Opiniões

Jorginho também sai, após Silvinho e Igor, e decreta fim do G-5

 

 

O vereador Jorginho Virgílio (PRP) também deixou o G-5. Após a saída oficial hoje dos edis Silvinho Martins (PRP) e Igor Pereira (PPS), anunciada aqui pelo Blog do Arnaldo Neto, o grupo perde também seu idealizador, cujo desligamento está sendo protocolado na Câmara por seu chefe de gabinete.

Foi na casa de Jorginho que o G-5 nasceu, antes mesmo da posse dos vereadores, como grupo parlamentar dito “independente”, mas de apoio ao governo Rafael Diniz (PPS). Jorginho disse que Silvinho chegou a ligar para ele hoje, antes de formalizar sua saída:

— Silvinho, por quem tenho muita consideração, me ligou antes de protocolar sua saída com Igor. Como Marcelo Perfil (PHS) também já tinha saído ano passado, o grupo deixa de ter objeto. Conversei ontem com Rafael e Marcão (vereador do PR, de mudança ao governo municipal) e rafirmei meu compromisso de apoio ao prefeito. Mantendo minha independência, como deve ser com o legislador, minha missão é tentar ajudá-lo a tirar Campos da talvez maior crise financeira da sua história.  — disse Jorginho.

Além de Perfil, Silvinho, Igor e Jorginho, o grupo também era composto dos vereadores Enock Amaral (PHS) e Marcos Bacellar (PDT), que entrou em novembro de 2017, quando o G-5 virou momentaneamente G-6. Hoje, com apenas dois, deixa de existir.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu