Opiniões

O Globo: racha de Crivella e Garotinho após entrevista de Índio à Folha

 

Crivella, Índio, Garotinho e Clarissa (Montagem de Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

 

No último dia 6 de agosto, a Folha da Manhã publicou (aqui) uma entrevista de duas páginas com Índio da Costa (PSD), deputado federal e então secretário municipal do governo Marcelo Crivella (PRB) na cidade do Rio. A manchete foi uma declaração contundente do entrevistado:

— A política de Garotinho é manter o pobre na pobreza.

No mesmo dia (06), também deputada federal e então secretária de Crivella, Clarissa Garotinho (Pros) usou as redes sociais para (aqui) atacar Índio e defender o pai. Ela fustigou o colega no governo da cidade do Rio:

—  Índio, se você pensa tudo isso do Garotinho por que foi buscar o apoio dele na sua derrotada eleição para prefeito do Rio?

No dia seguinte (07/08), quem também repercutiu a Folha da Manhã foi (aqui) a revista Veja. Em nota assinada pelo jornalista Gabriel Mascarenhas, a coluna Radar Online tratou da entrevista de Índio e da reação de Clarissa. A abertura foi bastante irônica:

— Marcelo Crivella parece não ter conseguido levar a paz de Cristo para dentro da Prefeitura.

Passou-se mais um dia e, em 8 de agosto, quem também repercutiu a polêmica iniciada na Folha foi (aqui) o jornal carioca O Dia. Em sua coluna Informe, trouxe a resposta de Crivella às farpas trocadas entre seus então secretários:

— Lamento que antecipem o processo eleitoral — disse o prefeito do Rio, se referindo ao fato de que Índio e Garotinho já tinham anunciado suas pré-candidaturas a governador do Estado, em outubro deste ano.

Passados quase 10 meses, quem hoje trouxe o assunto de volta à tona foi outro grande jornal carioca, O Globo. Em matéria assinada pelo jornalista Thiago Prado e intitulada “Racha entre os clãs Crivella e Garotinho”, a entrevista de Índio à Folha foi novamente citada. A partir dela, diz o jornal carioca, “Índio passou a se cacifar como candidato a governador de Crivella”.

A reportagem de O Globo segue relatando um encontro, em 6 de abril, entre Crivella, Garotinho, Clarissa e o senador Eduardo Lopes. O último é presidente estadual do PRB, ex-partido de Clarissa, e ganhou a vaga ao Senado aberta pela eleição de Crivella a prefeito. De acordo com o jornal:

— A reunião terminou e os presentes jamais estiveram juntos novamente.

Confira abaixo a reprodução da matéria d’O Globo:

 

 

Leia a cobertura completa na edição da Folha desta terça (05)

 

Este post tem um comentário

  1. ESSES GAROTINHOS SOMENTE ENXERGAM SEUS PRÓPRIOS INTERESSES E TODOS SABEM DESTA ESTÓRIA!!

Deixe uma resposta

Fechar Menu