Campos dos Goytacazes,  21/10/2017

 

por Aluysio Abreu Barbosa

Alexandre Bastos — Fanatismo rosáceo e a profecia do fim do mundo

 

Rosinha e Dorothy

Em artigo publicado (aqui) no jornal “O Globo”, o cineasta José Padilha lembrou que, na década de 1950, três sociólogos americanos entraram para um culto que previa o fim do mundo para o dia 21 de dezembro de 1954. O culto se baseava nas palavras sagradas da “profeta” Dorothy Martin, que recebia mensagens psicografadas. Segundo Dorothy, suas mensagens vinham do planeta Clarion. Os habitantes deste planeta teriam dito que um disco voador viria à Terra à meia-noite do dia 20 de dezembro de 1954, e que salvaria as pessoas que seguissem as orientações de Dorothy.

E, como existem muitas pessoas dispostas a acreditar no impossível, muitos abandonaram seus empregos e cursos universitários para esperar o fim do mundo. Teve até gente que deixou a família para se juntar a Dorothy. Foi assim que, no dia 20 de dezembro de 1954, um grupo se reuniu na frente da casa de Dorothy Martin, em Chicago, para esperar uma nave espacial que viria à Terra buscá-los. Na hora marcada, após muita ansiedade, não apareceu disco voador algum. Mas o que Dorothy disse nesse momento? Rápida, ela simulou um desmaio e depois escreveu uma carta com uma nova mensagem do espaço. Segundo a carta, os alienígenas desistiram de passar pelo local porque a terra foi salva pela fé daquelas pessoas.

Os três sociólogos americanos atribuíram a relutância dos seguidores de Dorothy em aceitar a realidade a um fenômeno psicológico denominado de dissonância cognitiva. Eles optaram por negar a verdade a sofrer a vergonha de ter que reconhecer o erro que cometeram, mesmo que, para isso, precisassem criar explicações absurdas.

E o que esse caso tem a ver com a nossa planície goitacá? Por aqui, a ex-prefeita Rosinha Garotinho, que nunca psicografou cartas do planeta Clarion, consegue reunir seguidores em frente a sua residência para “lutar contra injustiças”. Para os seguidores, o ex-governador Garotinho é um pobre coitado perseguido por poderosos.

Os seguidores não acreditam em prejuízo de R$ 11 milhões no escandaloso esquema da Chequinho, em de R$ 12 milhões disponibilizados pela Odebrecht, rombo de R$ 400 milhões na PreviCampos, e uma dívida de R$ 2,4 bilhões deixada para atual gestão. Eles preferem repetir o mantra da perseguição e ignorar a presença do líder em escândalos como Lava Jato, Chequinho e caso JBS. Ou seja, são inúmeras denúncias e ele é inocente e perseguido em todos os casos. Mas pensando bem, a comparação com o caso Dorothy Martin é um pouco exagerada. Afinal, é mais fácil acreditar que os alienígenas irão passar por aqui do que aplaudir o teatro rosáceo.

 

Compartilhe:
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • PDF
  • Technorati

3 comments to Alexandre Bastos — Fanatismo rosáceo e a profecia do fim do mundo

  • Eu posso ate esta enganado mais o negocio de Garotinho e poder,Arnaldo ,Abdu e Pudim e outros mais romperam com Garotinho mais nenhum deles acusaram ele de roubo de dinheiro publico,eu estou esperando voces mostrarem as mansoes, as fazendas as joias e as contas milionarias aqui e no exterior de Garotinho e sua Familia, mostre e prove que eu quero ver,brincar com o sofrimento de uma familia em um momento como esse e muinta maldade.eu nao tenho nenhum vinculo de aproximacao nem com ele e nem com seus familiares

  • Marcos Paulo

    Tuuuudooo isso, sobre esses rombos, sei que é verdade, rafael entrou sabendo. O que não dá é rafael diniz fazer campanha para os pobres e governar para os ricos de Campos… Tá patetica a sua administração a frente da PMCG. Rosinha que nunca foi a chefe de fato, fez melhor do que rafael diniz. Eu já começaria pela secretaria de felipe quintanilha e colocaria a “janus” no lugar… Rs. Que fase Campos… eee Campos…

  • Se houve queda na arrecadacao do municipio esse ano eu concordo, mas durante o mandato do governo de Rosinha nao foi diferente, agora permitir que a enel faca corte de energia ai ja e demais.sem falar no investimento que vem sendo feito no esporte, e o pessimo exemplo de quem os jovens deveria se espelhar, foi noticia em capa de jornal em ocorrencia policial em Rio das Ostras

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>