Impasse Câmara/Prefeitura pode deixar SJB sem verão

Se o verão e o Porto do Açu são, hoje, as mais fortes marcas de São João da Barra, o impasse entre os cinco vereadores de oposição — Zezinho Camarão (PPS), Alexandre Rosa (PPS), Cacá (PDT), Franques Arêas (PDT) e Gersinho (PMDB) — e a prefeita Carla Machado (PMDB) pode prejudicar o município nas suas duas principais frentes. A derrubada do veto do Executivo, na conturbada sessão da noite de ontem, na Câmara sanjoanense, à lei criada pelos vereadores para transformar o 5º Distrito em Área de Interesse Ambiental e Rural e impedir a instalação do Distrito Industrial do Porto do Açu, já foi bem analisada pelos jornalistas e blogueiros Roberto Barbosa (aqui), Alexandre Bastos (aqui) e Esdras (aqui). Como os governistas alegam a inconstitucionalidade do movimento, e parecem bem embasados na sua visão, essa briga vai ser decidida na Justiça.

Todavia, além dos prejuízos em relação aos investimentos bilionários do Porto, a queda-de-braço entre Legislativo e Executivo pode também deixar São João da Barra sem sua programação de verão, considerada a melhor da região, chegando a superar o município vizinho de Campos, consideravelmente mais rico e populoso. É que, embora tenha aprovado a suplementação de renda no valor de mais de R$ 3 milhões, para o pagamento de merenda escolar, passe universitário, Fundeb dos professores, abono de Natal aos servidores e convênio do esporte amador, a Câmara não votou outros R$ 20 milhões, entre eles os R$ 2,9 milhões destinados à programação do verão, cujo pedido foi enviado aos vereadores desde 11 de novembro.

Com a aproximação do recesso de 15 de dezembro, caso os pedidos não sejam aprovados, a Prefeitura calcula um prejuízo para o município em R$ 35 milhões, além do comprometimento de três mil empregos diretos e indiretos. Segundo alegou o presidente do Legislativo Alexandre Rosa, os pedidos de suplementação seriam para pagar despesas já contratadas, o que é proibido por lei.

Abaixo, os realeases enviados pelas assessorias da Prefeitura e da Câmara sanjoanenses… 

 

SÃO JOÃO DA BARRA PODERÁ TER VERÃO 2011 COMPROMETIDO
Três mil novos postos de trabalho serão prejudicados

O município de São João da Barra é reconhecido pela Embratur e Turisrio como município turístico e tendo todo seu território de interesse turístico. Além disso, desde 2005, início da gestão da prefeita Carla Machado, nota-se uma programação intensa e variada com cantores de renome nacional, incentivo ao artista regional e local e o município se torna sede de eventos esportivos estaduais e nacionais.

Por este município do Norte Fluminense, conhecido pelo melhor verão da região, aportam desportistas nas mais variadas modalidades como jeep croos, cross country, kite surf, bodyboard, futebol de areia, vôlei, futevôlei e a criançada pode se divertir nas escolinhas. Falando na garotada, a prefeitura promove durante a estação mais quente do ano, colônia de férias e aventura de verão.

Para o verão 2011, a incerteza até o momento é a única via de fato, que está deixando apreensivos todo o comércio local, pousadas e os três mil postos de trabalho diretos e indiretos que deverão ser criados e aguardam ansiosos pelo período de maior atração turística do ano. Estima-se que no verão 2010 circularam pelas terras sanjoanenses 500 mil pessoas – entre veranistas e turistas – que movimentaram aproximadamente 35 milhões de reais na economia local.

A preocupação é real porque a Câmara Municipal de São João da Barra, mais precisamente o grupo de oposição ao governo, ainda não votou a suplementação que viabiliza a logística necessária para a organização do verão sanjoanense. A secretaria municipal de Turismo já divulgou que grandes shows estão sendo inviabilizados e os eventos estão correndo o risco de não serem promovidos, como o próprio verão poderá estar totalmente comprometido. O pedido de suplementação foi encaminhado pela prefeitura ao legislativo desde o último dia 11 de novembro.

“Esta demora inviabiliza qualquer projeto. As atrações para as crianças, jovens, adultos e melhor idade estão sendo prejudicadas. Os já tradicionais eventos católicos e evangélicos também estão nesta situação. Esperamos sensibilidade do grupo de oposição no legislativo porque o que está em jogo é a geração de trabalho e renda para o sanjoanense, além do entretenimento, lazer e atividades esportivas”, ressalta Márcio Soares, secretário de Turismo.

Ele acrescenta que os eventos de verão ocorrem em todo o município, desde o Açu até o Pontal de Atafona. “Tem cidadãos que vivem o ano inteiro com esta renda de verão. Para se fazer um verão como o nosso, praticamente todas as secretarias se envolvem e a sinergia é fundamental. Secretarias de Meio Ambiente, Defesa Civil, Transporte, Educação e Cultura juntas às secretarias de Saúde, Comunicação, Pesca e Turismo, Esporte e Lazer montam uma infraestrutura que faz do nosso verão, o melhor da região e um dos melhores do estado”, finaliza o secretário.

 

Câmara aprova projetos em caráter de urgência

A Câmara Municipal de São João da Barra aprovou na última quinta-feira, dia dois, os projetos encaminhados pelo Poder Executivo para a suplementação da merenda escolar, do passe universitário, do pagamento do Fundeb aos professores, do abono de Natal aos servidores públicos, além do convênio para atender ao esporte amador no município. De acordo com o presidente da Casa Legislativa, Alexandre Rosa, os projetos aprovados com total de mais de R$ 3 milhões foram vistos como caráter de urgência pelos vereadores, que esperam agora, um projeto mais detalhado sobre a destinação dos quase R$ 20 milhões contidos neste mesmo projeto.

Os pedidos de suplementação que estão sendo feitos pelo Poder Executivo são  para pagar despesas já contratadas, que é proibido por lei, segundo explicou o presidente, que ressaltou, ainda, que para fazer contratação de qualquer tipo de serviço, o poder público tem que fazer o prévio empenho, o que não foi feito pela prefeitura, no caso, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e a lei 4.320.

 — Esperamos um diálogo mais aberto e a transparência dos serviços que serão realizados. Não podemos aprovar o que não está especificado. Há novos códigos no projeto que não sabemos do que se tratam e assim que nos informado, a suplementação será colocada em pauta. Exemplo disso foram os projetos em caráter de urgência que aprovamos – frisou.

O vereador Gerson da Silva Crispim (Gersinho) ressaltou a falta de suplementação para a secretaria de Saúde. – Tem verba para todas as secretarias, menos para tratar da saúde da nossa população, que está um caos – disse o Gersinho.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 23 comentários

  1. Rita

    Se tal coisa acontecer a populaçao que nesse periodo ganha dinheiro extra mostra nas urnas a insatisfaçao.

  2. sheila

    É VERDADE NOSSA SAÚDE FICA A ONDE,TANTO DINHEIRO PARA QUE?FAZER UM LADO DE MUITAS ALEGRIAS E OUTROS DE DESISPERO TOTAL.PREFEITA E SEUS SEGUIDORES OLHE MAS PARA A SAÚDE DA POPULAÇÃO.

  3. osineio

    ate quando vai essa palhassada de vereadores querendo si aparecerem quero ver se o governo federal e o governador tomarem as devidas medidas aonde eles vao si emfiar com vergonha de quererem si amostrarem sera que eles tem mais poder do que ojudiciario

  4. Savio

    Podiam pegar estes quase 3 milhões e investir na Saúde, seria bem mais útil para o povo! Carnaval dura 3 ou 4 dias, mas necessidade de atendimento digno da saúde, é permanente. Quanto ao Carnaval, o povo é criativo, e acaba dando um jeito. São João da Barra é rica em bons festeiros, e o povo sabe fazer um Carnaval popular e autêntico.

  5. DENIS

    Engraçado, hoje a cidade de SJB tem um mega orçamento aprovado para o ano de 2010 e não sabemos onde foi aplicado, tenho em mãos aqui um documento com a distribuição da despesa por órgão em SJB e ai fico surpreso com alguns números:

    GAbinete da Prefeita R$ 6.477.577,90
    Secretaria Municipal de Adm. R$ 23.602.795,00
    Secretaria Municipal de Educação R$ 49.450.120,57
    Secretaria Municipal de Saúde R$ 51.579.000,00
    Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e lazer R$ 20.501.400,00
    Secretaria Municipal de Meio Ambiente R$ 44.040.754,70
    Secretaria Municipal de Promoção Social R$ 39.453.157,84

    Bem são apenas alguns números que estão disponíveis na Câmara Municipal de SJB, qualquer cidadão tem direito sobre esses números. Gostaria de Lembrar que apenas 6 anos atrás tínhamos um orçamento de R$ 70.000.000,00/ANO e hoje, como os Srs. mesmos podem comprovar se juntarmos apenas duas secretarias temos mais que isso. Não da para entender para que tanta suplementação, há dinheiro de sobra em todas as secretarias, gostaria de ver esse atual governo administrando a prefeitura a 6, 8 anos atrás. É evidente o problema na saúde e educação do município e o desrespeito para com a Câmara Municipal de SJB. Lamentável tudo isso, pois quem sai perdendo é o cidadão sanjoanense.

  6. Edi Cardoso

    quer dizer que São João da Barra “ganha” 35 milhões de reais nesse período?????????

    NOSSA! E PRA ONDE VAI TODO ESSE DINHEIRO? É EMPREGADO EM QUE????

  7. carlinhos-j.carioca

    Aluysio,muito forte essa sua de…”SJB sem verao”…povo dá voto,e “eles” nao querem perder.Vc lembra do carnaval de Campos em que “os carnavelscos ameaçaram a nao entrar na avenida” e olhe,que eram por questoes de irregularidades nas prestaçoes de contas…rapidinho,o Executivo,liberou as verbas.Vivo entre SJB(Grussai) e Campos,e infelizemnte presencio as mesmas picuinhas entre verbas liberadas e sem resultados em suas aplicaçoes,tudo igual.

  8. Cadinho RoCo

    Mais uma demonstração da dificuldade instalada na comunicação entre executivo e legislativo municipal de São João da Barra. É evidente a necessidade de assessoria mais eficaz por parte do Poder Executivo que sofre sucessivos desgastes por não conseguir se expor com mais eficácia e direi até objetividade. Quando a simplicidade do necessário cede espaço para a complexidade da disputa, eis que ficamos na ilusão de estarmos avançando, quando de fato estamos mesmo é retroagindo.
    É assim que todos perdem.
    Cadinho RoCo

  9. zezinho

    Quem com Ferro fere com Ferro será ferido!
    Lembra quando a Carla fez a mesma manobra no orçamento contra o prefeito Betinho Dauaire?

  10. flavio

    Um absurdo o que a camara de sao joao da barra esta fasendo com o povo sanjoanense,eles nao devem passa o verao por aqui deve ser por isso que estao fasendo isso, e por questoes partidarias, um absurdo o povo tem que presta bem a atençao nesse grupo que se dis g5 na camara de sao joao da barra,e com o ex prefeito do municipio tambem,moro em sao joao da barra e na eleiçao que vem, nao vou esquecer desse absurdo desse grupo de vereadores.

  11. alex

    É ISSO AI´GERSINHO PESSOAS ESTAO MORRENDO E NINGUEM FAZ NADA! NEM SÓ DE SHOW VIVE O HOMEM!

  12. alex

    RESGATE ENGANA BOBO E MATERIAIS DE MA QUALIDADE VAMOS VER ISSO CAMARA QUE PASSOU DA HORA QUANTOS AINDA TEM QUE SOFRER E (MORRER) ESTOU COM VÇs……..

  13. Carlos Abraao Jr

    Agora os eleitores tem que ficar antenados e nao votar nesses criadores de caso na proxima eleicao!

  14. Ericsson

    Que idiotice achar que as praias daqui necessitam desses shows que só servem para depredar e enriquecer um bando de pilantras.

  15. alexandre

    NEM SÓ DE SHOW VIVE O HOMEM……………..

  16. ivo

    Denis..companheiro……O Betinho tem lhe passado todo o orçamento errado..ou e o carlitos q ta t passando o orça,mento errado..rsss…Bom ta na hora d esses vereadores pararem de palhaçada e querendo aparecer mais q a propr4ia populaçao…Esses vereadores da nossa cidade sao caros heim…rssssss….

  17. ricardo pessanha

    ESTAMOS AI CHEGANDO PERTO DE MAIS UM VERÃO OS POLITICOS DE SÃO JOÃO DA BARRA DEVERIAM PENSAR EM AJUDAR O MUNICIPIO SAN JOANENSE TRAZER LUCROS PARA O MUNICIPIO COM O TURISMO E A INSTALAÇÃO DE NOVAS EMPRESAS NA CIDADE AFINAL AUMENTARIA A ARRECADAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PARA O MUNICIPIO.

  18. Flávia

    Acho tudo isso uma pura falta de comunicação, há de se preocupar com saúde, educação, enfim coisas que vão influenciar aos MORADORES de SJB. É fato que falta ao município infrestrutura em diversas áreas, vide verão que os “postinhos”, servem de enfeite (pelo menos em Grussaí onde passo verão) e o hospital “grita” por não conseguir dar conta. Mas acho falta de bom censo que não olhem para o verão pois é nesta época que a POPULAÇÃO mais se beneficia, com o “dinheirinho extra” que entra.

  19. Raquel

    Acho que devemos deixar de hipocrisia e enxergar as coisas com mais seriedade sem políticas partidárias.O município de Sjb é um município turístico que tem como principal renda para os munícipes que não trabalham na prefeitura e nem tem cargos políticos o verão e seus eventos para sustentar sua família.Sabemos da necessidade da saúde melhorar, esta é uma realidade. Podemos sim cobrar do executivo melhoras mais não com reações mesquinhas e pequenas.O futuro de SJB deve ser levado a sério tanto´pelo legislativo como pelo executivo e o diálogo seria o melhor caminho.São vidas em jogo e não a eleição de 2012.

  20. JOSEMAR

    Com um orçamento tão gigantesco, qual o investimento destinado a um bom planejamento? Mas tem o outro lado da moeda. A Prefeitura não sabia da realização do verão. Foi um evento inventado de última hora. Brincadeira, né!

  21. angel

    A saude nao esta boa, mas, o grande fator disso, é a falta de etica dos profissionais da saude. um profissional tem q ser comprometido com o que faz e isso a prefeita nao tem culpa. ela nao tem como mandar nos valores e principios de cada um. eu quando me formei, fiz meu juramento, mas, nem todo mundo segue o seu juramento de sua profissao.
    A população como um todo, espera os eventos de verao. Nossa região é mt bem vista por nossos atrativos. se sjb nao tiver o verão q sempre teve, sera uma lastima para todos nos. o comércio espera pelo verao o ano todo, isso nao podemos esquecer! lembro-me mt bm, q na gestão do antigo prefeito, tivemos um ano sem sequer, queima de fogos… verão foi lamentável para todos!
    grussai nao é arraial ou cabo frio, com praias lindas de aguas cristalinas… pelo menos se o nosso mar fosse como da regiao dos lagos, poderiamos ate abrir mao da grande programaçao de verao…
    esta mais q na hora dos vereadores pararem com rixas políticas e pensarem em conjunto!

  22. fernando

    TEM CERTAS COISAS QUE NÃO DA PRA ENTENDER PORQUE TANTA BURRISSE JUNTA 5 VEREADORES QUE NÃO SABEM O QUE FAZER A NÃO SER PREJUDIR O POVO QUE MORA EM SÃO JOÃO DA BARRA.
    EM 2012 DA UMA RESPOSTA BEM AFINADA NAS URNAS E BOTAR ESSES 5 VEREADORES PRA CORRER
    TENTAR PARAR O DESENVOLVIMENTO DE SÃO JOÃO DA BARRA.
    DEIXAR OS AMBULANTES E OUTROS EMPRREGOS GERADOS PELO TURISMO A VER NAVIOS É COISA DE GENTE QUE NÃO QUER O BEM DO POVO DE SÃO JOÃO DA BARRA
    GENTE GUARDE BEM ESSES NOMES E DIGA NÃO
    GERSINHO
    ALEXANDRE
    CAMARÃO
    FRANQUIS
    KAKÁ
    NÃO DA PRA CONFIAR EM QUEM NÃO QUER O DESENVOLVIMENTO DE SÃO JOÃO DA BARRA

  23. Marcelo

    Me desculpem os veranistas e população de SJB mas os vereadores estão certos,não podem aprovar suplementação para despesas ja contratadas,muito bem citado isso ai,aprova e depois vem algum engraçadinho que ta reclamando agora e solicita CPI para aparecer ,nao pode os vereadores estão certos isso ai é pra botar grana no bolso dessa turma ai (…) e outros que são donos das empreiteiras ai de SJB

Deixe um comentário