Opiniões

CPI para passar a limpo 20 anos de royalties: de Garotinho a Rosinha

De Garotinho a Rosinha, 20 anos de royalties passados a limpo. Este será o período de investigação proposto pela CPI que a vereadora Odisséia Carvalho (PT) apresenta na sessão da Câmara, na próxima terça-feira. Abandonada pelos colegas da bancada de oposição — Marcos Bacellar (PT do B), Rogério Matoso (PPS), Adbu Neme (PSB), Dante Pinto Lucas (PDT) e Jorge Pé no Chão (PT do B) —, a petista caminhará sozinha, sem os cinco votos que bastariam para aprovar a proposta.

Embora a lei dos royalties seja de 1953, junto com a criação da própria Petrobras, eles só começaram a ser pagos pelo petróleo extraído do mar (caso de toda a Bacia de Campos) em 1989, justamente o ano em que Garotinho assumiu seu primeiro mandato à frente da Prefeitura de Campos. Assim, a aplicação dos recursos do petróleo no município seria investigada em 10 gestões de sete prefeitos: Garotinho (1989/92), Sérgio Mendes (1993/96), Garotinho (1997/98), Arnaldo Vianna (1998/2000 e 2001/04), Carlos Alberto Campista (2005/05), Alexandre Mocaiber (2005/06 e 2007/08), Roberto Henriques (2008/08) e Rosinha (2009 até o presente momento).

Como não contou com nenhum apoio efetivo na oposição, as esperanças da vereadora petista agora se voltam aos colegas da situação, com os quais a idéia inicial de 20 anos pode ser negociada para períodos mais curtos de investigação, visando a aprovação da CPI dos Royalties. Na dúvida do seu sucesso, uma coisa é certa: com a proposta de Odisséia de saber onde e como foram aplicados, de fato, os mais de R$ 6 bilhões recebidos pelo município nos últimos 20 anos, caminham as esperanças da esmagadora maioria dos mais de 432 mil campistas.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 28 comentários

  1. Basta olhar para a lista de prefeitos ao longo desses 20 anos para constatar que não haverá CPI nenhuma. Apesar das brigas e rompimentos, saíram todos praticamente do mesmo ninho, se alternando e despejando aliados nas cadeiras legislativas. Parecem uma família grande, cheia de pais, tios, primos e sobrinhos que não se falam, brigando pela herança de um patriarca. Não é à toa que nem situação e nem oposição querem se entregar.

  2. Caro Cesar,

    Muito boa a analogia da história política recente de Campos com uma briga familiar de entes numerosos por uma herança… (rs)

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  3. Do jeito que é colocado o texto, deixa a impressão que essa CPI só investigará Garotinho e Rosinha,acho que pelo valor insignificante dos royalties no governo Garotinho, deveria ser colocado de Arnaldo a Rosinha,até por que está na cara que desvio escancarado ocorreu nos governos de Arnaldo e Mocaiber,mas para não restar dúvidas deve ser feito do início até hoje.

  4. Ótima denominação,pois desde garotinho do 1º mandato e seus herdeiros (filhos da mesma política …), Campos está entregue à duas bandas (…): família garotinho de um lado e seus discípulos de outro.E tudo não vai passar de uma pizza gigante com recheio de falta de vergonha na cara de políticos e suas comanditas.

  5. Caro Márcio Eduardo,

    O fato é que a proposta de uma investigação de 20 anos começaria exatamente com Garotinho e terminaria precisamente em Rosinha, com todos os demais compreendidos (e citados) entre 1989, quando os royalties começaram a ser pagos, até hoje. Ademais, se vc parar para constatar que o aumento mais substancial dos royalties se deu a partir de 1997, o segundo governo Garotinho entraria no bolo dos que mais receberam recursos do petróleo, junto com Arnaldo, Mocaiber e este primeiro ano de Rosinha. Campista e Roberto Henriques, realmente, ficaram bem menos tempo.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  6. Caro Schinas,

    Por motivos de rezão ética e legal, nenhum dos blogs hospedados na Folha Online pode publicar comentários com palavras ofensivas ou acusações sem as devidas provas. Não por outro motivo, para publicá-lo, nos vimos obrigados a editar duas palavras em seu comentário. Peço que entenda e nos perdoe a liberdade. Mas, de qualquer maneira, agradecemos à colaboração.

    Abraço!

    Aluysio

  7. EU SOU A FAVOR DE UMA CPI PARA INVESTIGAR O USO DOS ROYALTIES DESDE O SEU INÍCIO.MAS,ESSE NÃO É O MOMENTO PARA SE MEXER NISSO.O PRINCIPAL MOTIVO PARA ESSA TAL PARTILHA É MAU USO DOS BILHÕES DERRAMADOS E DESPERDIÇADOS EM CAMPOS.SERIA UMA EXCELENTE MUNIÇÃO PARA AQUELES QUE QUEREM ABOCANHAR ESSA BELA ARRECADAÇÃO.NO DECORRER DESSES 20 ANOS,TODOS OS VEREADORES FORAM SE REVEZANDO ENTRE OPOSIÇÃO E SITUAÇÃO.SÓ QUE A BRIGA,HOJE,NÃO É DE OPOSIÇÃO,É DO MUNICÍPIO,É DO ESTADO.O POVO QUER SABER,MAS NÃO É A HORA CERTA.AGORA EU QUERIA SABER;POR QUE ESSES DEPUTADOS DO BRASIL INTEIRO NUNCA FIZERAM NADA PELO SEUS ESTADOS E MUNICÍPIOS?

  8. Afonso Claudio,

    Eu discordo que esse assunto deva ser esquecido em prol de uma luta que deverá ser feita contr o projeto da câmara. As duas coisas devem ser feitas. A CPI também para que o povo saiba porque Campos e outras cidades do Rio de Janeiro estão correndo o risco de perder na redistribuição dos royalties. Isso óbviamente se “ficar provado” o mau uso das verbas dos royalties.

  9. Porque os nomes de Garotinho e Rosinha estão com letras grandes? todos sabem o q vcs querem com isso
    FORA SERGIO CABRAL

  10. PU da Saldanha Marinho;PU de Guarús; Palácio da Cultura, só para citar algumas obras Realizadas pelo então prefeito Roksfeller de Lima. Já ZEZÉ, calçou centenas de ruas pela cidade, contruíu inúmeras escolas municipais e praças;asfaltou estradas vicinais, Parque Alberto Sampáio,desapropiou e asfaltou a 28 de março e etc. TUDO SEM ROYALTIES. PENSEM NISSSO.

  11. Caro Andre,

    Respondo a vc mais ou menos a mesma coisa que ao Márcio Eduardo. Os royalties do petróleo que hoje dominam todas as rodas de conversa da cidade, começaram a ser pagos em 1989, ano em que Garotinho assumiu seu primeiro mandato na Prefeitura de Campos. Hoje, quem administra o município é Rosinha. Se a investigação que Odisséia proporá na próxima terça, na Câmara, é de 20 anos até o presente momento, as gestões investigadas vão, pois, de Garotinho a Rosinha, com todas as demais devidamente citadas no post:Sergio Mendes, Arnaldo Vianna, Carlos Alberto Campista, Alexandre Mocaiber e Roberto Henriques.
    Agora, por que “letras grandes” para Garotinho e Rosinha? Partindo do pressuposto que vc se refere à letra maiúscula que inicia cada nome, a resposta é relativamente simples: Porque se fossem escritos com minúscula (ou “letras pequenas”), teríamos dois diminutivos de substantivos, não nomes próprios.
    Quanto a querer Sergio Cabral fora do governo do estado, seu desejo de eleitor é legítimo e merece respeito.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  12. Caro Jose Renato,

    Sim, é mesmo de se parar para pensar…

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  13. A população de campos merece respeio, este ato de Odisseia é um ato de coragem onde toda população de campos revoltada com a falta de investimento na saúde, educação, geração de emprego e distribuição de renda de maneira que traga crescimento para todos, teve abraçar essa ideia e lotar a camara neste terça-feira pedindo a cpi

  14. Essa proposta da vereadora Odisséia é apenas uma quimera, pura demagogia, jogada de marketing de quem quer se aparecer. Afinal onde estava o PT nos desmandos do governo Mocaiber? Terá o partido credibilidade para propor essa CPI?

  15. Caro Azevedo,

    Concordo contigo em parte. Realmente, um partido que nacionalmente comemora a prisão do José Arruda, ao mesmo tempo que tem em Zé Dirceu um dos articuladores assumidos da campanha de Dilma Rousseff, possui credibilidade duvidosa para falar em apuração de corrupção. Mas como, à nível municipal, Odisséia não tem se furtado em colocar no bolo das investigações as gestões petistas na Fundação Zumbi dos Palmares e na Emhab, durante o governo Mocaiber, creio que isso resguarda a idoneidade da sua proposta.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  16. Será que Campos estaria nessa situação se os Royalties nunca tivessem existido? Será que os prefeitos que por aqui passaram realmente se interessariam em administrar nosso município? Eu acho que alguns dos muitos candidatos corajosos, que se diferenciaram com propostas convincentes mas que sempre ficavam em 3º ou 4º nas votações por não conseguirem bater de frente com os cinquentinha da vida, dariam uma vida melhor pra nossa cidade.

  17. Muito presunçosa essa tal de Odisséia, enquanto todos estão triste, preocupado com a perda absurda dos royaltes, ela fica ai querendo aparecer…
    Será que já não basta o que o PT está protagonizando em nosso país…
    Enquanto existir esse partido, de (…) e que se está associado ao que de pior existe no mundopolitico, nós pobres mortais estaremos aqui com os nervos a flor da pele sem saber o que faremos para o futuro de nossos filhos.
    Obs.: Imaginem uma chefe de nação que não crer em Deus, é homicida e assaltante de banco.

    POBRE DE NÓIS…..NIGUEM TE MERECE ODISSÉIA

  18. Acho melhor começar a pensar na cana de açúcar, etanol e outros derivados. A força contrária é muito grande. Mesmo se Lula vetar a matéria volta a ser votada para derrubar o veto.
    Vamos começar a utilizar o pouco que resta para investir na modernização das Usinas, etc.

    Enfim, voltar a um passado de baixos salarios e exploração da classe trabalhadora, do cheiro do vinhoto. Dos usineiros ricos e da massa explarada. Será a mais-valia outra vez.

  19. Bem explicado o comentário e a analogia do Cesar…
    Parce que estamos ainda nas Capitanias Hereditárias..acorda campistas!

  20. Gente eu acredito sim,se fizer uma grande correção na lei brasileira, ai tudo que se deseja para punir os responsaveis pelas faucatruas no poder publico ferindo todos os principios da legalidade e moralidade citadas pela midia e comentada pelo povo,ai sim , funciona, caso contrario nada feito vai continuar igual ou pior; quero lembrar de uma entrvista que assisti na televisão no programa do JÔ , em que o então ministro da justiça falava a respeito da Constituição Brasileira dos recursos que ela na época oferecia e (46 recursos),e que isso jamais levaria alguem para cadeia a não ser o pobre que não tem condições de pagar um adivogado e que isso estava perto de acabar poi ja se encontrava um projeto na GAVETA de reduzir esses recursos para três; ai sim ,colocaria os colarinho branco na cadeia, mas ai o então ministro entrevistado na época sumiu, e não se falou mas nada a respeito .

  21. EM Q EU DEVO SER MODERADO, N~ENTENDO.

  22. Sou formada desde de 1980, informática, administração,instrutor de micro,recepção, onde estás emprego ?cadê as industrias para Campos, meu filho conseguiu emprego em Macaé, cadê empregos ????Ondes estás,abraço junto com Odisséia a CPI, sejam rápido pois Campos vai sumir do Mapa. Boa Sorte !! Todos os campistas.Volta Royalties !!!!!
    Isto é uma piada!!!!

  23. esses ladrões roubaram os $6.000.000.000,00 e não fizeram nada em prol do desenvolvimento deste municipio, tira os royalties deles SIM!!!!!!!!!!!!

  24. Caro José Renato,
    quantas usinas de açúcar existiam nessa época?Qual era a população?Quantas creches existiam?qual era o número de escolas municipais e faculdades públicas?como funcionava a cultura em Campos?Pense nisso.

  25. Caro Santtos,

    Por motivos de rezão ética e legal, nenhum dos blogs hospedados na Folha Online pode publicar comentários com palavras ofensivas ou acusações sem as devidas provas. Não por outro motivo, para publicá-lo, nos vimos obrigados a editar um adjetivo em seu comentário. Muito embora concorde com sua utilização a todos os petistas envolvidos, por exemplo, com o Mensalão, maior escândalo de corrupção política da “história deste país”, não podemos generalizá-lo para todo o PT. Peço que entenda e nos perdoe a liberdade. De qualquer maneira, agradecemos à colaboração.

    Abraço!

    Aluysio

  26. Caro Ricardo,

    A demora na moderação do seu comentário não se deu por nada em seu teor, mas pelo fato de que fiquei sem acesso à net do final da tarde de ontem ao início da tarde de hoje. Peço que me perdoe o atraso.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  27. Cara Sonia,

    E por já ter concordado com o Cesar, concordo contigo.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  28. Caro Márcio Eduardo,

    As indagações do seu comentário, assim como o do Jose Renato, também são de parar para pensar…

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

Deixe uma resposta

Fechar Menu