Tiro na cabeça na Pelinca — legítima defesa???

Reprodução de foto de celular com o corpo de Natanael em frente à boate e do seu rosto (fotos de Leonardo Berenger)
Reprodução de foto de celular com o corpo de Natanael em frente à boate e do seu rosto (fotos de Leonardo Berenger)

 

Uma briga dentro na Peper’s Club, no ponto mais badalado da av. Pelinca, na madrugada de hoje, terminou com a morte de Natanael Odilon Pereira da Silva, de 29 anos. Ele se envolveu numa confusão dentro da boate, foi posto para fora pelos seguranças, saiu e voltou com uma faca. Tentou entrar novamente e discutiu com os seguranças. Um policial militar, lotado em Macaé, interveio e pôs fim ao problema com um tiro na cabeça de Natanael. Legítima defesa, como alegou o PM???

Identificado, assim como sua lotação, no blog Campos 24 Horas (aqui), pelo jornalista Fabiano Venâncio, a ação do cabo PM Gandra foi questionada pela jornalista Jane Nunes, no blog Estou Procurando o que Fazer (aqui): “É preciso que os responsáveis pela segurança sejam pessoas mais preparadas e equilibradas para saber atuar em situações de conflitos, sem a necessidade de tirar a vida de qualquer pessoa”. E a blogueira não está sozinha. Na Folha Online (aqui), foram vários os comentaristas que seguiram a mesma linha de raciocínio:

— Precisava atirar na cabeça?? O cara com uma faca e ele com uma ARMA DE FOGO. Quem é o mais “FORTE”? — indagou Edi Cardoso.

— Falta de treinamento adequado dos PMs — concluiu Desorre Fioravanti.

— O quê, um PM lotado em Macaé estava em uma área de lazer, portando arma de fogo? — questionou Antonio Sodré.

— Todos os casos são iguais… os PMs sempre dizem que foi em legítima defesa… já está manjada essa desculpa — lembrou Ana Paula de Spuza.

— Que KÔ deste PM, atirar pq o cara tava com uma faca? Bastava 1 tiro para cima e o cara se tremia e soltava a faca, com certeza! Caso não desse jeito, um tiro no pé seria solução, ora! Mas na cabeça? Para o PM vai dar Pizza com certeza! — apostou Enoque Teles da Silva.

— Legítima defesa não é “uso moderado de meios que repelem justa agressão”, ou algo do tipo? E um headshot é legítima defesa onde? Cada uma viu… Se fosse um coitado ia se lascar pra defender essa tese no tribunal do júri, mas como é um PM duvido que dê em alguma coisa — lamentou Julio Mendel da Silva. 

— Isso é um absurdo!!! PM atira no estudante como se ele fosse um bandido…Não podemos nem confiar na segurança esses PM precisam ser mais preparados para entra na corporação (…) Em quem podemos confiar???? — perguntou Roberta da Hora Damasceno. 

— Ele não precisava atirar na cabeça para conter o rapaz! Hoje nós mães temos mt medo quando nossos filhos saem para se divertir. Já não bastando os bandidos ainda tem os policiais despreparados — advertiu Elisete de Oliveira Leitão.

— Esse PM tinha que pedir reforço e não agir dessa maneira. Será que se fosse filho dele agiria da mesma forma? Total despreoparo desse PM — acusou Marcos Antonio Gomes.

— Três coisas não podem ser discutidas: a alienação de quem porta uma faca num local de festa, o despreparo do policial e a imbecilidade de quem atribui ao estado a culpa! — sentenciou José Armando Ribeiro Barreto.

— De qualquer forma, o policial deveria esgotar c/ sua voz, sua autoridade, obedecendo a reação do esfaqueador. Ou seja: Vai atacar? Tiro na perna — explicou Fábio Aquino da Silva Tavares.

Um bom exemplo do que alega o Fábio, foi dado recentemente, por um sargento da PM, que no último dia 5 pôs fim à tentativa de assalto a uma lan house, na rua João Maria, após trocar tiros com dois assaltantes, baleando ambos nas pernas. O fato foi noticiado pela Folha, em sua edição impressa do dia seguinte.

Diante do constraste entre as duas ações, cabe a pergunta óbvia: Se um PM é capaz de deter dois assaltantes, portando armas de fogo, atirando em partes não letais dos seus corpos, como outro PM não é capaz de conter uma única pessoa, com uma faca, a não ser com um tiro na cabeça???

 

Atualização às 21h11: O blog Campos 24 Horas, que revelou o nome do PM (Gandra) que matou Natanael com um tiro na cabeça, informou agora há pouco (sem horário da atualização) que este último seria lutador e teria participado de um torneio de submission. Ademais, a  repórter da Folha Valquíria Azevedo descobriu junto à Faculdade de Direito de Campos que Natanael havia trancado sua matrícula no 3º período do curso, em 2007, sendo portanto um ex-estudante de Direito, diferente do que informou inicialmente este blog. Em todo o caso, nenhuma das duas novas informações invalida a pergunta final do post original, feita a partir das participações de vários leitores da Folha Online e no contraponto entre duas ações de policiais militares em Campos: “Se um PM é capaz de deter dois assaltantes, portando armas de fogo, atirando em partes não letais dos seus corpos, como outro PM não é capaz de conter uma única pessoa, com uma faca, a não ser com um tiro na cabeça???” 

 

Capa e página interna da Folha de 6 de maio, noticiando com um sargento da PM foi capaz de conter dois assaltantes armados sem matá-los
Capa e página interna da Folha de 6 de maio, noticiando com um sargento da PM foi capaz de conter dois assaltantes armados sem matá-los
fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 30 comentários

  1. NELSON

    FALAR DE FORA DO PROBLEMA É FÁCIL EU QUERO VER É FAZER O QUE O SERVIÇO QUE OS POLICIAIS FAZEM COM O SALÁRIO QUE ELES GANHAM, SE O POLICIAL TIVESSE UM BOM SALÁRIO GARANTO QUE NÃO ESTARIA TIRANDO SEGURANÇA NA SUA FOLGA ATURANDO AQUELE BANDO DE VAGABUNDOS DROGADOS DE CLASSE MÉDIA ALTA QUE FREQUENTAM AQUELE LUGAR QUE NÃO TEM RESPEITO POR NINGUEM E QUE VIVEM ARRUMANDO BRIGAS, JÁ QUEBRARAM ATÉ A PERNA DE UM POLICIAL DE SERVIÇO QUE FOI NAQUELE LOCAL APARTAR UMA BRIGA DESSES PITBOYS E FOI COVARDEMENTE GOLPEADO POR UM DESSES MARGINAIS QUE FREQUENTAM AQUELA BOATE “PEPPERS” E EU VEJO QUE EM VÁRIOS COMENTÁRIOS AS PESSOAS NÃO TEM NOÇÃO NENHUMA DO QUE DIZEM.
    UM JOVEM ALCOLIZADO E DROGADO COM UMA FACA UM TIRO DE PISTOLA CAL 380 NA PERNA DO MESMO É O MESMO QUE NADA POIS ESTÁ ARMA ” QUE É USADA PELA MAIORIA DOS POLICIAIS COMO ARMA PARTICULAR” NÃO TEM PODER DE PARADA TEM BAIXA ENERGIA! MAS COMO NESTE PAIS OS LEGISLADORES ACHAM QUE EXITEM CALIBRES QUE MATAM MENOS E CALIBRES QUE MATAM MAIS OS POLICIAIS NÃO PODEM PORTAR ARMAS QUE POSSUEM “STOP BRAKE” COMO AS 44 MAGNUM, 45 ACP, 357 , 454 CASUL E OUTROS CALIBRES POTENTES ONDE BASTARIA UM TIRO DESTES CITADOS NA PERNA DE UM AGRESSOR PARA TIRA-LO DE AÇÃO IMEDIATAMENTE AO CONTRÁRIO DA 380 QUE SÓ TEM PODER DE PARADA EM DISPARO LETAL!
    E NO CASO DOS ASSALTANTES DA LANHOUSE, CONVENHAMOS EM UMA TROCA DE TIROS NENHUM POLICIAL VAI SE PREOCUPAR EM ATIRAR NA PERNA DOS ASSALTANTES ELE ATIROU PRA ACERTAR ONDE PEGASSE E PRA SORTE DOS VAGABUNDOS PEGOU NAS PERNAS DELES!
    A SOCIEDADE QUER CONSUMIR DROGAS ENCHER A CARA DE BEBIDAS INFRINGIR TODAS AS LEIS QUE PODE, PRATICAR AS MAIS DIVERSAS FORMAS DE VIOLÊNCIA E QUER QUE A POLICIA NUNCA ERRE TOME CONTA DO PATRIMÔNIO DELES, TENHA PACIÊNCIA COM OS FILHOS DROGADOS DELES A QUEM ELES NÃO DERAM EDUCAÇÃO!
    “SER POLICIAL É SOBRETUDO UMA RAZÃO DE SER É INFRENTAR A MORTE MOSTRAR-SE UM FORTE NO QUE ACONTECER”
    AMIGO POLICIAL GANDRA ESTAMOS COM VC E SABEMOS QUE VC NÃO É BANDIDO! SE FOSSE NÃO ESTARIA EM SUA FOLGA DEFENDENDO UM DINHEIRINHO DE SEGURANÇA PRA DAR UM CONFORTO MELHOR PARA SEUS FILHOS! POIS QUERO VER ESSES FILINHOS DE PAPAI VIVEREM COM O QUE UM POLICIAL RECEBE DESSE ESTADO PRA ARRISCAR A VIDA TODOS OS DIAS!

    PEC 300 A CARTA DE ALFORRIA DOS POLICIAIS DO BRASIL!

  2. Márcio

    Natan,como era conhecido, morava em Campos há 6 anos,vindo de Recife para tentar algo melhor em nossa cidade,não tinha ninguém aqui, veio sozinho,até pouco tempo trabalhava na loja Ortobom do Wall Mart,atualmente estava parado,mas tinha em mente fazer um curso na área de petróleo e tentar vaga numas das empresas terceirizadas da Petrobras,além de terminar o curso de direito,infelizmente por falta de preparo de um policial,o Natan teve um final trágico.Pelo que fiquei sabendo,a avó e uma tia do Natan estão vindo de Recife para liberação do Corpo já que a mãe não pode saber do ocorrido pois sofreu um infarto no início desse mês.

  3. Aluysio

    Caro Nelson,

    Até onde o blog sabe, Natanael não era nem um “vagabundo drogado de classe média alta”, tampouco um “filinho de papai”. Muito ao contrário, era um nordestino pobre, filho de uma família igualmente pobre, que veio para Campos em busca de emprego e estudo, motivado pela esperança de desevnvolvimento da cidade e região a reboque dos recursos dos royalties. Justamente por ser um nordetino pobre, ao ser agredido fisicamente, talvez tenha buscado a única forma de resgatar sua honra na cultura de muitos outros nordestinos pobres: a fio de faca. Felizmente, ele não tinha uma 44 Magnum, uma 45 ACP, uma 357, uma 454 Casul, nem a menos potente pistola cal 380, “que é usada pela maioria dos policiais como arma particular”. Ele errou não só ao entrar numa confusão, como perdeu qualquer razão que nela possa ter tido ao se munir de uma faca para tentar voltar à boate. Mas ele pagou com a vida pelo seu erro. Se o policial errou ou não em sua reação, não cabe a nenhum de nós prejulgar, mas à Justiça. O que este blog fez, o que o blog da Jane Nunes fez, o que os leitores da Folha Online fizeram, foi exatamente aquilo que vc agora faz: emitir opiniões sobre o caso. Oxalá, seja em boate na Pelinca ou em outro canto qualquer, elas possam ser confrontadas sem agressões físicas, ameaças com faca ou tiros na cabeça de ninguém.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  4. Dani

    É lamentável que pessoas que tem seus salários pagos com o nosso dinheiro, dinheiro do povo para nos proteger, destruam vidas, sonhos e esperanças. Quantas vidas mais serão ceifadas até que o Estado resolva tomar providências no sentido de não deixar a solta esses verdadeiros ASSASSINOS DE FARDA? Que a justiça seja feita; que as autoridades responsáveis pelo caso ajam para coibir essas arbitrariedades. Vá em paz, Nathan, alegrar o céu com suas meninices!

  5. Cláudio

    Caro Nelson;
    Infelizmente você é mais uma vítima do preconceito. Sinto muito por você!
    Nathan, como era conhecido a vítima desse crime, era tudo o que falou o Márcio às 21:58. Era uma pessoa de bem, trabalhador e esforçado. Infelizmente teve esse fim trágico e inesperado. Mas algumas quetões não me saem da cabeça?
    1- Até que ponto pode um policial atirar na cabeça de alguém se o objetivo era apenas neutralizar a pessoa?
    2- Até que ponto pode um policial estar armado numa noitada em uma boate, provavelmente regada a álcool?
    3- Ao que me parece estão tentando denegrir a imagem do rapaz, taxando-o de “lutador”, na tentativa de induzir pessoas como você, Nelson, a pensar que trata-se de pessoa violenta e agressiva. Muito longe disso. Ele era uma pessoa alegre e comunicativa e não um “pitboy” ou “filhinho de papai”.
    4- Quantos tiros foram dados?

    Infelizmente o corporativismo vai prevalecer mais uma vez.

  6. joao

    falar q policia militar ganha pouco pode até ganhar mais isso nao justifica ele chegar e da um tiro na cabeça de um cidadao, até pq ninguem pode tirar a vida do proximo ,natan nao foi errado em levar uma faca na boat ,me diga qual foi a intenção de um PM desse será q ele não está acostumado a fazer isso não ( pq na cabeça )…..

  7. Marques

    Se vc Nelson acha que um policial ganhe pouco estude e troque de emprego não venha aqui falar que vcs tem que ralar fora do seu espediente para ganhar um a mais tirando os acharques e outras coisas mais que não vale a penas dizer e alem do mais por lei é proibido que Policiais tenham outro emprego e não venha me dizer que um tiro na cabeça é legitima defesa

  8. Caetano

    Caro Nelson fico eu aqui em minha casa pensando.Nossa que despreparo desse militar,quanto preconceito com as pessoas que tem um bom salario,não é nossa culpa se vc se contentou em ser um PM cabe somente a vc analisar pq vc tem somente esse salário que é pouco mas vc não deixa DE SER UM PM.sSe liga amigo ainda a tempo vc pode estudar e ser um grande homem saia desse pensamento ridiculo.

  9. NELSON

    CARO ALUISIO SE ELE NÃO ERA UM “VAGABUNDO DROGADO DE CLASSE MÉDIA ALTA” ELE ESTAVA NO LUGAR ERRADO! POIS AQUELA BOATE É UM REDUTO DE PLAIBOYS, PITBOYS E OUTROS ARRUACEIROS DE CAMPOS.
    JÁ PASSOU DA HORA DO MP FECHAR AQUELE LUGAR! ALÔ DR MARCELO LESSA CAMPOS TÁ PRECISANDO DE UM CHOQUE DE ORDEM!
    URGENTE…

  10. Vinicius

    Vaias para o POLICIAL MILITAR inexperiente e burro que atirou na cabeça de uma pessoa que estava desnorteada ou emocionalmente descontrolado por ter sido agredido pelo que vejo nessas festas, só pelo prazer que os pitboys tem de arrumar confusão e por isso estava com uma faca tentando muitas vezes defender de forma errada a sua honra. Aplausos para o POLICIAL MILITAR experiente e inteligente que utilizou a arma de fogo que estava em sua posse somente para fins de neutralizar, imobilizar ou dominar os dois assaltantes, bandidos que estavam também com armas de fogo fazendo disparos não fatais nos indivíduos. E meus pêsames para o Natanael que morreu por ter cometido um erro gravíssimo e por ser ingenuo foi mais uma vitima da ignorância do ser humano. “Ninguém tem o direito de tirar a vida de ninguém, seja o qual a forma que for, esse não é, nunca foi e nunca será o objetivo do nosso criador, nosso senhor Deus o pai de todos nós.”

  11. Dr: Alceir

    Estamos assustado. O que aconteceu no chamado point da classe média –média alta ,não está longe do absurdo que acontece no dia a dia na periferia de Campos dos Goytacazes. Nada justifica a atitude deste policial que estava fora do horário de serviço e em um local que sabidamente tem a possibilidades de pequenos desentendimentos ,pequenas brigas por causa das tribos que ali se reúnem.Não importa a profissão de quem levou o tiro,não importa se é um flanelinha,um juiz,promotor,políticos,empresários,industriais,comerciantes,profissionais liberais ,estudante ,desempregado,ou a profissão de seus familiares ,o que importa é que a violência não limite.
    Este policial não estava de serviço,não estava estourando nenhuma boca de fumo,não estava em uma incursão oficial da policia militar,ele estava em uma área de lazer,de consumo de bebida ,de som,de barulho e de agitação e não poderia ter cometido esse assasinato .Meu pesar a toda a família e que a justiça seja feita,afinal meu filho estava nesta boate e poderia ser ele a vítima .

  12. Caro Nélson,sou amigo de uma penca de soldados,cabos,sub-oficiais e outro cargos na PM,admirador da classe,concordo com muita coisa que falou mas tem versões que nem delegado pode afirmar legítima defesa,onde matar qualifica ,no mínimo,excesso da mesma e dá margem a condenação e,dependendo do Promotor e da perícia(alexandre Terra,chefe do ICE/IML-CAMPOS,cujos peritos estiveram trabalhando no local de crime em 25 minutos,um recorde de atendimento.Nota 10,mas ficou devendo a remoção pois o crime aconteceu às 3 horas da manhã e às 7.30 ainda não tinha sido removido do local,causando constrangimento nos passantes e estudantes que iam para as escolas próximas,o GBM tem que averiguar essa falha).Voltando,e dependendo da Perícia Técnica,vejam a foto,ele foi morto na porta,antes de entrar no estabelecimento,seus pés indicam isso.Mas Nélson,entendendo sua revolta,digo que a PM tem que ter melhores salários pra não fazer “bicos”,que são punidos pelo Código Militar e o PM Granda,segundo jornais,alegou que estava a lazer na casa noturna em seu depoimento na 134 DP,na hora do flagrante delito,podia ter evitado essa morte atirando em local não-mortal,treinam pra isso,ainda expondo a vida dos que estavam no local,outro crime previsto no Código Penal,mas digo,o governo é culpado sim,dá arma,não treina psicológicamente seus policiais e desmoraliza a entidade (PM) com erros como o do soldado do BOPE no Rio,que confundiu uma furadeira com metralhadora,dando tiro certeiro num pai de família.E falat que Pelinca tem marginais,a gente discorda,a cidade é tomada por eles.

  13. Cláudio

    “A ignorância pode ser educada, mas a estupidez é eterna.”

    Vamos olhar mais para o mundo e abandonar os dogmas impregnados na sociedade. Se ganhar pouco justificasse o banditismo, o que seria de pessoas que vivem na miséria mas dão duro todo santo dia para se sustentar e a sua família.Não me venham com essa história de que PM ganha mal e blá blá blá…Issi não justica a injustiça cometida.

  14. celio marins

    No domingo a noite eu estava na igreja com minhas filhas e esposa, há 10 anos atras eu tambem poderia ter sido vitima de um fato destes, Jovens cuidem de suas vidas,as noitadas e bebedices para nada se aproveita, entreguem suas vidas a Jesus Rei dos Reis, pois morrer sem ele é terrivel.

  15. Felippão

    PORQUE ELE VOLTOU COM A FACA PARA A BOATE? QUAL A INTENÇÃO DO RAPAZ? SE O PM PODIA DAR TIRO NA PERNA É OUTRA COISA, MAS QUE O RAPAZ TAVA COM A FACA TAVA UÉ? VAMOS DEIXAR DE SER HIPÓCRITAS. VIOLÊNCIA GERA VIOLÊNCIA.

  16. Felippão

    SOBRE O FATO DA FURADEIRA EU TINHA COLOCADO ISSO ANTES EM OUTRO COMENTÁRIO.FOI FALTA DE TREINO MESMO, ERRO.AGORA, QUERIA VER SE O RAPAZ TIVESSE METIDO A FACA NO BUCHO DE UM FILHINHO DE PAPAI, DE ALGUM POLITICO. AÍ O RAPAZ IA SER MARGINAL , NÉ MESMO?

  17. Flávio

    Não estou aqui para julgar e muito menos defender ninguem, mas queria chamar a atenção para as pessoas que ficam apenas criticando a atitude com certeza falha do PM, e esquecem da atitude da vítima.
    Vamos supor que o PM não estivesse no local, com isso ele não teria feito o disparo com sua arma de fogo, ai vem a pergunta. O que será que a pessoa que hj é vítima faria com aquela “pequena” faca? Será que ia fazer carinho em alguem? Com certeza se o PM não tivesse feito o que fez (não estou dizendo que fez certo, LONGE disso), hj a vítima seria outra, talvez o filho, irmão, amigo, etc de algum de vcs que hj só estão aqui criticando a PM.
    O problema esta muito alem da PM, está na sociedade de um modo geral, está nos Governos Federais, Estaduais e Municipais, que não dão a sociedade o mínimo que ela precisa para ser digna.
    Lembre-se que esse ano tem eleição, vamos pensar antes de vender nossos votos ou troca-los por um emprego ou contratos…

  18. Flávio

    Isso sem falar naqueles pais que tem filho viciado e que não faz nada, que ainda tem a cara de pau de dizer que “maconha não faz mal”, ou que “ele só usa de vez em quando” ou aqueles que fingem não saber.
    E depois quando é assaltado na rua, ou mesmo tem seu filho ou um pessoa querida assassinada, vem mais uma vez criticar Deus e o mundo, mas não pensa que o dinheiro que é dado aos traficantes para comprar uma “inocente maconha” ou outra dogra qualquer é que dar o poder aos traficantes para se armar cada vez melhor.
    Criticar os outros e arrumar um culpado para td é facil, mas mudar os proprios erros é dificil né?

  19. Edi Cardoso

    Quando trabalhamos numa empresa privada e ELA NÃO NOS OFERECE SALÁRIO/HORÁRIO/CONDIÇÕES DIGNOS(NADA DIGNO E INTELIGENTE VOCÊ DESCOBRIR QUE O EMPREGO NÃO LHE SERVE E CONTINUAR NELE)pedimos conta e vamos procurar outro que se aproxime das nossas necesssidades e vontades.
    Não saimos metendo tiro na cabeça das pessoas só porque estamos infelizes com o nosso emprego.
    SE OS PMS ESTÃO INFELIZES, INSATISFEITOS, DESPREPARADOS PARA O EMPREGO E A FUNÇÃO QUE OCUPAM, PEÇA DEMISSÃO. É MAIS, MUITO MAIS DIGNO,DO QUE NUM MOMENTO DE RAIVA,INDECISÃO DE DESPREPARO E OU SENTIMENTO DE SUPERIORIDADE, POR PORTAR UMA ARMA NA MÃO, SAIA ATIRANDO PRA MATAR.
    Ele podia fazer mais vítimas, sabia? se o dedo dele no gatilho não estivesse tão perto da cabeça da vítima,ele poderia ter “espirrado” muitas balas perdidas de uma arma usada por um desequilibridado e despreparado para manusea-la. há uma hipótese, claro, de ser um de sua família passando na hora pelo local.

  20. DANIEL

    HÁ POUCOS DIAS PUDEMOS ASSISTIR NA TV E LER EM JORNAIS A CONDENAÇÃO DE DOIS JOVENS GOIANOS POR HOMICÍDIO, JUSTAMENTE NA PORTA DE UMA BOATE. NESTE MOMENTO VEMOS UM JOVEM, QUE ERROU SIM, POR PORTAR UMA FACA, SENDO ASSASSINADO NA PORTA DE UMA BOATE EM CAMPOS, E O QUE É PIOR, POR ARMA DE FOGO, COM TIRO À QUEIMA ROUPA, TENDO COMO AUTOR UM POLICIAL. SE AS AUTORIDADES LOCAIS NÃO SE MEXEREM DESDE JÁ, CAMPOS EM BREVE VAI CHEGAR AO PATAMAR DAS GRANDES CIDADES, ONDE A POPULAÇÃO VAI SIMPLISMENTE DEIXAR DE SAIR A NOITE, COM ISSO, PREJUDICANDO O COMÉRCIO LOCAL. SE O CHOQUE DE ORDEM NÃO CHEGA POR AQUI ACHO QUE JÁ É HORA DO MINISTÉRIO PÚBLICO, QUE SEMPRE SE FAZ PRESENTE, INTERVIR EM PROL DA ORDEM EM NOSSA CIDADE.

  21. daniel

    JÁ É SABIDO POR TODOS AQUELES QUE FREQUENTAM O BAIRRO EM QUESTÃO, QUE AQUELE TRECHO ANDA COM PROBLEMAS EM RELAÇÃO À SEGURANÇA. JÁ PUDE OBSERVAR VÁRIAS BRIGAS NA FRENTE DA BOATE EM QUESTÃO. ACHO QUE JÁ ESTÁ PROVADO QUE O TIPO DAQUELA CASA NOTURNA NÃO TEM MUITO A VER COM A ÁREA DA PELINCA. AGORA, CABE AO MINISTÉRIO PÚBLICO ENTRAR EM AÇÃO E AVERIGUAR O QUE ACONTECE POR ALI.

  22. Caros leitores acima,não condeno ou defendo o cabo PM Gandra,quem faz isso é a Justiça através do Tribunal do Júri,depois do inquérito policial,laudos da perícia(técnico com analise de provas e autópsia do cadáver),depoimento de testemunhas,investigações,antecedentes da vítima e do réu,IPM- da PMRJ,uma série de quesitos,para o delegado fazer a entrega da denúnciacom documentos ao MP (Promotor Criminal),este pedir ao Juiz o julgamento do acusado e a JUSTIÇA ser feita por 7 jurados que podem ser qualquer um de nos,condenando com sim ou não, se Gandra é culpado,para o juiz determinar a pena.EU e talvez,nenhum de vocês estava lá na hora do crime,então falar em culpados é fácil mas,uma faca daquelas,assusta e preferia um tiro de 380 se tivesse escolha.Vamos esperar pra ver a decisão da Justiça pois acho que os 2 são vítimas de uma sociedade sem respeito.

  23. Dani

    OS CASOS DE HOMICÍDIO ENVOLVENDO PMs VEM SENDO RECORRENTES. COINCIDÊNCIA OU OMISSÃO DO ESTADO NA PREPARAÇÃO DESSES PROFISSIONAIS TÃO IMPORTANTES NA NOSSA SOCIEDADE?
    SE O ESTADO É OMISSO, CABE AO JUDICIÁRIO O PAPEL DE GARANTIDOR DE NOSSA SEGURANÇA.
    J-U-S-T-I-Ç-A!!!

  24. Márcio

    Se houve uma briga dentro da boate,por qual motivo não foi solicitada o presença da polícia?O cara depois da briga ir até em casa pegar uma faca,com certeza levou quase 1 hora prá isso, já que a vítima morava próximo ao Convento.Acho que houve falha da direção da boate em não solicitar a presença policial,já que o Pm que matou o Natan não fazia a segurança da casa.

  25. David

    O VELÓRIO DE NATAN SERÁ AMANHÃ, QUARTA-FEIRA, A PARTIR DAS 10H NO CEMITÉRIO DO CAJU. VAMOS COMPARECER EM HOMENAGEM AO NOSSO AMIGO E COMO UMA FORMA DE PROTESTO SILENCIOSO.

  26. Felipe

    O Natan era muito calmo, era uma pessoa amigavel que fazia que estav ao redor rir.
    ta certo que um erro nao justifica o outro, como diceram acima, de acordo com a cultura nordestina Pra um Cabra levar um Tapa na cara nu meio de muita pessoas eh muito Humilhante, pior ainda e so ele ser expulso da festa, possivelmente transtornado foi em casa (…) e pegou a faca de campanha,
    Agora me responde em uma boate fechada a arma do Pm Nao teria que ficar em um cofre?
    Conhecidos entram armados na Boate e nao sao revistados.
    lembram do incendio no quiosque Freind’s Burguer? tudo comçeou na Boate que Torcedores Botafoguenses foram pra cima de Flamenguista, la fora começou a briga torcedores Botafoguense com Soco ingles e mt mais, olha uq resultou um Quiosque Depredado!

  27. Sandra Gomes

    Estou a favor do PM que atirou em frente a Peps estava lá e a confusão que ele arrumou la dentro foi Terrivel e quem vai em casa e volta com uma faca boa coisa não queria somente não voltou com uma arma porque não tinha, se fosse o ao contrario né…

  28. Cláudio

    Não questiono as intenções da vítima. Não sei quais eram as suas reais intencões, mas um tiro na cabeça me parece execução e não “defesa de terceiros” como alegado. Aliás, as minhas dúvidas ainda não foram sanadas.

    1- Até que ponto pode um policial atirar na cabeça de alguém se o objetivo era apenas neutralizar a pessoa?
    2- Até que ponto pode um policial estar armado numa noitada em uma boate, provavelmente regada a álcool?
    3- Ao que me parece estão tentando denegrir a imagem do rapaz, taxando-o de “lutador”, na tentativa de induzir as pessoas que já tem tendência para o preconceito pensarem que trata-se de pessoa violenta e agressiva. Longe disso. Ele era uma pessoa alegre e comunicativa e não um “pitboy” ou “filhinho de papai”.
    4- Quantos tiros foram dados?

  29. Márcio

    Sandra,
    acho que vc deveria se colocar como testemunha do PM,com certeza ele vai precisar muito.O laudo vai mostrar o que realmente aconteceu.

  30. marques

    não vamos deixar cair no esquecimento
    Onde esta o laudo do IML ?

Deixe um comentário para DANIEL Cancelar resposta