Opiniões

Garotinho se coloca como alvo de Cabral

Antes da Prefeitura, o pré-candidato do PR a governador, Anthony Garotinho, também já havia se pronunciado em seu blog (aqui) sobre a condenação do TRE. Além de se colocar no papel de vítima e de principal alvo na ação que condenou também sua esposa, a prefeita Rosinha (PMDB), e os radialistas Linda Mara da Silva, Patrícia Cordeiro Alves e Everton Fabio Nunes Paes, o ex-governador procurou linkar a decisão judicial ao interesse político do atual ocupante do Palácio Guanabara, Sérgio Cabral, pré-candidato do PMDB à reeleição. Abaixo, a íntegra da nota de Garotinho…

 

27/05/2010 17:47
 
Mais uma covardia contra mim
 
É no mínimo incompreensível a decisão tomada pelo TRE, de cassar a prefeita Rosinha Garotinho e tornar inelegíveis, por abuso dos meios de comunicação, alguns radialistas que nunca tiveram militância política, e entre eles, o alvo: eu.

Algumas explicações precisam ser dadas para tranqüilizar a população e restabelecer a verdade dos fatos. A decisão do TRE do Rio modifica a decisão do juiz de Primeira Instância, em Campos, que nem aceitou analisar o mérito desta ação, porque segundo a Lei, só podem propor ações dessa natureza, o Ministério Público Eleitoral, coligações partidárias ou candidato que se sentir prejudicado.

Arnaldo Vianna, o autor da ação nunca foi candidato de fato, o seu registro de candidatura foi negado em Campos, confirmada a negativa pelo TRE, pelo TSE e até mesmo pelo Supremo Tribunal Federal. Ou seja: a decisão do TRE de hoje, é nula e iremos ingressar junto ao Tribunal Superior Eleitoral para anular esse julgamento.

É bom deixar claro, que a decisão não tem aplicação imediata, ou seja: somente após analisado e julgado o mérito pelo TSE, é que a prefeita teria que deixar o cargo. O mesmo caso se aplica mim. Interessante notar alguns aspectos da sessão.

1º Ela vai, em frontal desacordo com os últimos julgados no TSE sobre a matéria que diz para “auferir influência da mídia numa eleição é preciso prova contundente”, o que não existe no processo.

2º O placar apertado, 4 a 3 contraria uma regra do Direito: Na dúvida pró réu. O presidente só dá o voto de minerva em casos raríssimos no tribunal.

3º A sessão foi antecipada. As únicas pessoas que podiam saber disso seriam os advogados das partes interessadas, mas quem estava sentado na primeira fila, assistindo e vibrando com o julgamento era Eduardo Damian, chefe de gabinete do secretário de Governo de Cabral, e também advogado do PMDB do Rio.

O julgamento de hoje, é mais um capítulo da longa história de perseguições que venho sofrendo ao longo da minha vida política. Nos últimos dias Sérgio Cabral recebeu pesquisa apontando que a diferença, entre eu e ele havia sido reduzida para 9 pontos percentuais. Mais do que isso, vem fazendo tudo para eu não ser candidato.

Vamos anular esse julgamento que não foi jurídico, e sim político. Cabral não quer que eu diga na campanha o que ele vem tentando esconder da opinião pública gastando 495 milhões em propaganda.

Nossos advogados irão tomar todas as providências legais e nós as providências políticas para que Cabral não realize o seu grande sonho, que é ganhar a eleição sem ter adversários. Fica cada dia mais evidente um grande cerco contra a minha candidatura envolvendo, setores da mídia, do Ministério Público, da Justiça, de partidos políticos que foram comprados, para impedir a qualquer custo que o meu nome seja apresentado e julgado pela população nas urnas.

Assim como nos acusaram outras vezes e depois tudo ficou provado que era mentira, desta vez não será diferente. È uma luta desigual, de Davi contra Golias, mas o Bem sempre vence o Mal.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 4 comentários

  1. o povo não compriende o casal na maneira de governar ! tem q ser oque o casal quer . se não segui a cartilha está fora ! vcs estão nas nossas mãos . garotinhos a casa caiu e olha que eu publiquei antes de acontecer , DEUS NÃO DORME OU MELHOR VCS NÃO DEIXAM DEUS DORMIR !!!

  2. Alô juventude da hipocrisia…
    Depois do eu eu eu garotinho já morreu,veio a vez do Ôôô GAROTINHO VOLTOU, AGORA É MINHA VEZ” ASSA ASSA ASSA, ROSINHA FOI CASSADA ASSA ASSA ASSA, ROSINHA FOI CASSADA. ASSA ASSA ASSA, ROSINHA FOI CASSADA.

    Tanto falei para DADÁ, não entre no jogo deles, nós vamos voltar, ARNALDO VAI VOLTAR, FAMILIA MOCAIBER VAI VOLTAR, SOFRA, MAS SOFRA POR AMOR E HONRA. MESMO QUE ESSA DECISÃO NÃO PREVALEÇA, TENHO CERTEZA QUE VCS JÁ ESTÃO ARREPENDIDOS, POIS SEI QUE NENHUM DE VCS FORAM HUMILHADOS COMO SÃO HOJE PARA PODER TER UM SALARIOSINHO, E SEI QUE O CORAÇÃO DE VCS BATEM POR ARNALDO, MAS A FOME É MAIS FORTE.

  3. esses suposto es estudante perderam a vergonha ! quando a pessoa se vende por um real é igual a quem se vende por milhões .

  4. “UM É DIA DA CAÇA, OUTRO DO CAÇADOR”. DE AGRESSOR À VÍTIMA, DE ACUSADOR À RÉU. E AGORA ESSE CHORORÔ PORQUE O TRE O TORNOU INELEGÍVEL. LOGO ELE QUE SOBREVIVEU DA POLÍTICA, PRATICANDO UMA DAS MAIORES COVARDIAS, QUE É A DIFAMAÇÃO MORAL DE SEUS ADVERSÁRIOS POLÍTICOS, ATRAVÉS DE DENÚNCIAS. QUEM QUISER ACREDITAR NELE, MEUS PÊSAMES, POIS, NA MINHA OPINIÃO, SEM OFENSA,UM VELHO DITADO CONTINUA A SURTIR MUITO EFEITO: “QUEM SE MISTURA COM PORCOS, FARELO COME”.

Deixe uma resposta

Fechar Menu