Opiniões

Terça com Nahim/Matoso na eleição da Câmara

Com perguntas enviadas por e-mail à 1h11 da madrugada da última sexta e respondidas, também por e-mail, às 19h04 do mesmo dia, a entrevista publicada às 13h de ontem pelo blog (aqui), foi constituída da indagação direta ao presidente em exercício da Câmara, Rogério Matoso (PPS):

“Quando a eleição da nova mesa diretora será marcada? Nela, a quê você vai concorrer?”

Ao que Matoso respondeu: “Não existe uma definição. Posso dizer que acontecerá no tempo certo”.

Pois hoje, mesmo dia em que a entrevista do blog foi transcrita à edição impressa da Folha, seu concorrente, O Diário, numa matéria assinada pelo jornalista Paulo Renato Porto, com o prefeito em exercício Nelson Nahim (PR), deu o furo jornalístico. Presidente eleito, prefeito em exercício e candidato à reeleição na Câmara que o credencie como candidato à Prefeitura num pleito suplementar, o irmão de Garotinho revelou a definição da eleição à mesa diretora: a sessão da próxima terça-feira, dia 24.

Depois de amanhã, então, ficará definido, pelo voto dos 17 vereadores, o próximo presidente do Legislativo que será alçado a chefe do Executivo a partir de 1º de janeiro de 2011 e, daí, até que se consume a eleição suplementar a prefeito. A marcação desta pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), provavelmente no calendário do próximo ano, ainda depende da derrota de Rosinha no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também quanto ao mérito do seu recurso, que se tornou mais que provável após seu afastamento do cargo ter sido mantido por votação unânime, na última quinta, do mesmo TSE. Ou seja, capital para os destinos de Campos, a marcação da eleição da mesa da Câmara, que tinha prazo até 15 de dezembro, foi ocultada por Rogério Matoso, mesmo diante da pergunta direta deste jornalista, deste blog e da Folha, para ser revelada em O Diário, numa matéria corrida, por Nelson Nahim.

Quando enviou por e-mail suas respostas à entrevista, Matoso já sabia da definição dos fatos que afirmou estarem ainda indefinidos. Quando fez isto, na noite de sexta, ele não só já tinha assinado a convocação da eleição, cuja publicação em Diário Oficial se dará amanhã, como havia devidamente encaminhado a Nahim o aviso da convocação, cumprindo fielmente a condição antes ditada pelo dublê de presidente da Câmara e prefeito de Campos, no qual exigiu aviso com 72 horas de antecedência.

Difícil saber se quem temia a assunção de Edson Batista (PTB) na vaga de Nelson Nahim na Câmara, pela fidelidade extremada do primeiro ao irmão do segundo (Anthony Garotinho), passará a fazer a mesma ressalva em relação ao íntimo afinamento de Rogério Matoso com Nahim. Na dúvida, uma certeza: com os votos praticamente certos de todo o bloco de oposição a Rosinha, uma chapa concorrente na sessão de terça terá Nahim na cabeça e Matoso na vice.

Aliás, no blog “Na Geral”, do jornalista Luiz Costa, isso já tinha sido indicado claramente desde ontem, com a premonitória interpretação (aqui) daquilo que Matoso revelou e escondeu, quanto à verdadeira natureza da sua relação com Nahim, na entrevista dada a este blog.

Sem intenção de compensar o furo tomado (a eleição de terça na Câmara) com uma informação nova (a chapa Nahim/Matoso), mas no reconhecimento a uma trabalho jornalístico que levou a informação com antecedência ao seu leitor, ficam os parabéns ao jornalista Paulo Renato e ao jornal O Diário.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 4 comentários

  1. GOSTO DE VER O PREFEITO E O PRESIDENTE DA CÂMARA , BEM ENTROSADOS , SIGNIFICA Q ESTÁ TENDO UM BOM DIALOGO .

  2. Caro Blogueiro.
    Tens uma arma poderosa nas mãos, tem sido eficiente ao usá-la à serviço da boa informação de seus leitores, sempre com informações preciosas e incisões precisas em vosso espaço, nesta maravilhosa Blogsfera.
    Não deixe se deixe cegar por momentâneos e apequenados sentimentos.
    Observe o que acontece em um segundo, e imagine o que pode ter acontecido desde as treze horas de ontem até o momento em que a tal informação chegou ao seu colega jornalista.
    No mais, sabes que, nem sempre tudo pode ser dito, muito bem sabemos. Estratégia é essência, num embate nos níveis do que estamos travando, para o resgate da moralidade política em nossa planície. Não se pode errar e dar a oportunidade ao retrocesso.
    A palavra depois de lançada é como flexa em movimento!

  3. Um Vivat:
    O Rei morreu, viva o novo Rei !

  4. JÁ ESCREVI AQUI NESTE BLOG QUE CAMPOS RETRATA COM PERFEIÇÃO A ESCOLA DO FILÓSOFO NICOLAU MAQUIAVEL, SUAS FRASES REVESTEM CADA MOMENTO VIVIDO NOS ÚLTIMOS ANOS, EXEMPLO: “MESMOS AS LEIS MAIS BEM ORDENADAS SÃO IMPOTENTES DIANTE DOS COSTUMES…”, “OS QUE VENCEM, NÃO IMPORTAM COMO VENÇAM, NUNCA CONQUISTAM A VERGONHA”, “OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS.” É UMA PENA VER A DETRAÇÃO DE NOSSA CIDADE, A VIZINHA SÃO JOÃO DA BARRA, MAIS PARECE OUTRO MUNDO!!!

Deixe uma resposta

Fechar Menu