Opiniões

IFF tem três candidatos a reitor na eleição de 11/12: Jefferson, Jonivan e Maurício

 

IFF terá como candidatos a reitor os professores Jefferson Manhães de Azevedo, Jonivan Coutinho Lisbôa e Maurício Gonçalves Ferrarez (Arte: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

Com a publicação hoje do edital de homologação das candidaturas a reitor do Instituto Federal Fluminense (IFF), começou hoje oficialmente a campanha eleitoral ao comando da instituição federal de ensino de Campos e região. Serão três candidatos: o atual reitor, professor Jefferson Manhães de Azevedo (1005323), e os professores Jonivan Coutinho Lisbôa (1000552), diretor de Extensão e Pós-Graduação do campus Campos-Centro; e Maurício Gonçalves Ferrarez (1185146), coordenador adjunto do curso de bacharelado em Engenharia de Controle e Automação. A campanha se estenderá até 10 de dezembro, com o pleito ocorrendo das 9h às 21h do dia 11.

Além do reitor, também serão eleitos os diretores dos 11 campi do IFF: Campos-Centro, Guarus, São João da Barra, Quissamã, Macaé, Itaperuna, Cambuci, Bom Jesus do Itabapoana, Santo Antônio de Pádua, Cabo Frio e Maricá. As três categorias da instituição — professores, técnicos e estudantes — têm o mesmo peso na votação: 1/3.  Mas como a instituição tem cerca de 20 mil alunos, 1.100 professores e 700 técnicos, o voto destes acaba tendo o maior peso unitário na divisão. O professor José Boynard, do Conselho Superior (Consup) do IFF, informou que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) dará apoio à eleição com as urnas eletrônicas nos locais de votação, além de inseminar as urnas e treinar os mesários.

O blog pediu na tarde de hoje uma declaração em resumo a cada um dos três candidatos a reitor do IFF. Jonivan e depois Jefferson enviaram suas respostas. Devido a um problema de contato, Maurício só pode se manifestar na tarde de sexta (08), sendo acrescido na postagem:

Jonivan Lisbôa

— Sou Jonivan Lisbôa, professor do campus Campos-Centro, e estou me candidatando ao cargo de reitor do IFF, após 26 anos de experiência como docente e coordenador, e oito anos como diretor, atuando nesse período na gestão da Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação. Acompanhei todas as transformações institucionais desde a época de Escola Técnica Federal de Campos (ETFC), passando por Cefet e atualmente Instituto Federal Fluminense (IFF). Minha candidatura tem o lema “Dialogar, Inovar e Evoluir”, representando uma gestão que ouvirá todas as instâncias da comunidade acadêmica e atores externos. E melhorará práticas e processos, para que os índices de governança atinjam níveis compatíveis com nossa tradição, permitindo assim a evolução da nossa instituição e a satisfação da nossa comunidade.

Jefferson de Azevedo

— São 30 anos de trabalho e aprendizado no IFF, como estudante, servidor técnico-administrativo e docente. Sou professor titular e doutor em engenharia de sistemas e computação. Como gestor público, ao longo de 19 anos, exerci as funções de Coordenação, Direção de Pesquisa e Pós-graduação e vice-direção geral do Cefet-Campos e a pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação do IFF. Eleito e reeleito diretor-geral do IFF Campos-Centro e, em 2016, eleito reitor do IFF. Como reitor, assumi a presidência do Fidesc, a coordenação do Centro Unesco/Unecov e da Câmara de Internacionalização do Conselho dos Reitores dos Institutos Federais. O que me credencia a pleitear mais um mandato para dirigir nossa casa não são as respostas que julgo ter e o que tenho a compartilhar profissionalmente, mas minha disposição para continuar a questionar, perceber o que pode ser um sonho comum ao nosso IFF e a nossa rede federal, no sentido de intervir na realidade social em qualquer ponto onde esteja um de nossos campi, referenciados pelas melhores experiências desenvolvidas no país ou pelos parceiros internacionais — disse Jefferson.

Maurício Ferrarez

— Iniciei carreira na instuição em janeiro de 1996 e, atualmente, exerço pela terceira vez o cargo de coordenador do Curso de Engenharia em Controle e Automação no campus Campos-Centro. Ao longo destes 23 anos, participei de forma ativa em todos os momentos da instituição, contribuindo para a melhoria dos processos. Entendo que a nova reitoria do IFF terá a missão de elevar a instituição a um novo patamar de gestão, por meio da utilização de ferramentas e práticas gerenciais mais modernas e eficientes. Além disso, é necessário ampliar a atuação do IFF na solução das demandas da região onde atua, seja por meio de parcerias com empresas ou atuando diretamente na sua região de atuação. Neste sentido, me coloco à disposição da comunidade, lançando algumas propostas de programas/projetos mas, acima de tudo, disposto a ouvir os anseios dos servidores e dos alunos, sendo estes o mais valioso bem e a quem devemos nossa maior dedicação — pregou Maurício.

Confira abaixo o edital de homologação das candidaturas a reitor do IFF, da sua Comissão Central Eleitoral, para o pleito de 11 de dezembro:

 

 

Atualizado às 21h13, para incluir a declaração de Jefferson Manhães de Azevedo

 

Atualizado às 16h18 de 08/11, para incluir a declaração de Maurício Gonçalves Ferrarez

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu