Campos dos Goytacazes,  13/12/2017

 

por Aluysio Abreu Barbosa

Lula em entrevista exclusiva nesta quarta ao Grupo Folha

 

Entrevista exclusiva do Grupo Folha com o ex-presidente Lula, na manhã de hoje (06), no hotel Ramada (Foto: Diomarcelo Peçanha)

 

 

Entrevistei na manhã de hoje (06), no hotel Ramada, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), pré-candidato e líder em todas as pesquisas na corrida ao Palácio do Planalto em 2018. A entrevista foi transmitida ao vivo no programa Panorama Continental, da Rádio Continental, do Grupo Folha, apresentado pelo radialista Cláudio Nogueira. Simultaneamente, foi trasmitida em lives na página oficial de Lula no Facebook e no Folha 1, portal da Folha.

Lula veio a Campos para participar de um comício, na noite de ontem (05), na Praça do Liceu, que teve cerca de 2 mil presentes, com direito a uma minoria barulhenta de militantes do também pré-candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSC, de mudança para o PEN, que mudará de nome para Patriota). Depois da entrevista da manhã de hoje, o ex-presidente foi para um evento no Instituto Federal Fluminense (IFF), de onde seguirá com sua caravana ao município fluminense de Maricá.

Sem contar políticos circunscritos a Campos e região, já tive a oportunidade de entrevistar alguns líderes ao longo de 28 anos de jornalismo: Leonel Brizola, Fernando Henrique Cardoso, Moreira Franco, Marcello Alencar, Anthony Garotinho, Rosinha Garotinho, Sérgio Cabral, Luiz Fernando Pezão, Jorge Picciani, César Maia, Fernando Gabeira e Lindbergh Farias. Mas devo confessar que raras vezes fiquei diante de um entrevistado tão espirituoso e com a capacidade de tratar de temas complexos como questões do cotidiano, na fluidez de um papo informal. Em termos de carisma, no cara a cara, só o compararia a Brizola.

De tudo  que falou na entrevista, mesmo diante das perguntas mais difíceis, como a sua condenação pelo juiz federal Sérgio Moro na Lava Jato, cujo recurso teve julgamento recentemente antecipado pelo Tribunal Federal Regional da 4ª região (TRF-4) para março ou abril, o mais importante do que Lula disse, para mim, foi:

— Como você vai encontrar paz se você está estimulando o ódio, se você está estimulando a disseminação do preconceito? (…) Eu sonho, na verdade, que a gente possa restabelecer a paz neste país. As pessoas têm que aprender que a gente pode ter divergência, que a gente pode não concordar, (mas) que o vascaíno possa ver o jogo sentado ao lado do flamenguista (…) e ir para a casa e tomar uma cerveja juntos, sabe? Sem precisar brigar! (…) A quem interessa essa briga?

Por fim, devo registrar aqui, publicamente, o agradecimento ao presidente do PT em Campos, o petroleiro Rafael Crespo, bem como ao senador petista Lindbegrh, fundamentais à realização da entrevista. Sem nenhum juízo de valor, além daquele externado nas perguntas, peço desculpas por alguns risos desavexados causados pelas tiradas de Lula.

Sem mais delongas, confira abaixo a íntegra da entrevista de quase 41 minutos:

 

 

 

 

Confira a transcrição da entrevista na edição de amanhã (07) da Folha da Manhã

 

Compartilhe:
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • PDF
  • Technorati

17 comments to Lula em entrevista exclusiva nesta quarta ao Grupo Folha

  • Marcos Caldeira

    Em breve vc o vai entrevistar na cadeia.

  • Wagner Cancio

    BOLSONARO 2018!

  • Jaci Capistrano

    Ladrão comunista seu lugar é na jaula.

    Bolsonaro 2018!

  • MARCOS SARMET MOREIRA DE BARROS SALOMÃO

    Belíssima entrevista Aluysio, com perguntas francas e espaço para o Lula responder diretamente. Fugiu do que se vê atualmente e quebrou esse clima de Fla x Flu, de entrevistas em que o jornalista quer julgar e projetar uma imagem determinada ou de entrevistas adesistas! Parabéns pelo trabalho!

  • Sandra

    Entrevistou um criminoso!! Espero que a próxima entrevista seja no Presídio!! Que vergonha!!

    • Aluysio Abreu Barbosa

      Cara Sandra,

      Como são as coisas, não? Tenho orgulho! No verso de Manoel de Barros: “O mundo é sortido, Senhor, como dizia meu pai”.

      Grato pela participação!

      Aluysio

  • Bonini

    Interessante ele falar em paz enquanto os representantes dele insultam os opositores até mesmo minutos antes desse comício.

  • NHOCK

    ESTÁ AÍ O MAIOR RESPONSÁVEL PELA QUEBRA DA PETROBRAS…POR CAUSA DELE PERDEMOS A PRL; ABONOS; AUMENTO REAL NO SALÁRIO, AVANÇO DE NÍVEL, ETC…AÍ A SUA MAIONETE DILMA É EXPULSA DA PRESIDÊNCIA E TEMER QUE ENTRA PELA “JANELA” E ESTÁ ACABANDO DE RASGAR A PETROBRAS! SÓ JESUS NA CAUSA!!
    EM 2018 VAI TER ELEIÇÃO E AINDA TENHO UMA PONTINHA DE ESPERANÇA NESSE PAÍS, É SÓ TER MAIS ATENÇÃO NA HORA DE VOTAR, PORQUE VOTAR EM LULA É DEIXAR O NOSSO BRASIL NA PIOR, É SERMOS BURRO DEMAIS! VAMOS A LUTA NO PRÓXIMO ANO E VOTAR EM QUEM REALMENTE QUER MUDAR O NOSSO BRASIL, QUE ESTÁ NO FUNDO DO POÇO!
    FELIZ É A NAÇÃO, CUJO DEUS É O SENHOR!

  • Carlos E de Rezende

    Ao Grupo Folha, realmente a entrevista foi excelente e deu a oportunidade do Ex-Presidente falar um pouco sem ser criminalizado como acontece todos os dias.
    Carlos E de Rezende

  • Joel Leal Ferreira

    Lula só Lula em 2o18. Parabéns Aluísio pela entrevista.

  • Sandra

    Cadê meu comentário?

  • EDMAR

    Caro Aluysio parabéns pela entrevista,muitos podem não entender o trabalho de um jornalista que assim como um advogado as vezes tem que submeter-se ao que há de mais baixo.Entretanto discordo quando você afirma em uma resposta que” os insultos foram de ambos os lados ” ocorre que o lado do mar de lama vermelho só havia pessoas vindas de sua caravana ,pessoas pagas por 10 reais como ficou provado numa live com um senhor usando uma camisa da CUT,de Campos la na praça só havia você e mais meia duzia de gatos pingados.Os campistas estavam enfrente a câmara municipal gritando LULA LADRÃO !

    • Aluysio Abreu Barbosa

      Caro Edmar,

      O papel de um advogado é defender. O de um jornalista, sobretudo numa entrevista, é indagar. Se a feita com o ex-presidente teve algum mérito, foi o de não confundir indagação com inquisição. Sem nenhuma submissão à defesa ou ao ataque de quem já montou uma história na cabeça e busca na realidade apenas aquilo que a confirme.

      Por falar em realidade, sim, estive no comício de Lula na noite de terça, na praça do Liceu. E passeei pelos dois lados, constatando sem dificuldade que, entre os simpatizantes do líder petista, havia mtas pessoas ali por vontade própria, em defesa do que acreditam, como deve ser na democracia. Dizer o contrário, como afirmar que partiram de apenas um lado os insultos trocados às margens do cordão de isolamento da PM, é discordar não de mim, mas da verdade.

      Grato pela parabenização!

      Aluysio

  • EDMAR

    Nesta entrevista que repercutiu nacionalmente o Ex presidente Bandido Lula da silva disse algumas frases emblemáticas :
    “O mercado precisa aprender a viver com o trabalho da nação”, diz Lula – Ocorre que o PT o PMDB o PSDB e outros partidos tem que aprender que não se deve mexer no dinheiro da nação que é sagrado para saúde,educação…
    “Acho que Moro é surdo e não ouve o que eu falo”, diz Lula – Ocorre que o Exmo Dr.Juiz Sergio Moro te escuta mais ele não segue as palavras de um BANDIDO ele prefere escutar e seguir as provas que o condenaram e muito em breve o colocará atrás das grades.

  • Sileno Martinho

    Parabéns Aluysio pelo pioneirismo e pela repercussão nacional da entrevista. Independente de corrente política, conhecer o que pensa nossa classe política é fundamental, pois esclarece e facilita as escolhas da população. Este é um papel relevante da comunicação, abrir as mentes através da informação qualificada.
    Abraços
    Sileno Martinho

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>