Opiniões

Rodrigo Bacellar fecha apoio do PV, de Magal e dispara: Wladimir é só o plano B do pai

 

Rodrigo Bacellar fechou o apoio em 2020 com o PV e Jorge Magal (Montagem: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

Deputado estadual, Rodrigo Bacellar (SD) fechou o apoio do PV à sua pré-candidatura a prefeito de Campos em 2020. Ainda que ele trabalhe uma aliança com o também pré-candidato Caio Vianna (PDT), o apoio verde foi fechado apenas ao parlamentar. Além do partido que em 2016 apoiou a eleição de Rafael Diniz (PPS), Rodrigo também terá o apoio em 2020 do ex-vereador Jorge Magal (PSD), que mantém muita força eleitoral na região de Guarus, mesmo depois de condenado na operação Chequinho.

O deputado estadual esclareceu que foi um equívoco a nomeação (aqui) ontem de Magal em Diário Oficial (DO), npara subdiretoria-geral de Recursos Humanos da Alerj.  A retificação deve ocorrer hoje: o ex-vereador na verdade será assessor parlamentar de Rodrigo, que como advogado o defendeu e inocentou das acusações criminais da Chequinho. Na eleitoral, Magal foi condenado e está inelegível até 2024, o que não o impede de atuar como cabo eleitoral em 2020.

Com capital político em Guarus importante em qualquer eleição municipal, Magal revelou que foi sondado por Rafael Diniz e pelo deputado federal e também pré-candidato a prefeito Wladimir Garotinho. Mas decidiu apoiar Rodrigo porque “ele pode ser estourado, mas sempre cumpre o que fala”.

Além de falar sobre os apoios que já amarrou a 2020, Rodrigo analisou o pronunciamento feito ontem na Câmara Federal por Wladimir, cobrando (aqui) a apuração de uma denúncia de suposto desvio de recursos do SUS na Saúde Pública de Campos:

— Está claro: Wladimir quer polarizar com Rafael.  Mas, pela boca do filho, quem fala é o pai. (Anthony) Garotinho (sem partido) não é mais protagonista do jogo político de Campos. E sabe disso. Na verdade, ele trabalha para tentar fazer de Rosinha (Garotinho, atual Patri) a candidata a prefeita do grupo deles em 2020. Mas todos sabem que ela está inelegível. E acho muito difícil que isso se reverta até o próximo ano. Wladimir é só o plano B do pai.

Rodrigo será o entrevistado desta sexta (7) do Folha no Ar. O programa ao vivo da Folha FM 98,3 vai ao ar das 7h às 8h45 da manhã. Nesta quinta (6), o convidado será Roberto Dutra, sociólogo e professor da Uenf.

 

Este post tem 2 comentários

  1. FINALIZANDO!! ALGUNS DESTES CANDIDATOS TEM AMOR A CAMPOS/RJ??????

  2. Todos estão temendo Wladimir e Caio na próxima eleição, o nome disso é desespero.

Deixe uma resposta

Fechar Menu