Opiniões

Declaração de voto a vereador de Campos entre Edmundo, Uchôa, Thuin e Gilberto

 

Do meu tempo de vida, os melhores jogadores de futebol que vi atuarem foram Zico, Maradona, Zidane e Messi. Não necessariamente nesta ordem, coloco os quatro acima de todos os outros. Por motivos de memória emocional, no par ou ímpar, fico com Zico. Mas, dos anos 1980 para cá, se alguém afirmar que o melhor foi Maradona, ou Zidane, ou Messi, admito que o palpiteiro pode estar certo e eu errado. Certeza, só uma: para qualquer dos lados, não será por muito.

 

Zico, Maradona, Zidane e Messi (Montagem: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

A analogia vale à declaração do meu voto de vereador. Que a isto se resume, minha opção cidadã e pessoal, sem nenhuma influência na linha editorial deste blog e, sobretudo, da Folha da Manhã, do seu portal Folha1, ou da rádio Folha FM 98,3. Claro que há vereadores entre os atuais 25 que, no meu ponto de vista, merecem a reeleição. Entre os quais tenho amigos, critério que não define minha escolha enquanto eleitor. Mas citaria Jorginho Virgílio (DC), nº 27777, por sua independência e trabalho no comando da CPI do Fundecam.

Mas minha opção, diante da urna e de uma Legislatura no geral de pouco brilho, será pela renovação. E esta confluiu entre outros quatro nomes: o servidor federal Edmundo Siqueira (Rede), nº 18718; o policial federal Roberto Uchôa (Patri), nº 51456; o ex-presidente da Fundação Municipal dos Esportes Raphael Thuin (PTB), nº14000; e o estudante universitário Gilberto Gomes (PT), nº 13333.

Respeito as escolhas diversas. Mas creio que o trabalho de Edmundo na defesa embasada da cultura do município, o de Uchôa como especialista sério e gabaritado na área da Segurança Pública, o de Thuin em seu belo legado no esporte e paraesporte de Campos, além do potencial de Gilberto como jovem cabeça pensante da esquerda campista, aberta à autocrítica, mesmo a despeito de eu considerar o governo Dilma Rousseff desastroso, fizeram que a opção se definisse entre os quatro. Que poderiam ser cinco, se o jornalista Rogério Siqueira, do movimento negro e também da cultura, confirmasse sua candidatura a vereador pelo PSB.

 

 

Pelo aspecto pessoal da minha própria militância na cultura goitacá, desde os anos 1990, meu voto a vereador em 15 de novembro será do Edmundo Siqueira. Que, entre as opções listadas no início, obedece ao mesmo paralelo de escolha estabelecido incialmente entre Zico, Maradona, Zidane e Messi. Seja em suas áreas respectivas ou na política, Edmundo, Uchôa, Thuin e Gilberto não alcançaram e muito dificilmente alcançarão o mesmo patamar dos quatro gênios do campo. Mas não tenho dúvida que qualquer um deles, se eleito, baterá um bolão na Casa do Povo.

 

 

P.S. Antes que alguém pergunte, ainda não defini meu voto a prefeito. Certeza, só duas. A primeira? Será alguém que não minta sobre seus próprios erros e deficiências, que todos os 11 candidatos possuem. Como os têm os eleitores da natimorta “nova política”, baseados no “mito” de que políticos são filhos de chocadeira, não da sociedade que igualmente formam. Mas, sobretudo, será o candidato a governar Campos que não minta sobre o grave quadro financeiro que qualquer um deles irá encontrar em 2021. Que já afeta e continuará afentando diretamente a vida dos mais de 507 mil campistas.

Na dúvida, você, leitor, pode ter ciência da realidade aquiaquiaquiaquiaqui, aquiaqui, aqui, aquiaqui e aqui.

 

Este post tem um comentário

  1. Parabéns pela matéria!
    Vou de Jorginho Virgílio 27777 outra vez.

    O vereador que mais TRABALHOU nos últimos 3 anos e 10 meses.

    Tem bagagem e disposição!

Deixe uma resposta

Fechar Menu