Opiniões

Clarissa Garotinho: “Não é a primeira vez que estamos lutando contra tanta injustiça”

 

(Foto: Mariana Ricci – Folha da Manhã)

 

 

“Não é a primeira vez que estamos lutando contra tanta injustiça. Não somos covardes, vamos lutar pela liberdade deles e para que a justiça seja restabelecida”.

Essa foi a posição da deputada federal Clarissa Garotinho (PSD) sobre a prisão (aqui) na manhã de hoje dos seus pais, os ex-governadores e ex-prefeitos de Campos, Anthony (sem partido) e Rosinha Garotinho (Patri). A decisão foi da 2ª Vara Criminal de Campos, por denúncia de superfaturamento e recebimento de repasse de dinheiro de caixa dois da Odebrecht, vencedora de todas as licitações do Morar Feliz, no valor total de quase R$ 1 bilhão. A primeira delas, teve o resultado antecipado (aqui) em quase quatro meses pela Folha.

 

Confira a cobertura completa do caso na edição desta quarta (04) da Folha da Manhã

Este post tem um comentário

  1. É preciso confiar na justiça. Se houve crime, que paguem por isso. Se não houve, que sejam libertados. Mas é preciso entender que desviar dinheiro, mesmo que seja para dar aos pobres, é crime. Robin Hood pode ser amado e idolatrado, mas é bandido.

Deixe uma resposta

Fechar Menu