Opiniões

Após PV e Magal, Rodrigo Bacellar consegue apoio do PMB e vai nesta sexta à Folha FM

 

Presidente nacional do PMB, Suêd Haidar Nogueira, com o novo vice-presidente do partido em Campos, Evandro Louback, assessor de Rodrigo Bacellar (Foto: Divulgação)

 

Ontem, foi anunciado aqui que o deputado estadual Rodrigo Bacellar (SD) conseguiu o apoio do PV e do ex-vereador Jorge Magal (PSD) para sua pré-candidatura a prefeito de Campos em 2020. Hoje, ele conseguiu outro reforço à sua pretensão: o PMB no município passará a ser presididido por Beatriz Bacellar, prima do deputado, com Evandro Louback, assessor de Rodrigo, como vice-presidente. Este último esteve hoje no Rio para selar a aliança com a presidente nacional do PMB, Suêd Haidar Nogueira.

Sobre o apoio do PV, o vice-presidente estadual da legenda, Roberto Rocco disse que o acordo com Rodrigo “é um namoro avançado, mas ainda precisa esperar pelo noivado e o casamento das convenções no ano que vem”. Após o partido ter apoiado a eleição a prefeito de Rafael Diniz (PPS) em 2016, Rocco explicou que a renovação da aliança ficou difícil após o presidente dos verdes em Campos, Gustavo Matheus, romper com o governo municipal. Após ser secretário do Trabalho e Renda de Rafael, Gustavo saiu para se candidatar a deputado estadual e teve 2.364 votos.

Rodrigo Bacellar é o convidado desta sexta (07) do programa Folha no Ar, em entrevista ao vivo na Folha FM 98,3, a partir das 7h da manhã. Lá o deputado falará sobre suas alianças, sobre um acordo para 2020 que diz ter com os também pré-candidatos a prefeito Caio Vianna (PDT) e Gil Vianna (PSL), e sobre os ataque que ele e seu pai, o ex-vereador Marcos Bacellar (PDT), sofreram recentemente (aqui) do ex-governador Anthony Garotinho (sem partido) nas redes sociais de Campos.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu