Opiniões

Apoio de Ceciliano a Rodrigo na Feijoada da Folha reforça 3ª via a prefeito de Campos

 

Apesar do abraço em Gil Vianna, o presidente da Alerj, André Ceciliano, disse na Feijoada da Folha que vai caminhar com Rodrigo Bacellar na eleição a prefeito de Campos em 2020 (Foto Rodrigo Silveira – Folha da Manhã)

 

No último domingo (26), o presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), declarou sobre as eleições de 2020 a prefeito da cidade que visitava na Feijoada da Folha: “Tenho uma relação muito boa também com Gil Vianna (PSL), com Wladimir (Garotinho, PSD), mas vou seguir em Campos o Rodrigo Bacellar (SD)”. A matéria foi publicada aqui, ontem (28) no Folha1, em meio a depoimentos de várias outras lideranças políticas reunidas no evento. E no mesmo dia foi repercutida e linkada por Rodrigo nas redes sociais.

Após declarar em 2 de maio (aqui) que “NUNCA me lancei candidato a nada, e desafio qualquer jornalista a me mostrar uma fala minha nesse sentido”, o apoio do presidente do Legislativo fluminense parece ter feito Rodrigo mudar de ideia. Haveria um acordo entre ele, o também deputado estadual Gil Vianna (PSL) e o ex-candidato a prefeito Caio Vianna (PDT), para definir até dezembro qual dos três se lançará a prefeito com apoio dos outros dois. A escolha seria feita por pesquisas de intenção de voto e trabalho para arregimentar legendas e montar nominatas.

O tal acordo, segundo Rodrigo detalhou hoje ao blog, teria sido montado uns 15 dias antes de uma foto dele com Gil e João Peixoto (DC) ser publicada nas redes sociais pelos três deputados, em 2 de abril. Dois dias depois, Gil negou aqui qualquer tratativa sua para 2020 que incluísse Caio, de quem foi candidato a vice-prefeito em 2016. Já sobre João Peixoto, em 27 de maio a coluna Ponto Final anunciou aqui sua aliança com o prefeito Rafael Diniz (PPS), pré-candidato à reeleição.

Mesmo sem João e Gil — que na Feijoada de domingo voltou a afirmar: “Estou muito animado, acho que está na minha hora para ser prefeito” — uma aliança entre Rodrigo e Caio poderia dar força à opção de terceira via na eleição a prefeito de Campos em 2020, para tentar driblar a polarização que se anuncia entre Rafael e Wladimir. Sobretudo com o apoio de Ceciliano ao filho do ex-vereador Marcos Bacellar (PDT). E se o filho do ex-prefeito Arnaldo Vianna (MDB), diferente de 2016, dessa vez conseguir manter o apoio do pai.

 

Este post tem 3 comentários

  1. Gil Viana e o nome certo a prefeitura de Campos carisma , inteligente , e conhece politica

  2. Na eleição passada eu dei dois palpites e deu resultado exato, para presidente e governador, agora eu vou dar mas dois palpites, para prefeito Wladimir ou Caio Viana, os demais é dar continuidade desse desgoverno Rafael Diniz.

  3. Eu quero parabenizar a folha que a anos faz um belíssimo trabalho de arrecadar alimentos, e fazer a distribuição dos mesmos as instituições de caridade da nossa cidade, que esse gesto de humanidade sirva de exemplo para outros empresários.

Deixe uma resposta

Fechar Menu