Opiniões

Arnaldo Vianna oferece apoio a Caio, que responde com foto de Rodrigo

 

 

Folha no Ar

Desde que entrou no ar em 28 de março, aniversário de Campos, entrevistando (aqui) o prefeito Rafael Diniz (PPS), o Folha no Ar tem sido uma referência na vida política da cidade. Sempre de 7h às 8h30 das manhãs de segunda a sexta, com um entrevistado ao vivo na Folha FM 98,3, o programa tem servido de caixa de ressonância às movimentações visando as eleições municipais de 2020, não só de Campos, mas também de São João da Barra. É tendência que vai se espraiar com a sequência. Quem já confirmou a presença no programa no início de maio foi a prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco (Pode).

 

Diversidade temática

Os entrevistados não são apenas políticos. A diretora presidente do Grupo Folha, Diva Abreu Barbosa (aqui); o historiador Aristides Soffiati (aqui); o delegado titular da 146ª DP de Guarus, Pedro Emílio Braga (aqui); e o bispo católico de Campos Dom Roberto Ferrería Paz (aqui), também já bateram ponto no programa matinal da Folha FM. E a diversidade temática continuará hoje, com o presidente da OAB-Campos, Cristiano Miller. Na quinta (11) será a vez do cientista político, sociólogo e professor da UFF George Gomes Coutinho, com a rodada semanal fechada na sexta, por Igor Franco, professor de Economia da Estácio.

 

No Folha no Ar de ontem, Arnaldo Vianna voltou a dizer que, para ter seu apoio, basta o filho procurá-lo  (Foto: Isaias Fernandes – Folha da Manhã)

 

 

Debate e silêncio

Iniciada com Rafael, a sequência seguiu movimentando o tabuleiro político da cidade. Além do prefeito, passaram pelo Folha no Ar o presidente da Câmara de Campos, Fred Machado (aqui, PPS); o deputado federal Wladimir Garotinho (aqui, PSD); o secretário municipal de Desenvolvimento Humano e Social, Marcão Gomes (aqui, PR); e o ex-prefeito Arnaldo Vianna (MDB), entrevistado (aqui) da manhã de ontem. O debate foi retroalimentado pelo jornal, que publicou outra entrevista de Arnaldo (aqui) no último domingo (07). O espaço plural só não foi aproveitado por Caio e Ilsan Vianna, que na segunda se negaram a falar sobre o que deles disse à Folha o pai e ex-marido.

 

Poucas horas após o pai oferecer-lhe apoio, Caio divulgou ontem uma foto com o deputado estadual Rodrigo Bacellar (Foto: Reprodução de Facebook)

 

 

Estranho hábito

Ontem, Arnaldo culpou Ilsan pelo silêncio de Caio. O ex-prefeito voltou a dizer que, para ter seu apoio político, basta o filho procurá-lo. Foi por não ter esse apoio que o jovem despencou na eleição a prefeito de Campos em 2016, que quer voltar a disputar em 2020. Se não falou à Folha sobre o que dele disse o pai, Caio deu outra resposta: em foto com o deputado estadual Rodrigo Bacellar (SD), publicada ontem nas redes sociais. Seu estranho hábito de só morar em Campos às vésperas de eleição, criticado por Wladimir e Marcão no Folha no Ar, foi ontem questionado no programa por Arnaldo. Seu filho só voltou a residir na cidade há um mês.

 

Ontem, Marcos Bacellar postou nas redes sociais uma foto com Brand Arenari, secretário de Educação do governo Rafael (Foto: Reprodução de Facebook)

 

Jogo jogado

Na política e na vida, alguns aprendem a lição. Outros, não. Entre os Bacellar, que nunca deixaram de fazer o dever de casa em busca do voto de quem pretendem representar, o pai e ex-vereador Marcos (PDT, mesmo de Caio) ontem também postou uma foto nas redes sociais, mas com o secretário municipal de Educação, Brand Arenari. Filho e hoje deputado, após ganhar notoriedade como advogado na soltura do empresário Fernando Trabach, Rodrigo também já tem entrevista marcada no Folha no Ar. No último sábado (06), ele visitou a Folha da Manhã. Acompanhava o presidente da Alerj, André Ceciliano (PT).

 

Retomada

O secretário de Saúde de Campos, Abdu Neme, afirmou que autorizou ontem a retomada de cirurgias bariátrica pela rede pública. O procedimento estava suspenso no município desde 2015 devido a interrupção no convênio entre a Prefeitura com os hospitais credenciados, por falta de pagamento. Segundo Abdu, a obesidade acarreta uma série de problemas de saúde, como diabetes e doenças cardiovasculares, e a cirurgia de redução de estômago pode auxiliar na prevenção dessas doenças e fornece mais qualidade de vida para as pessoas. O anúncio foi feito em entrevista ao Folha no Ar 2ª edição, sempre entre 17h30 e 19h, na Folha FM.

 

Equipamentos

Ainda na entrevista, Abdu Neme ressaltou que hoje irá entregar 10 respiradores novos ao Hospital Ferreira Machado (HFM). Os equipamentos têm a função de bombear ar aos pulmões e possibilitar a sua saída de modo cíclico para oferecer suporte ventilatório ao sistema respiratório. Há 20 dias à frente da secretaria da pasta que absorve mais demandas para governos em todas as esferas, Abdu tem demonstrado fazer um trabalho mais prático e eficiente, como não era visto na Saúde da gestão do prefeito Rafael Diniz até então. Não é à toa que o novo secretário declarou que é preciso “trabalhar um dia por três”.

 

Com Mário Sérgio

 

Publicado hoje (10) na Folha da Manhã

 

Este post tem um comentário

  1. Campos ganhou muito com Dr Abdul neném uma pessoa incrível humano vai olhar muito pelo hospitais !!

Deixe uma resposta

Fechar Menu