Opiniões

Aberta ao público, sessão de cinema hoje na Faculdade de Medicina

 

Aberto ao público FMCine abre hoje suas atividades com a exibição e debate de “Amour”, longa francês do diretor austríaco Michael Haneke e Oscar de melhor filme estrangeiro de 2012

 

 

Dentro da proposta institucional de trazer humanismo para o ensino de Medicina, várias ações culturais são implementadas para fazer com que o estudante esteja próximo das reflexões necessárias para se tornar um profissional mais consciente do seu papel para com a sociedade. Um desses projetos é o FMCine que terá início hoje (31) às 19h no anfiteatro da Faculdade de Medicina de Campos (FMC). Como uma responsabilidade social da instituição, a mostra de cinema é aberta a toda comunidade gratuitamente. A exibição dos filmes que será mensal, tem a proposta de fazer uma interlocução com a saúde, tendo ao término de cada sessão um bate papo com um profissional que instigará as discussões levantadas pelos filmes.

O primeiro filme selecionado para exibição é Amour, que mostra as dificuldades nas relações amorosas na terceira idade. A obra cinematográfica, que venceu na categoria de Melhor Filme Estrangeiro do Oscar de 2012, conta a história de um casal octogenário que vê o seu amor testado pela doença. Amour foi realizado pelo austríaco, Michael Haneke, e tem como personagens principais Emmanuelle Riva, Jean-Louis Trintignant e Isabelle Huppert.

A obra cinematográfica explora uma realidade cada vez mais comum e que está irremediavelmente ligada ao ser humano: o envelhecimento. Numa sociedade onde a esperança de média é cada vez maior, ouvimos falar com frequência de tópicos como doenças generativas, eutanásia ou abandono dos idosos. O filme destaca esta temática num retrato tão pormenorizado que chega a ser doloroso. Em suma, o filme funciona como uma visão emotiva e lúcida não do momento exato em que deixamos de respirar, mas de todo o processo da morte em si.

Para debater o assunto, a FMC convidou o médico geriatra Luís Fabiano Cabral Rios e a psicóloga Denise Ribeiro Barreto Mello. Os dois profissionais têm longa trajetória de atuação no universo da terceira idade.

“A mostra FMCine visa apresentar filmes que ilustrem aspectos relevantes da relação entre cinema e medicina. A variada temática dos filmes que será apresentada na mostra, ajudará a uma reflexão quanto a figura do médico como cientista, ser humano e ser social”, disse o Diretor Geral da FMC, professor Edilbert Pellegrini Nahn Junior.

 

Da assessoria

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu