Opiniões

Extra compara Pedro Henrique a prefeito de Campos com Witzel a governador

 

Em entrevista à Folha da Manhã (confira aqui) no último domingo (15), o juiz aposentado Pedro Henrique Alves deixou claro estar pensando seriamente no convite, feito (aqui) no dia 9 pelo deputado estadual Rodrigo Bacellar (SD), para disputar a prefeito de Campos. Hoje (21), a jornalista Berenice Seara, do jornal carioca Extra, não só disse que ele aceitou o convite, como comparou o magistrado campista ao governador Wilson Wiztel (PSC), que era juiz federal antes de entrar e vencer na eleição majoritária estadual de 2018.

Ouvido hoje, Pedro Henrique garantiu que ainda não se definiu. Mas revelou estar recebendo muito apoio de seus conterrâneos para aceitar. No SD pelo qual se lançaria, sua decisão é esperada para a próxima semana. O blog recebeu a informação de que ele teria recebido hoje a ligação de Witzel, por conta das notas hoje de Berencie.  Informação que o juiz aposentado negou, embora admita já ter conversado com o ex-colega de magistratura, sobre a possibilidade da pré-candidatura a prefeito.

Se Pedro Henrique aceitar o convite e tiver o apoio de Witzel, a quem elogiou bastante em sua entrevista à Folha, isso enfraqueceria a pretensão empresário Marcelo Mérida, presidente municipal do PSC e pré-candidato pelo partido a prefeito de Campos. Assim como o deputado federal Wladimir Garotinho (PSD), que em 10 de fevereiro revelou (relembre aqui) ao programa Folha no Ar 1ª edição, da Folha FM 98,3, que contava com a apoio do PSC em sua pré-candidatura à Prefeitura.

 

Este post tem um comentário

  1. Sem sobras de dúvidas, o discurso da negativa
    política, ainda encontra ecos no imaginário popular. Embora seus efeitos astronômicos, ocorrido no último pleito, dificilmente repetirá.

Deixe uma resposta

Fechar Menu