Opiniões

Com mais oito casos confirmados de Covid-19, Campos chega a 40

 

(Arte: Eliabe de Souza, o Cássio Jr)

Cresce a pandemia da Covid -19 em Campos, que chegou neste domingo (19) a 40 casos confirmados. Hoje (19) foram mais oito. Quatro são mulheres: duas profissionais de saúde, respectivamente de 52 e 54 anos, ambas sem comorbidade; uma idosa de 79 anos, diabética, hipertensa e obesa; e sua neta de 20 anos, sem comorbidade. E mais quatro homens: um de 37 anos, profissional de saúde, sem comorbidade; um de 59, hipertenso; um de 39, sem quadro de comorbidade definido; e um petroleiro de 41, obeso. Todos os oito novos casos estão em isolamento residencial.

Entre os 40 casos confirmados, quatro estão internados em estado grave. Três estão na UTI do Hospital Dr. Beda: um homem de 60 anos, sem comorbidade; outro de 31, com obesidade mórbida; e um senhor de 81 anos, que estava em tratamento de home care, marido da senhora de 79 confirmada hoje. A outra, na UTI da Unimed, é uma mulher de 58 anos, com doença cardiovascular e diabetes. Outros três casos confirmados apresentam quadro moderado da doença e estão em leitos clínicos. Entre os 45 suspeitos de Covid-19 em Campos há 10 internados na rede de saúde. Outros 35 tiveram a infecção pelo novo coronavírus descartada.

Por enquanto, a única morte confirmada da doença no município foi (confira aqui) o caminhoneiro Hudisson Pinto dos Santos, de 39 anos, casado e pai de dois filhos pequenos, morador do bairro da Penha. Ele veio a óbito na UTI do Centro de Controle e Combate ao Coronavírus (CCC) de Campos, no último dia 11, onde havia sido internado já em estado grave no dia 4. Médico intensivista do CCC, Vitor Carneiro garantiu (confira aqui) no programa Folha no Ar da última quinta (16), que todos os esforços foram feitos para tentar recuperar o paciente. Inclusive ministrando a ele cloroquina, droga apontada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como cura para a Covid-19. A morte de Hudisson pela doença só seria confirmada oficialmente ontem (confira aqui), pelo Laboratório Central Noel Nutels (Lacen), credenciado pela secretaria estadual de Saúde.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu