Opiniões

PM de Campos usa gás lacrimogêneo para dispersar ato antirracista no Pelourinho

 

Diferente de como reagiu às mainfestações bolsonaristas na cidade, PM de Campos hoje usou gás lacrimogêneo para dispersar ato antirracista no Pelourinho (Reprodução de vídeo)

No final da tarde de hoje, a Polícia Militar (PM) de Campos usou bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta para dispersar cerca de 15 estudantes que faziam uma manifestação antirracista de forma pacífica em torno do Pelourinho, símbolo da escravidão dos negros na cidade. Com máscaras de proteção e respeitando as regras sanitárias de distanciamento físico, por conta da pandemia da Covid-19, o ato foi inspirado nos protestos antirracistas que ganharam as ruas dos EUA e do mundo, após a morte do cidadão negro dos EUA George Floyd, de 46 anos, em 25 de maio, morto após ser sufocado pelo joelho de um policial contra o seu pescoço, mesmo algemado e deitado de bruços sobre o chão, pela suspeita de ter usado uma nota falsa de US$ 20 no comércio.

Em Campos, a atitude de força da PM tomada hoje na dispersão jamais foi adotada em várias manifestações promovidas em Campos por grupos bolsonaristas durante a pandemia. Que geraram aglomeração de muito mais pessoas, para levar às ruas pautas antidemocráticas como fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF). Além do pedido de reabertura do comércio, determinado por decreto municipal. Mesmo que as forças de Segurança Pública do município integrem o gabinete de crise para combater a Covid.

Comandante do 8º BPM, o tenente-coronel Luiz Henrique Barbosa confirmou a ação:

— Está proibido a aglomeração neste período de pandemia e não obedeceram a orientação da PM. Por isso tivemos que fazer o uso progressivo da força com emprego de armamento não letal.

 

 

Já em meio à pandemia, protesto bosonarista de 15 de março em Campos, com pauta antidemocráticas,  pedindo interevenção militar e o fechamento do Congresso e do STF, não sofreram repressão da PM (Foto: Genilson Pessanha – Folha da Manhã)

 

Indagado por que a mesma atitude de força não foi adotada em manifestações de grupos bolsonaristas na cidade, o oficial da PM discordou:

— Discordo, inclusive efetuamos prisões nos últimos atos.

Perguntado por que o uso de gás lacrimogêneo nunca foi adotado nas manifestações de direita, o comandante justificou:

— Isso são procedimentos operacionais de quem está na ponta no cenário das operações.

Um dos participantes do protesto, o estudante Gabriel omitiu seu sobrenome por segurança. Preferiu identificar-se pelo nome artístico de Kekere, adotado como poeta. Ele narrou a o protesto e a repressão da PM:

—  Marcamos o ato pelas redes sociais, de maneira apartidária, inspirados nos protestos antirracistas que acontecem nos EUA, na Europa e no mundo, desde a morte covarde de George Floyd. Éramos cerca de 15 pessoas, jovens entre 19 e 25 anos, à exceção de um senhor que foi com seu filho. Fizemos a concentração no Pelourinho, pois na praça São Salvador haviam duas viaturas da PM. Todos nós usávamos máscaras, alguns até luvas e distribuíamos álcool gel para todos. Primeiro, chegaram três PMs, vindos da praça, dizendo que as manifestações estavam proibidas. Dissemos a eles que estávamos cumprindo todas as determinações sanitárias. Assim mesmo vieram três viaturas, depois mais duas, e cerca de 15 PMs. Que chegaram gritando e atiraram bombas de gás lacrimogêneo sobre os nossos pés. Nossos olhos arderam muito, tivemos muito medo.

Secretário de Comunicação do PT de Campos, o universitário Gilberto Gomes fez ressalvas ao protesto, mas sobretudo à repressão da PM:

— A manifestação não teve a participação de partidos ou sindicatos. Nasceu de coletivos antifascistas e antirracistas da cidade. E ainda que eu não seja entusiasta dessas manifestações neste momento, por entender que favorecem a narrativa do governo Bolsonaro, não dá para não registrar a seletividade da PM de Campos. Nas manifestações antidemocráticas da direta, só acompanha ao longe, enquanto usa gás de pimenta e bombas de gás lacrimogêneo para dispersar manifestações de esquerda.

 

Confira no vídeo abaixo a ação da PM de Campos:

 

 

Este post tem 10 comentários

  1. As polícias militares mudaram de mãos e pouca gente se deu conta.

  2. As manifestações que apoiam Bolsonaro, goste-se ou não, não acabam em baderna e depredação.

    1. Caro Carlos,

      Deve ser. Bolsonaristas que no último dia 31 investiram contra as passeatas pró-democracia armados com um taco de beisebol escrito “rivotril”, como fez a senhora Cristina Rocha na av. Paulista, não é baderneira. Mascarada com a bandeira dos EUA, era só uma… “patriota”. E, lógico, uma… “cidadã de bem”.

      Grato pela chance da lembrança!

      Aluysio

  3. Kkkkk. Trabalhar ninguém quer!
    Comunista é uma raça de frouxo.
    Só rindo.

    1. Caro Marcos Caldeira,

      O socialismo real acabou com a queda de Muro de Berlim, em 1989, e a dissolução da União Soviética, em 1991. E não deixou saudade. Antes, porém, foi o maior responsável pela derrota da Alemanha de Hilter na II Guerra. Quando coube a quem vc chama de “frouxo” sacrificar 27 milhões de vidas para derrotar à bala o nazismo. Movimento este que foi recentemente resgatado pelo ex-secretário de Cultura de Bolsonaro, Roberto Alvim, e pela manifestação bolsonarista dos tais “300 do Brasil” diante do STF, na madrugada do dia 31.
      Um conselho? No lugar de só rir, experimente também ler.

      Grato pela chance de colocar as coisas no seu devido contexto!

      Aluysio

    1. Caro Marcelo Monteiro,

      A PM de Campos tem muito, muito valor. A despeito da subtração pela maneira truculenta e covarde que agiu na sexta contra 15 estudantes desarmados, que protestavan contra o racismo usando máscaras, álcool gel e, ao contrário das manifestações bolsonaristas da cidade, mantendo o distanciamento devido entre as pessoas. A nota desta ação policial foi consideravelmente menor que a sua média. Talvez próxima à nota falsa de US$ 20,00 que o cidadão negro dos EUA George Floyd era suspeito de ter passado no comércio de Minneapolis, quando mesmo depois de algemado e deitado de bruços sobre o chão, foi sufocado até a morte pelo joelho de um policial branco sobre seu pescoço.

      Grato pela chance do ajuste na contabilidade!

      Aluysio

  4. Isso é bem incoerente da polícia, pois como foi dito na reportagem os apoiadores de Bolsonaro em seus protestos não foram tratados de tal formo e com muito mais pessoas.
    Espero que a nosso polícia aprenda a respeitar protestos democráticos dois dois lado e saiba que em uma democracia a lei vale para todos , como houve protestos antidemocráticos aqui e não foram tolhidos da mesma forma.

  5. @bestado ou [email protected]?

    Manifestação da direita “facista” é uma reunião de apoio ao Presidente em que pessoas com várias opiniões do que gostaria que fosse feito manifestam o apoio. Estou vendo as condições para processar a pessoa que fez essa matéria que pôs a mim e a amigos como inimigos do país! Ademais, se tudo de fato corresponde ao que é dito, a PM exagerou e foi [email protected], pois temos sim o direito de manifestar e essas coisas do prefeito são ridí[email protected]

    1. Caro sem nome, IP: 172.69.3.167, comentarista das 21h40 de 06/06,

      Comentários anônimos e com ofensas pessoais não são aceitos neste ou em qualquer outro blog hospedado no Folha1. Mas no seu, a despeito da agressividade associada à covardia de não se identificar, farei uma exceção para reforçar publicamente algumas posições. Primeiro para esclarecer que quem chamou qualquer “manifestação da direita” de “fascista”, foi você, não o texto ou nenhuma das suas fontes. Como foi você, e só você, que chamou a PM de Campos de “[email protected]”.

      Quanto à sua disposição de processar o autor da matéria, como sou eu, por favor, seja meu convidado. Protestar para pedir intervenção militar, fechamento do Congresso e do STF, tem o caráter didático de revelar os verdadeiros inimigos do país. Como sentenciou Ulysses Guimaráes ao promulgar a Carta Magna em 1988: “Traidor da Constituição é traidor da pátria!”

      Grato pela chance dos esclarecimentos!

      Aluysio

Deixe uma resposta

Fechar Menu