Opiniões

PSL bate o martelo e fecha com Caio, mas dará nova vice: bombeira Gilmara

 

Candidato a prefeito de Campos pelo PDT, Caio Vianna terá como vice a sargento bombeiro Gilmara Gomes dos Santos, do PSL

 

O martelo do PSL foi batido na eleição a prefeito de Campos. O partido vai mesmo apoiar a candidatura a prefeito de Caio Vianna (PDT). A novidade é o nome que a legenda dará como vice na chapa encabeçada pelo pedetista. Será a sargento bombeiro e odontóloga Gilmara Gomes dos Santos. Ela entrou no lugar do tenente-coronel da PM Fabiano Santos, que chegou a ser lançado como candidato a prefeito na convenção do PSL do dia 15 (confira aqui), foi anunciado no dia 16 (confira aqui) como vice de Caio, em aliança que ficou sob risco no dia 21 (confira aqui).

— Gilmara é uma mulher que tem raízes na ética, comprometimento com a saúde das pessoas. Especialmente em uma cidade onde a maioria da população é composta por mulheres, esse é um grande momento. A Gilmara representa o empoderamento de todas essas mulheres, valoriza a chapa e, ativa e comprometida como é, vai ser um reforço importante à nossa gestão — apostou Caio.

— Minha expectativa é de ser um instrumento para mudanças. Trazer mais efetividade aos projetos para a população. O eleitor está cansado e decepcionado com a política e eu acredito que as pessoas se enxergam em mim por eu pensar da mesma forma e por eu ter vindo de uma origem humilde e vencido — lembrou Gilmara

— Ficamos em nosso propósito e vamos apoiar a candidatura de Caio Vianna a prefeito de Campos. Nosso amigo, o coronel Fabiano acendeu a paixão política, mas decidiu permanecer em sua carreira militar. Mas ele ficou feliz com o resultado, que trouxe uma mulher e uma militar, que tem o perfil do PSL, para ser candidata a vice-prefeita. Sob a minha coordenação em 18 municípios fluminenses, cabe destacar que o PSL tem quatro mulheres nas 10 candidaturas majoritárias que integra. Além da Gilmara em Campos, temos como candidatas a vice a Renatinha do Vôlei em Macaé e a Simone Capozi, em Bom Jardim. E a Branca Motta, como candidata a prefeita em Bom Jesus do Itabapoana — elencou o deputado federal Felicio Laterça, também delegado da Polícia Federal (PF).

 

Caio, Gilmara e Laterça na início da noite de hoje (Foto: Divulgação)

 

Além de Laterça, as negociações do PSL em Campos tiveram a participação do ex-vereador Nildo Cardoso, candidato a voltar à Câmara Municipal e presidente municipal da legenda, com o pedetista Caio Vianna. O partido que deu sua vice serviu para Jair Bolsonaro se eleger presidente em 2018. E conta hoje com 41 deputados federais no Congresso. Em Campos, o PSL tinha o deputado estadual Gil Vianna, morto precocemente por Covid-19 (confira aqui) em 19 de maio, como pré-candidato a prefeito para novembro. Gil foi o vice de Caio na eleição a prefeito de 2016.

Definida a sargento bombeira Gilmara com nome do PSL para compor a chapa de Caio em 2020, o tenente-coronel Fabiano, que já comandou o 8º BPM de Campos, informou que ele volta ao cargo de chefe do estado maior operacional do 6º Comando de Policiamento de Área (CPA), no Parque São Caetano.

 

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Fechar Menu