Opiniões

Com Christino e Bené, emenda para novo campus da UFF-Campos tem 8 deputados

 

Ladeados pelos professores da UFF Alexandra Anatáscia e Roberto Rosendo, em pé, os deputados federais Wladimir Garotinho, Benedita da Silva e Talíria Petrone (Foto: Divulgação)

 

O apoio de mais dois deputados federais à emenda impositiva de bancada para a retomada e conclusão das obras do novo campus da UFF-Campos, na av. XV de Novembro, abandonadas desde 2015. Hoje os parlamentares Christino Áureo (PP) e Benedita Silva (PT) também fecharam seu apoio à iniciativa. Somados a Wladimir Garotinho (PSD), Chico D’Ângelo (PDT), Clarissa Garotinho (Pros), Alessandro Molon (PSB), Paulo Ramos (PDT) e Talíria Petrone (Psol), ouvidos aqui em matéria exclusiva, agora são oito deputados federais comprometidos com o projeto.

Os apoios de Christino e Benedita foram articulados por Wladimir e os professores Alexandra Anastácio Monteiro Silva, pró-reitora de graduação da UFF; e Roberto Rosendo, diretor da UFF em Campos. Os dois últimos foram à Brasília apresentar na Câmara Federal o projeto do novo campus da universidade federal à margem direita do rio Paraíba. O blog e a Folha tinham anunciado a apresentação aqui, desde a última sexta (27). Embora também tenha havido apresentações sobre propostas de emendas para o Exército Brasileiro (EB), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Colégio Pedro II, a da UFF-Campos foi a que mais atraiu interesse, sendo a única que gerou perguntas dos deputados.

— Nessa questão da UFF, eu me juntei aos demais deputados que têm conexão com o município e com a região. A intenção é conseguir os recursos necessários à conclusão da obra. Pode ser que não se consiga a totalidade nesse exercício (Orçamento da União de 2020), mas pelo menos uma parte significativa para tocar a obra. O objetivo é abrigar rapidamente esse contingente que hoje está estudando em contêineres, numa situação precária. A ideia é fazer com que todos nós possamos somar nessa direção. Eu ainda não defini o valor porque no momento estou discutindo vários outros projetos, com a minha cota de bancada e a minha cota individual. O valor não está definido, mas o que está resolvido é minha participação nesse grupo e o meu compromisso com a continuidade da obra — explicou Christino, natural de Macaé.

Assim como Christino, na disputa entre várias propostas de emenda de bancada, contas e lobbys estão sendo feitos entre os deputados federais fluminenses. O prazo de inscrição das emendas é o dia 24 deste mês. Segundo Wladimir, a intenção é fechar até a próxima semana a lista de parlamentares comprometidos com o novo campus da UFF-Campos. Se conseguir 10 deputados, pode garantir os R$ 45 milhões já no Orçamento da União em 2020, para concluir integralmente a obra. Caso contrário, o plano B é fatiar a emenda em R$ 30 milhões, que seria suficiente para terminar um dos dois novos prédios da UFF em Campos e a área comum.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu