Opiniões

Mãe de filho com paralisia cerebral trancada à luz do dia por carro, na praça São Salvador

 

Uma mãe que estaciona seu carro numa vaga reservada a portadores de necessidades especiais, tem que sair com seu filho acometido de paralisia cerebral, no horário da criança tomar o remédio, é impedida por um carro parado de maneira ilegal, procura o auxílio da Guarda Civil Municipal (GCM) e não encontra nenhum agente. Foi o que ocorreu no início da tarde de ontem (05), em plena praça São Salvador. A mãe filmou sua angústia e publicou em um grupo local de redes sociais, onde o vídeo viralizou e gerou vários comentários críticos.

Fruto da deseducação cotidiana do campista no trânsito, o caso seria passível de todo o rigor da lei. Mas está aparentemente isento, como tantos outros que se repetem diarimente na cidade, pela ausência do serviço público. Confira abaixo:

 

 

Atualização às 12h06 para incluir a resposta do poder público municipal: “A Guarda Civil Municipal informa que, diariamente, conta com quatro agentes de trânsito que atuam na praça São Salvador e nas ruas do Centro da cidade, sendo que os eles percorrem toda a área central e contam com o apoio de viaturas no combate às irregularidades. Nesse caso específico da reclamação, foi identificada ausência da Guarda no local devido à remanejamento para atuação em outro local dentro das necessidades de serviço. A Guarda Municipal conta com agentes de trânsito nas ruas das 07h às 19h. A Guarda Municipal volta a orientar motoristas para que respeitem a sinalização de trânsito e todos os espaços destinados à estacionamento. Situações como esta prejudicam o cidadãos e o motorista flagrado cometendo este tipo de infração recebe as sanções previstas em lei e acumula pontos na carteira de habilitação”.

 

Este post tem 6 comentários

  1. Toda vez que vejo um Guarda Municipal eles estão distraídos no celular.

  2. Toda na prefeitura e (trecho excluído pela moderação)! Começa pelo próprio prefeito

  3. Até 19h tem guarda na rua???? Qual cidade?

  4. Usando de toda sinceridade, não acredito mais nesta Guarda Municipal! Tenho encontrado nas poucas vagas existentes para idosos e deficientes as mesmas ocupadas sem a exibição no painel da “autorização”. Ligo para a Guarda Municipal e fico aguardando, nunca vão ao local. Foram tantas vezes que presenciei este triste fato, que agora já não tento mais, virei o típico “cidadão descrente”. O mesmo ocorre com a “poda de árvores”! Fiz um registro protocolado sob o nº 187/2019 em 29/04/2019 a respeito de uma árvore imensa prestes a desabar sobre a velha casa de minha irmã, até hoje, nada, e com a recente ventania pedaços perigosos vieram ao chão, por sorte caindo na rua, mas se por ali passasse um pedestre estaria morto. Resumindo, não acredito mais em nada relacionado a este (des)Governo Municipal.

  5. Depois que retiraram o ônibus que ficava na praça 24hs, até uma parte do chafariz foi destruída por vândalos. Não é só os guardas que ficam com celular os PMs também.

  6. A guarda não trabalha. Nunca trabalhou.

Deixe uma resposta

Fechar Menu