Opiniões

Pausa até o início de julho. Inté!

 

 

O dia de ontem foi muito produtivo no blog. No movimentado noticiário político da planície, sua lida se prestou aos versos “roceiros” de Manoel de Barros (1916/2014): “No clarear do dia vou para o roçado/ A capinar./ Até de tarde tiro o meu eito: arranco inços tranqueiras,/ joás e bosta de bugiu que não serve nem pra esterco”.

Hoje, por motivo pessoal, é o momento de fazer uma pausa. O blog ainda publicará o artigo da edição de domingo (09) da Folha. Depois, se Deus quiser, nos veremos no início de julho. Inté!

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu