÃO FEZ ABSOLUTAMENTE NADA!!! IVENTOU UMA TAL DE (trecho excluído pela moderação)

  9. Será que a população quer mesmo alguém deste grupo? Os dois não tem nenhum apelo popular, nunca mostraram para que foram eleito!

  10. Caro Gilson Rangel, vc falou tudo agora…parabéns!!!! foi isso mesmo que aconteceu…

Deixe uma resposta

Fechar Menu