Opiniões

Feijó: “Oposição, em Campos, não existe”

(Foto de Leonardo Berenger)
(Foto de Leonardo Berenger)

 

Feijó também defendeu veementemente a volta de Rosinha à Prefeitura. Diante da insistência no questionamento sobre a possibilidade da eleição suplementar e a lembrança de que ela, para ser marcada, não precisa nem esperar o julgamento do mérito do recurso da prefeita cassada no TSE, segundo o presidente o próprio presidente do TRE, desembargador Nametala Jorge, o deputado federal eleito disse que qualquer nome escolhido por seu grupo, sem especificar o do prefeito interino Nelson Nahim, deve ser o vencedor no caso de um novo pleito.

 Indagado sobre qual nome da oposição seria mais difícil de enfrentar, Feijó foi assertivo: “Ganharemos contra qualquer um. Oposição, em Campos, não existe”

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 3 comentários

  1. Feijó está se esquecendo que foi eleito na rabeta da legenda do PR, teve praticamente a mesma quantidade de votos de Marcos Bacellar, mas acabou entrando pelos votos do primeiro colocado no partido dele.
    Descondo de Feijó porque Bacellar só não entrou por falta de LEGENDA. Foi muito bem votado, para quem não teve a máquina como Feijó para impulsionar a campanha.
    A compra de votos no domingo foi vergonhosa.

  2. Concordo com Feijó. Na câmara tem umas meia dúzia que se dizem de oposição, mas é porque faziam parte do govêrno passado e não teve espaço no atual governo. Mas com uma boa conversa eles deixam de ser oposição e passam pro lado do prefeito.

  3. Cara “campista esperançosa”, das 10h02, IP: 200.165.161.27,

    Nenhum dos blogs hospedados na Folha Online pode publicar comentários anônimos. Se quiser repetir seu comentário, bem como fazer qualquer outro, sobre este ou qualquer outro post, pedimos que o faça com seu nome verdadeiro.
    Liberdade, pelo menos nos blogs da Folha, tem que rimar com responsabilidade.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

Deixe uma resposta

Fechar Menu