Opiniões

Eleita entre as 100, capa da Folha é destacada entre as cinco melhores do jornalismo brasileiro

Como a Folha (aqui), A Tarde também teve uma sua capa escolhida entre 100 selecionadas para compor “As Melhores Primeiras Páginas dos Jornais Brasileiros”, livro em edição caprichada da Associação Nacional de Jornais (ANJ), distribuído não só aos vencedores, como em bibliotecas e faculdades de comunicação de todo o Brasil. Até aí, nenhuma novidade, até porque se trata do maior jornal da Bahia, que inscreveu e classificou sua capa de 7 de setembro de 1922, comemorativa ao centenário da Independência do Brasil. O surpreendente foi que, ao noticiar a premiação, em sua edição do último dia 30, A Tarde escolheu cinco capas, incluindo a sua prórpia, para ilustrar a matéria de página inteira. E entre elas estava a da Folha, de 1º de julho de 2006, dia do jogo Brasil x França pelas quartas-de-final da Copa da Alemanha.

Se já foi motivo de orgulho ficar entre melhores capas da história do jornalismo brasileiro, o sentimento ganhou reforço inesperado ao ser destacado pelo maior jornal da Bahia entre as cinco melhores. Como antes, o reconhecimento a este trabalho de edição feito em parceria entre mim em e nosso editor de Arte, Eliabe de Souza, o Cássio Júnior, tem que ser devidamente dividido com todos os profissionais que atuaram e atuam nos mais de 32 anos de história deste jornal. E só tem real valor se encarado como endosso ao mesmo crédito que você, antes leitor só do impresso e hoje multiplicado virtualmente, em escala geométrica, nos confere diariamente.

 

Edição de A Tarde de 30/10/10
Edição de A Tarde de 30/10/10
fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 6 comentários

  1. Parabens a Folha e toda a sua direçao!Para nos campistas este jornal representa muito bem a nossa cidade com qualidade,bom senso imparcialidade e aciam de tudo,o único que permite uma interatividade com seriedade e comprometimento,haja visto,que eu por exemplo,que leio e participo diariamente com os jornalistas,jamis deixaram de responder por mais que fosse ofensiva ou demasiadamente contrario as opinioes dos blogueiros.Isso nada mais é do que seriedade,responsabilidade, comprometimento,independencia e acima de tudo,muita coragem!!!Mais um vez,parabens e grato pelas oportunidades.

    abs,
    carlinhos-j.carioca.

  2. ESTA NOTÍCIA NEM ME SURPREENDE, POIS A FOLHA DA MANHA A CADA DIA SE RENOVA, COM UM VISUAL ATUALIZADO E COMBINANDO COM A NOTÍCIA DO DIA.
    É POR ISTO QUE A FOLHA DA MANHA MERECE ESTAR ENTRE AS PRIMEIRAS CAPAS MAIS BONITAS DO BRASIL.

  3. Parabéns!!!

  4. Para mim não é surpresa, foi bem merecida a escolha. Parabéns!!!!

  5. Caro amigo, não precisa publicar este comentário se preferir.

    Como andamos falando sobre capas de jornal nesses últimos dias, penso que todo cuidado é pouco com elas. Principalmente quanto às manchetes e suas vírgulas (êta sinalzinho desgraçado).
    Por aqui em Friburgo, cumpro a sacal e burocrática função de revisor (leia-se caçar os erros grosseiros e de distração de nossos redatores). E a vírgula é algo que me tem chamado muita atenção por aqui.
    Reparei hoje a capa da Folha da Manhã, com o título: “Zveiter vai assumir TRE e TSE pode julgar Rosinha dia 17”.
    Nos ensinam os manuais e as gramáticas que nesses casos é recomendável colocar a vírgula antes da conjunção aditiva “e”, a fim de evitar justamente o que me pareceu a primeira vista, embora sabendo ser impossível: que Zveiter assumiria o TRE “e” o TSE.
    Não se trata aqui de crítica, mas de mais um reforço deste colega que quer ver o jornal em que começou sua carreira sempre melhor.
    Por aqui, ao contrário, o “pessoal” parece não estar muito interessado em entender a vírgula e suas armadilhas. Pois ainda há revisor, que sou eu.

  6. Parabéns pela capa super criativa. As fotos são dos nossos fotógrafos ou é uma montagem?

Deixe uma resposta

Fechar Menu