Opiniões

Liberal Cesar Maia e o papel protagonista da URSS na II Guerra

 

Palácio do Reichstag com a bandeira da URSS, conquistadora de Berlim, em 2 de maio de 1945 (Foto: Yevgeny Khaldei)

 

 

Em artigo publicado no último dia 19, fiz uma análise histórica sobre o papel protagonista que a ex-URSS teve na vitória sobre a Alemanha de Hitler, na definição da II Guerra Mundial (1939/1945) na Europa. Que foi feita em extensão a um debate nas redes sociais com um arrivista liberalóide de província. Que, sem nunca ter lido um livro sobre o tema, insistiu em negar o fato histórico com base em artigo buscado às pressas na prateleira sortida do São Google, além da mitologia sobre a II Guerra produzida pelo cinema de Hollywood. E que, com complexo de Jimmy Neutron, buscou vender como… ciência.

 

(Clique na imagem e leia o texto)

 

Além da boa acolhida que o artigo teve de leitura, inclusive de alguns historiadores da cidade, alguém de outra área, que não o leu, escreveu algo muito parecido sobre o mesmo tema na última sexta (25). Como o audiovisual também pode ser uma boa fonte de informação, se baseou no documentário “Libertação”, dirigido por Yuri Ozerov, produzido na URSS de 1971, esquecido nos anos 1980, mas recuperado e remasterizado nos anos 2000. Ao resumi-lo em seu ex-blog, o economista e ex-prefeito do Rio Cesar Maia (DEM) provou que nem todo liberal precisa ser um imbecil negacionista. Nem lançar sombra ideológica sobre fatos históricos em busca de holofote.

 

(Clique na imagem e leia o texto)

 

Sobre o papel protagonista da URSS na definição da II Guerra na Europa, leia aqui o artigo publicado no dia 19, na Folha da Manhã e neste blog. E aqui o que Cesar Maia escreveu seis dias depois em seu ex-blog, com algumas referências e conclusões muito semelhantes. A partir da leitura de ambos, tire as suas próprias.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu