Campos dos Goytacazes,  13/12/2017

 

por Aluysio Abreu Barbosa

Empresas de ônibus de Campos pregam a contramão da ilegalidade

 

Vazio da greve dos ônibus de ontem (09) publicada como foto principal da capa de hoje (10) da Folha da Manhã (Foto: Rodrigo Silveira)

 

 

Na contramão da legalidade

Por José Maria Matias (*)

 

O serviço regular de transporte de passageiros de Campos vem enfrentando graves dificuldades em consequência de práticas ilegais e irresponsáveis intensificadas nos últimos três anos. Ações que comprometeram a saúde financeira das empresas legalmente instituídas e que colocam em risco o serviço prestado à população.

Apesar dos colossais obstáculos impostos — como a atuação das lotadas e a tarifa defasada —, as empresas de ônibus tentam sobreviver e garantir o serviço à população, sem incentivo econômico do poder público, a exemplo da Auto Viação São João, que para participar da licitação do setor fez um alto investimento, refletido principalmente na aquisição de mais de 60 ônibus, custo que vem sendo pago mensalmente pela empresa, juntamente com as demais despesas, como a folha de pagamento e combustível, indispensáveis para a sua atuação.

A contrapartida, no entanto, não foi cumprida. Apesar de atender a todas as exigências, a empresa tem seu serviço comprometido pela invasão de lotadas nas ruas da cidade, que impõem uma concorrência desleal e cuja atuação é irresponsável, criminosa e não traz qualquer benefício ao município. Há a (pertinente) cobrança da sociedade por um serviço de qualidade, porém, as empresas não encontram ambiente salubre para trabalhar. O transporte pirata se estabeleceu na cidade de Campos como o câncer do setor de transporte de passageiros e do trânsito.

Ninguém sai ganhando com o comprometimento da saúde financeira das empresas, nem no setor de transporte nem em qualquer segmento. As empresas perdem com o acúmulo de dívidas, a população perde com a queda na qualidade dos serviços, os funcionários perdem com o atraso no pagamento dos salários e o município perde com o estabelecimento da ilegalidade, falta de arrecadação e desemprego.

Em tempo: Antes mesmo da realização da licitação no setor de transporte, a Prefeitura estabeleceu o Programa Campos Cidadão — mantido entre 2009 e 2017 —, um benefício oferecido à população em forma de subsídio de parte do valor da passagem de ônibus. As empresas, entretanto, apenas passaram a receber do governo municipal o valor que antes era pago à vista pelo usuário no ato da prestação do serviço. Portanto, não houve qualquer benefício direcionado às empresas de ônibus e sim aos cidadãos inscritos no programa. Se houve qualquer irregularidade no período de validade do programa, deve ser apurada e os responsáveis punidos. O que não pode ocorrer é a generalização ao se apontar (aqui) ilegalidades.

 

(*) Proprietário da Auto Viação São João

 

Publicado hoje (10) na Folha da Manhã

 

Compartilhe:
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • PDF
  • Technorati

7 comments to Empresas de ônibus de Campos pregam a contramão da ilegalidade

  • Cade o servico de inteligencia da seguranca para fazer uma investigacao seria, e tirar de circulacao e punir severamente todos aqueles que estao fora dos padroes estabelecidos do IMTT

  • José Geraldo

    Exatamente o que venho dizendo desde 2012…2014…2016 e 2017.
    Impossível manter qualquer negócio om preços controlafos irresponsavelmente pelo município.
    Além da concorrência ilegal e patrocinada pelo próprio Município com o.transporte das VANS, regulares e irregulares…

  • Alex

    Todo mundo sabe que o chefao que controla o transporte irregular É GAROTINHO… E O PIOR NINGUEM FAZ NADA !

  • Marcos Paulo

    Legal deve ser ficar 3 meses de salarios atrasados. Cara de pau deste empresario… eee Campos…

  • roberto campos

    Atrasar o salário do trabalhador por três meses não é uma ilegalidade?

  • E muinto facil resolver o problema do transporte em Campos, deixe a 1001 assumir eu nao dou um mes para esta tudo dentro dos conforme,tudo que vem ocorrendo de ruim nesta cidade a culpa e de Garotinho, e nao do atual prefeito que ate hoje nao conseguiu mostrar a populacao sua metra de governar

  • Tudo de ruim que acontece em Campos foi obra de Rosinha Garotinho, eles fizeram a ponte Leonel de Moura Brizola, o CPOP, a Cidade da Crianca,mais os que mais criticam sao os mesmo que desfrutam dessas obras construidas no governo passado.Estao querendo fazer com Garotinho, a mesma coisa que fizeram com Luis Gordo nos anos 80 todos os crimes que acontecia na cidade Campos ele era o mentor ou culpado,E as meninas de Guarus que nao vejo ninguem fazer comentario

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>