Opiniões

IFF entra na briga contra a Covid-19 com a produção de máscaras de proteção

 

Máscara de proteção produzida nas impressoras 3D do IFF para o combate à Covid-19 (Foto: Divulgação)

 

O Instituto Federal Fluminense (IFF) passará a produzir um dos equipamentos que os profissionais da saúde mais precisam neste período de pandemia da Covid-19: as máscaras de proteção. O primeiro lote de máscaras será doado à Prefeitura Municipal de Campos, para utilização no Centro de Controle e Combate ao Coronavírus (CCC) no prédio novo da Beneficência Portuguesa. “No momento, podemos produzir até 64 máscaras por dia, e o nosso objetivo é ajudar as unidades hospitalares, pois sabemos da falta de EPIs na área da saúde por causa da pandemia da Covid-19”, disse o diretor de Internacionalização e Inovação do IFF, Henrique da Hora,

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), fundamentais para que os médicos, enfermeiros e demais profissionais da área de saúde possam se prevenir contra os riscos de contágio no tratamento de pacientes com a Covid-19, serão produzidos pelo IFF por meio de impressoras 3D. O parque de impressão foi montado no campus Campos Centro do Instituto, que tem oito impressoras funcionando, podendo chegar a 11.

As máscaras serão fabricadas por servidores da instituição, com o apoio do Polo de Inovação do IFF na organização, operacionalização e manutenção das impressoras, e da empresa Sprint 3D, uma startup fundada pelos ex-alunos do Curso de Engenharia de Controle e Automação do Campus Campos Centro, Vinícius Parente e Thiago Pessanha, que surgiu no Polo de Inovação e é incubada na TEC Campos.

 

Com informações da assessoria do IFF

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu