Maia: qual a marca de Lula?

Porque os “burros instruídos” de lá são melhores que os daqui, segue abaixo a argumentação do ex-prefeito carioca César Maia, exposta em cinco pontos numa entrevista ao site IG e reproduzida hoje em seu ex-blog, para afirmar que o governo do presidente Lula não deixará legado, independente do resultado das eleições de 2010:

O GOVERNO LULA NÃO TEM LEGADO PARA A HISTÓRIA!

Maia1. O PT se dissolveu dentro do governo. Se ele perder a eleição em 2010 vai retomar o modelo de oposição que fazia anteriormente? Não. Pode ser que a CUT, sim. Pode ser que os movimentos sociais, sim. Mas o PT como tal não tem nenhuma autoridade moral como tinha antes de chegar ao poder. O que nos espera, do ponto de vista partidário no próximo governo, é uma oposição sem saber direito o papel que cumpre.  Vão fazer oposição pelos movimentos sociais. Estes podem perder o patrocínio gigantesco que têm no governo Lula e vão querer recuperá-lo.

2. O Lula está cometendo um erro. Está olhando seu governo como o início de um novo ciclo. Não é. É o final do ciclo de democratização dopaís. O início do novo ciclo vai ser daí para frente. Ele cumpre um importante papel de desestressamento das relações políticas e sociais. Para dentro da política e com os movimentos sociais. O PT é um partido de dois vetores: a esquerda revolucionária e o movimento sindical. É um partido híbrido. Em 2005, a crise do mensalão desintegrou a esquerda do PT. Quem assume o comando do partido é o movimento sindical. O sindicalismo passa a controlar o PT e o governo.

3. O que acontecerá quando um sindicalista da CUT deixar de ganhar R$ 40 mil? Ele fará oposição sistemática para ganhar isso de volta. Errará quem pensar numa linha de rigidez contra esses movimentos. Se alguém imagina que vai governar da forma mais técnica possível, daquilo que recomendam alguns economistas, vai errar. O Estado não funciona assim. E menos no pós-Lula.

4. Uma blindagem,(pela popularidade de Lula), pode ser desmontada em dias, meses, ou anos. O presidente tem de ter cuidado. Com outros já foi assim. O Sarney tinha uma popularidade assim no Plano Cruzado; FHC no real.

5. Como será visto pela história ? Como o governo Lula não tem marca, não tem projeto, se apega ao Bolsa Família, apóia-se no PAC,….. Isso gera memória a longo prazo? Gera marca? Acho que não. O que anoto na minha memória a respeito de JK? Ser pé de valsa? Ou a marca do desenvolvimento no governo dele? No caso do governo Lula, é preciso fazer um esforço enorme para pensar como será visto em mais 20 ou 30 anos. O Lula não tem um legado. 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe um comentário