Opiniões

Roberto Dutra reage a André Ceciliano em Campos: PT do RJ é um PP de grife

 

 

“O PT do Estado do Rio de Janeiro é ridículo. É um PP de grife, como diz (o professor de filosofia da Universidade Federal de Juiz de Fora) Gustavo Castañon. Qualquer deputado estadual se acha no direto de desancar diretórios municipais, como fazem com o diretório de Campos, historicamente reduzido a apêndice de Garotinho (sem partido) e Arnaldo Vianna (PDT). O ‘Napoleão da Lapa’ definiu muito bem a agremiação como ‘partido da boquinha’”.

Foi o que Roberto Dutra, sociólogo, professor da Uenf e blogueiro hospedado no Folha1 (confira aqui), postou hoje (aqui) nas redes sociais. Ele reagiu à posição do presidente da Assembleia Legistlativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado André Ceciliano (PT). No último dia 15, durante a Festa de Santo Amaro, como a Folha revelou hoje (aqui), o líder petista declarou que caminhará na eleição a prefeito de Campos, em outubro, com quem seu colega deputado Rodrigo Bacellar (SD) apoiar. E, até aqui, tudo indica que apoiará o pré-candidato Caio Vianna (PDT).

Mesmo em viagem pela Alemanha, Roberto Dutra acompanhou a notícia da declaração de Cecicliano pela Folha. Assim como a reação (confira aqui) à posição do presidente da Alerj por petistas de Campos. Militante de esquerda, embora crítico ao lulopetismo e à pauta identitária, o professor da Uenf foi além em suas críticas contundentes ao PT. E também ao Psol:

— Lula que usa as prefeituras que o PT governa, como Maricá, para empregar seus parentes. Depois de Brizola, o Rio de Janeiro nunca mais teve esquerda popular e decente. O elitismo colorido do Psol obviamente não é nem esquerda, nem popular. Precisamos de uma alternativa progressista!

Confira abaixo o print da postagem de Roberto:

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu