Opiniões

PT de Campos deve realizar desejo do PR e lançar Anomal a prefeito

(Arte: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)
(Arte: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

 

Nem Caio Vianna (PDT), nem Rafael Diniz (PPS), nem Rogério Matoso (PPL). Com convenção marcada para a próxima quarta-feira (dia 3), o PT de Campos deve mesmo caminhar com candidatura própria de Hélio Anomal a prefeito. Segundo o próprio adiantou agora há pouco ao blog, essa é a vontade da executiva nacional e estadual do partido — assim como do marido e secretário de Governo da prefeita Rosinha Garotinho (PR), que pediu pela candidatura própria ao presidente nacional do PT, Rui Falcão, como o “Ponto Final” revelou aqui e aqui, só para tirar o generoso tempo de propaganda eleitoral do partido de candidatos a prefeito de oposição com chance de vitória.

Anomal admite que, ao contrário das executivas estadual e federal do seu partido — e do PR —, há correntes do PT goitacá que preferem a aliança com Caio, ou Rafael, ou Rogério. Mas adverte que, se não houver consenso, a decisão pode ser tomada até a partir de uma intervenção no diretório municipal. Já o presidente do partido em Campos, André Oliveira, admite que a maior dificuldade para uma candidatura própria a prefeito é a falta de aliança com partidos que possibilitem a formação de uma nominata com chances de eleger pelo menos um vereador. Mas como, apesar do tempo de propaganda eleitoral do PT, nenhuma outra legenda parece se animar em apoiar Anomal na majoritária, André lembrou que as alianças podem ser feitas só para a eleição proporcional de vereador.

 

Leia amanhã (30) a matéria completa na edição impressa da Folha da Manhã

 

Este post tem um comentário

  1. Fora pt! Fora pt! Fora pt!

Deixe uma resposta

Fechar Menu