Opiniões

Admirável mundo novo — Aberta a disputa ao título de babaca da Copa

 

A disputa pelo título de babaca da Copa está aberta. E, como na Rússia, ingleses e brasileiros também despontam como candidatos à final. Na capa do tabloide The Sun, jornalistas ingleses anunciaram (aqui) o Inglaterra e Colômbia com um trocadilho ligando o segundo país à produção de cocaína — da qual o primeiro é um dos maiores consumidores no mundo.

 

Após atuação brilhante contra a Argentina, o craque francês de origem africana Kylien Mbappé foi alvo de tuíte racista pelo youtuber brasileiro Júlio Cocielo

 

Mas não faltou quem se apresentasse à tabela com a cretinice. Após a vitória de 4 a 3 da França sobre a Argentina, quando o jovem craque francês Kylian Mbappé impressionou o mundo pela velocidade e habilidade do seu futebol, o jogador de ascendência africana mereceu o seguinte comentário do youtuber brasileiro Júlio Cocielo:

 

 

Cocielo possui 7,4 milhões de seguidores no Twitter, 11,2 milhões no Instagram e o Canal Canalha, mantido por ele no YouTube, 16,2 milhões. Acusado de racista pelo tuíte, ele o apagou e publicou um pedido de desculpas:

— O tuíte foi interpretado de mil formas diferentes e gerou uma enorme discussão. De qualquer forma, não existe justificativa, isso fez eu me sentir muito mal só de imaginar ter sido uma pessoa escrota. Arrependido e aprendido! Lição pra vida! Nunca mais se repetirá! (…) Peço desculpas publicamente.

Apesar do ato de contrição, internautas irritados pelo tuíte sobre o craque francês vasculharam os perfis de Cocielo nas redes sociais. E encontraram diversas outras postagens ofensivas feitas anteriormente. Em 2013, ele tinha escrito que só seria possível deixar de fazer piadas de negros caso eles fossem exterminados. No mesmo ano, falou que não faria vídeo sobre o Dia da Consciência Negra porque na cela não havia wi-fi.

 

Casamento dos youtubers Tata Estaniecki e Júlio Cocielo no luxuoso resort Barceló Bávaro Palace em Punta Cana, na República Dominicana. A festança de quatro dias foi bancada pelos milhões de seguidores do casal nas redes sociais

 

Por conta da polêmica, patrocinadores romperam seus contratos com o influenciador virtual. Foram os casos da Adidas, do banco Itaú e da varejista virtual Submarino. Para se ter uma ideia dos dividendos pecuniários que esse admirável mundo novo são capazes de render, Cocielo se casou em março com a também youtuber Tata Estaniecki, no luxuoso resort Barceló Bávaro Palace em Punta Cana, na República Dominicana. A festança durou quatro dias.

Ironicamente, os críticos do “politicamente correto” geralmente se identificam mais com o espectro político da direita. E as sanções que o youtuber politicamente incorreto recebeu pelo tuíte sobre Mbappé foi o mais capitalista possível: no bolso. Mais ou menos como os EUA, eliminados da Copa da Rússia pelo Panamá, costumam fazer com os países que não rezam em sua cartilha. A não ser que tenham ogivas nucleares e mísseis transcontinentais, como a Rússia e a Coreia do Norte. Aí, o mundo real se impõe.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu