Opiniões

Simec analisa contaminação de profissionais da saúde de Campos pela Covid-19

 

Na noite de ontem este Opiniões foi o primeiro a divulgar aqui que os dois novos casos de contaminação pela Covid-19 em Campos, que agora tem três casos confirmados, eram profissionais de saúde. E desde ontem o blog gerou a demanda de posicionamento ao Sindicatos dos Médicos de Campos (Simec), assim como ao Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj).

No início da tarde de hoje, o Simec se posicionou. Informou que “segue diligentemente monitorando a distribuição, e as devidas orientações sobre a utilização de equipamentos de proteção individual (EPIs)”. Mas que “até o momento, não recebeu denúncias da categoria sobre escassez das ferramentas nas unidades públicas de saúde”. E ressaltou que “após a confirmação de infecção por Covid-19 em profissionais da saúde que atuam em Campos, faz-se necessário reiterar a importância da adoção dos padrões de prevenção determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), com a finalidade de conter a escalada do coronavírus”.

Confira abaixo a íntegra da resposta do Simec, gerada pela demanda do blog:

 

 

O Sindicato dos Médicos de Campos (Simec), em prol da proteção dos profissionais da saúde e da população, segue diligentemente monitorando a distribuição, e as devidas orientações sobre a utilização de equipamentos de proteção individual (EPI), bem como o emprego de treinamento continuado para os profissionais da saúde atuantes no enfrentamento à pandemia do coronavírus Covid-19, no município. O Simec informa que, até o momento, não recebeu denúncias da categoria sobre escassez das ferramentas nas unidades públicas de saúde. O sindicato coloca-se à disposição dos profissionais para fins de quaisquer esclarecimentos e suporte pertinentes, e permanece orientando à categoria a realizar a adoção minuciosa de medidas para garantir, nesse momento de preservação a vida, a proteção de médicos, demais colaboradores que atuam nas unidades de saúde e pacientes.

Após a confirmação de infecção por Covid-19 em profissionais da saúde que atuam em Campos, faz-se necessário reiterar a importância da adoção dos padrões de prevenção determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), com a finalidade de conter a escalada do coronavírus.

Aos médicos e profissionais da saúde, que estão nas linhas de frente da batalha contra a Covid-19, o Simec recomenda o uso de EPI conforme a orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e para pessoas doentes e seus cuidadores, o uso de máscaras combinado com outras medidas de proteção, como lavar as mãos com água e sabão frequentemente, ou realizar a higienização com álcool gel 70° (INPM), e evitar levar as mãos ao rosto.

O Simec continuará monitorando a garantia no fornecimento de EPI, o treinamento adequado e extensivo (para todos os profissionais envolvidos) e a salvaguarda para os grupos de risco, com acompanhamento da passionalidade de dispensa dos serviços e ou realocação para áreas que não tenham contato direto com pacientes infectados.

 

 

Atenciosamente,

 

José Roberto Crespo de Souza Presidente

Deixe uma resposta

Fechar Menu