Opiniões

Gil Vianna: “Que todo o caso seja investigado e que a Justiça seja cumprida”

 

(Foto: Folha da Manhã)

 

“Como cidadão e como político, busco e acredito na Justiça do nosso país. Não irei, de maneira nenhuma, compactuar com corrupção ou algo que infrinja nossas leis. A vida política deve ser clara e trabalhada em prol do cidadão, nada além disso. Estarei ao lado da verdade e apoiando, sempre que for necessário, que todo caso seja investigado e que a Justiça seja cumprida”.

Foi como Gil Vianna (PSL), deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Campos, reagiu à prisão na manhã de hoje (aqui) de Anthony (sem partido) e Rosinha Garotinho (Patri), em decisão da 2ª Vara Criminal de Campos, por denúncia de superfaturamento e recebimento de propina no Morar Feliz. Nos oito anos do governo municipal Rosinha, o programa de casas populares custou quase R$ 1 bilhão aos cofres do município. Vencido pela Odebrecht, cujos ex-executivos denunciaram o casal Garotinho na Lava Jato, o resultado da primeira licitação do programa foi antecipado (aqui) em quase quatro meses pela Folha em 2009.

 

Confira a cobertura completa do caso na edição desta quarta (04) da Folha da Manhã

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu