Opiniões

Odisséia da Câmara ao Ministério Público

Encontro de hoje entre o advogado Cleber Tinoco e a vereadora Odisséia Carvalho, no gabinete desta na Câmara (foto de Leonardo Berenger)
Encontro de hoje entre o advogado Cleber Tinoco e a vereadora Odisséia Carvalho, no gabinete desta na Câmara (foto de Leonardo Berenger)

 

Como adiantado em matéria do jornalista Renato Wanderley, no Folha Online (aqui), o encontro entre a vereadora e blogueira Odisséia Carvalho (PT) e do advogado e blogueiro Cleber Tinoco, na manhã de hoje, no gabinete da petista na Câmara. Cleber deve auxiliar juridicamente Odisséia, que vai dar entrada no Ministério Público (MP) acerca de três pedidos de informação negados pela bancada governista na sessão da última terça-feira, dia 16: a construção de 5,1 mil casas populares, pelo Grupo Odebrecht, no valor de R$ 357, 8 milhões; a construção das habitações dentro da Lagoa Maria Pilar, dentro de área de proteção ambiental, e sobre a concorrência pública referente às obras do programa Bairro Legal em Donana e Ururaí, no valor total de R$ 56 milhões, que beneficiaram as construtoras Avenida e Construsan, cujos proprietários colaboram na campanha da prefeita Rosinha Garotinho (PMDB).

Odisséia quer dar entrada no MP já na próxima segunda-feira, dia 22. Para tanto, ela só espera a ata da sessão de terça, comprovando que os pedidos foram negados. O documento está sendo providenciado pela assessoria jurídica que herdou junto com o mandato e as bandeiras do falecido vereador Renato Barbosa.  

Anunciado com exclusividade pelo blog (aqui), a reunião de hoje com Cleber, segundo a própria Odisséia, partiu de um sugestão feita a ela feita pelo jornalista e blogueiro Alexandre Bastos.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 19 comentários

  1. Fico satisfeita que a Srª Odisseia tenha contratado um advogado tão sério e competente como Cléber para este trabalho, parabéns!

  2. Gostaria muito ,que a nobre Vereadora postasse aqui na “Folha on Line” o projeto de Lei do Novo IPTU que o Governo Municipal apresentou na Câmara. Estará certamente, realizando um grande serviço à sociedade que quer discutir seu direto e conhecer o que lhe será cobrado.Assim conheceremos na íntegra o projeto do IPTU e quais são os pontos que deem ser modificados.

  3. Odisséia, os Royalties não pode cair no esquecimento,isso precisa ser averiguado. É o que todos campistas querem saber,para onde foi o dinheiro.

  4. MUITO SEM NOÇÃO MESMO, ESSA A VERDADEIRA AGULHA NO PALHEIRO, ELA É NOVA APRENDE AINDA!!!

  5. Não consigo entender porque que a implementação de uma CPI dos royaltes esteja sendo solicitada num momento inoportuno.Entendo que demoramos muito para brigar por isso, para cobrar a tal transparencia( que na verdade nem deveria ser preciso cobrar)mas que independente de servir na luta para não perdê-los servirá principalmente para conhecermos melhor a realidade política que se arrasta em cima de assistencialismos eleitoreiros,poderemos traçar o perfil dos políticos que não queremos mais no comando…O desejo da população é a transparência,e os nossos representantes inclusive os de oposição,eleitos por esse mesmo povo parecem olhar para o proprio umbigo se esquecendo do motivo de estarem lá.Ou seria medo do resultado da CPI. Por favor vereadora,não abandone essa luta…vamos lutar pela verdadeira mudança de atitudes!Abraço.

  6. Cara Cláudia,

    Não conheço Cleber pessoalmente, tampouco seu trabalho como advogado. Todavia, como blogueiro, sua atuação, como já disse anteriormente, é referencial de seriedade.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  7. Caro Jose Renato,

    Creio que sua sugestão poderia ser feita diretamente em comentário do blog da Odisséia (http://www.fmanha.com.br/blogs/nosmulheres). Todavia, creio que sua pauta vale também para a Folha, tanto Online, quanto impressa. Veremos na semana que vem, ok?

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  8. Caros Rogério e Maristela,

    A batalha pela CPI dos Royalties foi lutada e perdida na Câmara. A título de informação, o que Odisséia vai buscar agora no MP, assunto que o post aborda, não tem nada a ver com os royalties, pelo menos não diretamente, posto se tratar dos três pedidos de informação sobre obras no governo Rosinha, negados pela bancada governista na mesma sessão em que todos os demais vereadores negaram o pedido de CPI. Esta, infelizmente, fica para um segundo momento.

    Abraços e grato pelas colaborações!

    Aluysio

  9. Caro Pessanha,

    Embora não concorde com a sua opinião, ela merece o mesmo respeito e atenção da minha e das demais.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  10. PQ SERÁ O MEDINHO? ABRAM O JOGO. 20 ANOS,SÓ ISSO!CAMPOS ERA PRA SER CIDADE MODELO.PARA ONDE FOI OS BILHÕES? VAMOS LÁ,GENTE,TEMOS ESSE DIREITO.VEREADORA,PARABÉNS,VC É MAIS CORAJOSA QUE MUITO MARMANJO QUE CONHEÇO!E ALGUNS DEIXARAM DE SER POLÍTICOS PARA SEREM LADRÕES.QUEM NÃO DEVE NÃO TEME.

  11. AMIGO EU SÓ DISSE QUE NESTA POLITICA MARAVILHOSA QUE REINA EM TODO NOSSO PAIS, ESTA BEM CLARO QUE UMA ANDORINHA NÃO FAZ VERÃO!!! TODOS SABEM DISSO, NÃO DA PARA VIVER DE FANTASIA. ESPERA O RESULTADO DEPOIS VC ME DIZ SE ESTOU CERTO OU ERRADO!!! OBRIGADO POR SUA ATENÇÃO!!! UM ABRAÇO!!!

  12. Caro Pessanha,

    Peço desculpas se o interpretei de maneira equivocada. Todavia, em relação à CPI, que nem é o assunto tratado pelo post, creio que eram centenas de milhares as andorinhas campistas que queriam o verão. O problema é que, dentro da Câmara, como vc disse, realmente era uma só…

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  13. Caro Afonso,

    Embora concorde com a sua oponião, faço a vc o mesmo esclarecimento já prestado ao Rogério e Maristela: o que Odisséia vai buscar agora no MP, assunto que o post aborda, não tem nada a ver com os royalties, pelo menos não diretamente, posto se tratar dos três pedidos de informação sobre obras no governo Rosinha, negados pela bancada governista na mesma sessão em que todos os demais vereadores negaram o pedido de CPI. Esta, infelizmente, fica para um segundo momento.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  14. vereadora gostaria antes de mais nada pela postura séria na busca pela verdade e implementação de uma CPI dos royaltes de igual forma dou parabéns pela contratação do Dr. Cleber como advogado.

  15. Isso de uma CPI tem que ser aprovada pelos vereadores, é uma piada tem irregularidades tem que apurar,eles não são a lei do pais, isso só pode ser uma brincadeira, quer dizer a grana some e fica tudo bem. Brasil de vergonha para a nação.E para o mundo, se fosse na China amigos, esses caras já teriam sido (…). ou USA (…).

  16. Caro Marcelo,

    Por motivos de rezão ética e legal, nenhum dos blogs hospedados na Folha Online pode publicar comentários com palavras ofensivas ou acusações sem as devidas provas. Não por outro motivo, para publicá-lo, nos vimos obrigados a editar duas palavras em seu comentário. Peço que entenda e nos perdoe a liberdade.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  17. Caro José Carlos,

    Não sei bem se a reunião de Cleber Tinoco com a vereadora Odisséia resultou numa contratação do advogado. Creio até que não, que a coisa tenha ficado mais numa consultoria informal. Até porque, também me parece que a petista já conta com assessoria jurídica que herdou junto com o mandato de Renato Barbosa, como o post também cita.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  18. Voces só queren lembrar do hoje, e o passado? Tambem foram bilhoes que ninguem pergunta. tem que fazer PCI para cobrar dos governos passados tambem e não só do atual. ou essa defazer justiça demagógica é só para ganhar ibope. espero que não roa a corda como seu lider e me responda

  19. Caro Leandro,

    Como já ressalvei ao Rogério, à Maristela e ao Afonso, a CPI dos Royalties, pelo menos por enquanto, é coisa do passado. O post trata, na verdade, dos três pedidos de informação sobre obras do governo Rosinha, negados pela bancada da situação na mesma sessão em que todos os demais vereadores negaram a proposta de CPI de Odisséia.
    De qualquer maneira, relevante ressaltar, como este blog fez várias vezes, que o pedido de CPI não era circunscrito à atual administração municipal, indo até 1989, ano em que os royalties começaram a ser pagos, até hoje, passando pelos governos Garotinho, Sérgio Mendes, Garotinho, Arnaldo, Arnaldo, Campista, Mocaiber, Roberto Henriques, Mocaiber e Rosinha.
    Ao fim e ao cabo, bom lembrar que nem eu, Aluysio, nem o chargista José Renato, pertencemos a nenhum partido. Não temos, pois, nenhum “líder” que não nossas próprias consciências.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

Deixe uma resposta

Fechar Menu