Opiniões

Ameaças da Chequinho, Dias das Mães de Garotinho e ponto semanal no Rio

 

 

 

Testemunha denuncia ameaças à PF

Ontem (15), em matéria do jornal O Globo, repercutida (aqui e aqui) pelo jornalista e blogueiro da Folha Saulo Pessanha, foram divulgadas as ameaças que a radialista Beth Megafone denunciou à Polícia Federal (PF) estar sofrendo. Segundo ela, por ter testemunhado sua participação e de outros na troca de Cheque Cidadão por voto, na eleição municipal de 2016. Enquanto condenados na Chequinho aguardam recursos no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Beth disse estar sendo seguida por um Astra preto e uma moto sem placa.

 

“Cala a sua boca!”

A ex-assistente do programa “Fala Garotinho” contou uma ação mais direta no dia 4 de maio. Beth disse que estava num ponto de ônibus da av. 28 de março quando dois homens em uma moto sem placa subiram a calçada. Ao pensar que era um assalto, ela fez menção de entregar o celular, mas um dos homens perguntou se ela era a “Beth Megafone” e em seguida afirmou: “Cala sua boca, porque assim como nós te achamos hoje, achamos você e sua família em qualquer dia, em qualquer lugar”. Em seguida, os dois teriam saído com a moto.

 

Ameaças antes na Folha

Revelada em detalhes ontem por O Globo, as ameaças às testemunhas da Chequinho já eram conhecidas. Na sua edição da última sexta-feira (12), a Folha noticiou (aqui): “o vice-procurador geral eleitoral, Nicolao Dino (…) leu, ainda, dois depoimentos recentes de testemunhas à PF, em que relataram ter sofrido novas ameaças”. A matéria foi da repórter Suzy Monteiro, que na Folha e em seu blog, “Na curva do rio”, tem andado quase sempre à frente na cobertura jornalística da Chequinho.

 

Jornalista fotografada

Coincidência, ou não, no momento que saía do banheiro da audiência de uma ação penal da Chequinho, no 2º andar do Fórum de Campos, em 27 de março, Suzy percebeu ter sido fotografada com celular por Luis Antônio Alvarenga, mais conhecido como “Luis Careca”. Entre outros réus, a ação tinha como alvo a ex-secretária de Desenvolvimento e Ação Social do governo Rosinha Garotinho (PR), Ana Alice Ribeiro Lopes Alvarenga. Esposa de Luis Careca, ela é acusada de ter coordenado a distribuição de Cheque Cidadão para troca por voto.

 

Dia das Mães

Outro jornalista e blogueiro da Folha, Esdras Pereira registra em sua coluna, na página 6 desta edição, que o ex-governador Anthony Garotinho não esteve em Campos no último final de semana. Impedido pela Justiça de voltar à cidade natal, para não interferir nas investigações da Chequinho, ele pediu ao juiz da 100º Zona Eleitoral de Campos, Ralph Manhães, para vir visitar a mãe, Dona Samira Matheus, e ir ao casamento da filha de um advogado dos réus da Chequinho. Liberado só para ver a mãe, seu filho mais famoso preferiu outro roteiro no Dia das Mães.

 

Ponto semanal

Quem esteve no casamento ao qual Garotinho queria vir, mas foi impedido, foi o ex-candidato a prefeito de Campos Caio Vianna (PDT). Segundo fontes muito bem informadas, depois de ficar em terceiro lugar nas últimas eleições municipais, e de ser apontado pelos próprios garotistas como candidato do grupo num improvável novo pleito, Caio tem sido visto no Rio, pelo menos uma vez por semana, batendo ponto no prédio onde fica a empresa “Palavra de Paz”, de propriedade de Garotinho.

 

Diálogo

O secretário de Educação, Cultura e Esporte (Smece), Brand Arenari, recebeu, na tarde de ontem, representantes do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) para debater a educação do município. Na ocasião, foram tratados assuntos como infraestrutura escolar, eleição nas escolas, autonomia pedagógica, cursos de capacitação, educação no campo, dentre outros. As dificuldades foram colocadas e sugestões ouvidas.

 

Com a colaboração do jornalista Rodrigo Gonçalves

 

Publicado hoje (16) na Folha da Manhã

 

Este post tem 8 comentários

  1. Todos os blogs so sabem falar mal de Garotinho, deveria esta cobrando as promessas de capanha de Rafael,Ja se pa que ja achou tudo pronto ou faltando pouco para terminar.Ja se passaram quase cinco meses e ate agora eu nao vi mudanca ,a nao ser para pior.

  2. Garotinho o dia que partir vai fazer falta a muita gente, ai vai ser tarde nao adianta chorar.Rafael so quer investir em esporte olha o resultado da copa do mundo, e da olimpiada,quebraram o pais e o estado

  3. Cesar peixoto, quem deveria chorar e ter muita vergonha é você por estar defendendo um dos maiores (trecho excluído pela moderação) do nosso país!!
    Provavelmente perdeu o seu “chequinho” do seu “garotinho”!!!!

  4. Acho que peixoto está sentido falta do seu sandubinho e guaravita…

  5. Eu nao dependo de chequinho nao amigo, eu dependo e da minha aposentadoria que o Governo que voces apoiaram roubou toda grana do Estado, isso sim.Nao sou puxa-saco nao sou simpatizante ao casal mais apoio a maneira deles Govenar sempre do lado dos mais necessitados.

  6. expere não julque sem provas,vamos ver o que realmente aconteceu. Falar e fácil provar e outra hestoria

  7. Que caô dessa dona, hem! Sabemos pelas reportagens policiais do dia a dia, que assassino de moto não pergunta, atira. Mais uma armação do grupo Globo all da nossa Dinizlândia. Serão dias difíceis, assim como nos tempos zezebarbozianos e mocaibianos…

  8. Se o prefeito fala em transparencia acaba logo com essas indicacoes de pessoas nos setores administrativos, sendo indicado por vereadores

Deixe uma resposta

Fechar Menu