Opiniões

Ironia: Supremo também quer saber como são gastos os royalties

Levados pelo governador Sergio cabral à reunião de hoje, com o ministro Gilmar Mendes, os prefeitos Riverton Mussi, Carla Machado, Rosinha Garotinho e Armando Carneiro, depois de dizer quanto perdem com a partilha dos royalties, agora terão que revelar onde e como gastam os recursos do petróleo (foto de Carlos Magno/Secom)
Levados pelo governador Sergio cabral à reunião de hoje, com o ministro Gilmar Mendes, os prefeitos Riverton Mussi, Carla Machado, Rosinha Garotinho e Armando Carneiro, depois de dizer quanto perdem com a partilha dos royalties, agora terão que revelar onde e como gastam os recursos do petróleo (foto de Carlos Magno/Secom)

 

Como, ao que tudo indica, será mesmo aprovada a emenda da partilha dos royalties que agora se discute na Câmara, o caminho seguinte dos municípios e estados produtores já começa a ser trilhado no Supremo Tribunal Federal (STF). Depois de receber ontem o vereador campista Rogério Matoso (PPS), em meio a uma comitiva de legisladores dos estados do Rio, Espírito Santo e São Paulo, o presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, recebeu hoje uma comissão de prefeitos da região, comandada pelo governador Sergio Cabral.

Apesar de receber de Rosinha Garotinho (PMDB), Carla Machado (PMDB), Armando Carneiro (PSC) e Riverton Mussi (PMDB) um relatório com as perdas reais, respectivamente, de Campos, São João da Barra, Quissamã e Macaé, caso a divisão dos royalties seja mesmo aprovada, Gilmar Mendes cobrou dos prefeitos da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro), um levantamento pormenorizado, com a descrição dos investimentos em projetos e obras.

Enquanto preparam o relatório mais detalhado, não deixa de ser irônico constatar que, na tentativa de manter os recursos do petróleo, os prefeitos da região vão finalmente revelar ao Supremo o que seus munícipes sempre cobraram, sem êxito, desde que a política dos roaylties foi implantada, em 1989, e reforçada, em 1997: saber onde e como é gasto o dinheiro.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 6 comentários

  1. E a chamad “camisa de doido”ou ” tiro no pe ” estão [pensando que estão lidando com o povo de Campos. Cuidando paro, o tiro não sair pela culatra, e ver mos gente sendro presa. Atenção aldroágem

  2. Ha ha ha , muito bem feito!!!!
    E ainda fazem carinhas de vítimas!!!
    Não quiseram chamar a atenção do MP, agora aguentem.

    hahahahahaha

  3. Se o ministro der uma voltinha pela cidade ele vai ver royalties por todo lado nas Toyota Hylux,corolla, honda civic,camionetes importadas, motos bmw, caminhões zero quilometro agregados à firmas que terceirizam serviços à prefeitura. Ah derrepente se ele for em guaraparí verá um monte de imóveis e propriedades adquiridas por funcionários, acessores e vereadores. Se ele for em Búzios ou Porto Seguro verá a mesma coisa por lá,o ministro antes de tudo deveria pedir a declaração dos bens de TODOS que passaram pela adminstração deste recursos desde que ele foi criado. Está chegando a hora destas quadrilhas serem desmascaradas e nós pagarmos o preço por assistir a tudo isto sem tomarmos atitude alguma.

  4. Esse tal de José Renato, escreve mal pra caramba.

  5. Feitiço virou contra os ladrões (ops)os feiticeiros.

  6. Será que eles podem sair presos de lá?
    Quem paga as despesas dessas viagens??? Os ROYALTIES também?

Deixe uma resposta

Fechar Menu